sexta-feira, junho 28, 2002

É impressionante! A Globo teve a manha de botar isso aqui no ar, em seu site! Vejam com seus próprios olhos, a baixaria explícita no BBB, Tarciana e Jéfferson. Francamente...

Clique aqui.
Vamos colocar os pingos nos is. O Jubash tinha sido mais preciso, disse que o Brasil ia pra final, com certeza, antes da Copa (ele manja pra caraca de futebol). Eu dizia só que o Brasil ia fazer uma boa campanha, ao contrário do que diziam, e que ia mostrar uma garra nunca antes vista em seleções brasileiras. Dito e feito.
Vejam como é o futebol. O pessoal falava sobre o Grupo da Morte da Argentina e que o grupo do Brasil era fraco.
O nosso grupo tem dois times jogando no fim de semana, enquanto que o Grupo da Morte inteiro não passou das quartas de final.
E Roberto Carlos foi considerado, no site da Fifa, o melhor lateral esquerdo da história das Copas. Se é exagero ou não, temos que esperar alguns anos pra ver. Mas ele é foda MESMO.
Mais estatísticas:

- Desde 1950, só uma final de Copa não teve Brasil nem Alemanha - 1978, com Argentina x Holanda
- O jogo de domingo será do melhor ataque (Brasil, 16 gols) com a melhor defesa (Alemanha, 1 gol, que pode ser a melhor da história)
- O Brasil tem retrospecto muito bom com a Alemanha: 10 vitórias e três derrotas. Eu mesmo não lembro de uma derrota pra Alemanha
- Ronaldo está a dois gols de Pelé, pra ser o maior artilheiro do Brasil em Copas!

quinta-feira, junho 27, 2002

Galera, vamo lá jogar mais um pouquinho. Lembram do Geninho, da She-Ha?? Então, pra quem tava com saudades.
Ajude a procurar o Belo, clicando aqui!
Olha aí! Os plantas e uma grega, em pleno Pátio do Colégio, debaixo da garoa paulista...







Lembram do Leo Jaime? Pois é, além de compositor de músicas de gosto duvidoso, ele é jornalista, e escreveu um artigo simples, porém brilhante, no Estadão de hoje.
Leiam, vale a pena. O que ele fala é a mais pura verdade sobre o nosso jornalismo esportivo.


"Crônica brasileira se perde nos sonhos
Os analistas querem uma seleção ideal, mas não enxergam nossa superioridade real

LEO JAIME

Na noite anterior ao jogo da semifinal, contra a Turquia, Galvão Bueno anunciava que o Brasil poderia, se ganhasse, jogar a sua sexta final contra a Alemanha que estaria em uma final de mundial pela sétima vez. E exultava: são treze finais de copa entrando em campo. Na verdade ele só corroborava o que já havia sido dito na transmissão do jogo entre Alemanha e Coréia. Errou (é a sétima final do Brasil), não errou sozinho e, o que é pior, não se retratou. Normal.

Para a crônica esportiva brasileira a retratação é uma humilhação a que poucos se submetem.

Durante o jogo, no primeiro tempo, a equipe que transmitia o jogo pela TV Globo cansou de pedir a cabeça de Ronaldo. Ficaram espantados com a insistência do teimoso Felipão em manter o time e insistiam que a solução era Luizão. Três minutos depois, Ronaldo classificaria o Brasil para a final em jogada individual, levando quatro zagueiros turcos no bico de sua chuteira. A Fifa consagrou Ronaldo como o melhor em campo, a equipe da Globo não. Mas, pelo menos, concluíram que Luizão não era, como pregavam, a solução. Erraram e não se retrataram. Fizeram o mesmo com Ronaldinho no jogo contra a Inglaterra. Fizeram o mesmo com Edmílson, antes do golaço de bicicleta. Mas isso não é privilégio da equipe da Globo: ver um jogo que ninguém mais vê. Embora, nesta Copa, isso esteja agravado por só haver uma transmissão dos jogos.

A imprensa brasileira sofre, a meu ver, no que tange à crônica esportiva, de um mal filosófico: é platônica. O futebol que a seleção brasileira da imprensa joga nunca existiu, não existe e nem nunca existirá. Reclamaram de Telê em 82, e faziam de seu time motivo de piada para, anos depois, chegarem à conclusão de que aquele era um dos melhores times de todos os tempos.

Crucificaram o time que ganhou em 94; apedrejaram Ronaldo pela Copa de 98 - e os tapes comprovam que ele jogou muito -; crucificaram Felipão por não levar Romário e preferindo um ataque com Ronaldo e Rivaldo, respectivamente o artilheiro e o segundo artilheiro da copa até o presente momento. Ninguém vê tanto defeito em nosso time quanto a imprensa brasileira.

O futebol que a imprensa tem na cabeça, o futebol ideal, o que eles acham que é a marca legítima do futebol brasileiro é absolutamente irreal, e é como a maçã ideal de Platão, que não poderia ser colhida em nenhuma macieira. O futebol perfeito. No jogo ideal da imprensa brasileira nós sempre ganhamos de 90 a zero. Um gol por minuto, e em geral de bicicleta, ou depois de driblar o time adversário inteiro sete vezes. Nesse jogo hipotético, sobre-humano, ninguém nunca errou um passe e o Brasil sempre está com quatro jogadores a menos, expulsos injustamente pelo juiz ladrão. E o adversário é um gigante sem talento mas perverso e tenaz. E o técnico?

Nossos técnicos precisam ser monges e tolerarem tudo sem se meter com os craques que, de preferência, têm de ter as pernas tortas e ser muito mulherengos e desobedientes, jogando sempre no improviso e contra a fria e burocrática disciplina adversária. Bem, voltemos ao mundo real.

Nesta Copa o Brasil vem mostrando que está em sua melhor fase e faz aquela que pode e deve ser a sua melhor campanha em um mundial. Vai à final tendo o melhor ataque, o menor número de faltas, o artilheiro e o vice, o maior número de jogadores na "seleção da copa", o maior saldo de gols, etc. A equipe joga limpo, se defende muito bem e ataca com criatividade e dando margens ao talento e ao drible. Parece difícil para a nossa crônica enxergar que temos uma superioridade - mesmo não sendo como nos sonhos, mas uma superioridade real."
A FIFA indicou dez jogadores pro prêmio Bola de Ouro da Copa. Quatro (!) são brasileiros: Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, Rivaldo e Roberto Carlos (quantos erres!). São só dois alemães
Isso quer dizer que é quase certo que teremos, pela terceira vez consecutiva, o melhor jogador da Copa (depois de Romário e Ronaldo). Dessa vez, o vencedor deve ser Rivaldo (apesar de eu achar mais justo o bi do dentuço).
Fiquei sabendo que a FIA aceitou a manobra da Ferrari e só multou por causa da troca feitano pódium. Enfim, então a Fórmula 1 perdeu a graça. O campeonato de pilotos, grande charme da categoria, perde o sentido em nome da scudderia (que já tinha o seu campeonato de construtores). Afinal, quem tem o dinheiro é ela...
Mandada pela Lili. Botam fé?? :-)


PROFECIA DE NOSTRADAMUS

"No sexto mês de 2002, dois irmãos separados por guerras e revoltas se unirão para a grande festa.
Depois de longo tempo, o ouro voltará a ter seu valor e brilhará no céu na forma de cinco estrelas. A pátria do Rei Negro antes humilhada, agora será exaltada."

================================================
Explicação:

1-"No sexto mês de 2002, dois irmãos separados por guerras e revoltas se unirão para a grande festa."
Japão e Coréia, inimigos de longa data se unirão para realizar a "grande festa", ou seja, a COPA DO MUNDO

2-"Depois de longo tempo o ouro voltará a ter seu valor e brilhará no céu na forma de cinco estrelas."
O "ouro" aqui representa a cor da camisa da seleção brasileira que passou quatro anos (longo tempo) em decadência, e que agora voltara a ter seu valor novamente reconhecido após o penta campeonato ("e brilhará no céu na forma de cinco estrelas.")

3-"A pátria do Rei Negro antes humilhada, agora será exaltada". O Brasil, país do REI PELÉ (o "rei negro"), que passou quatro anos tendo sua tradição e sua competência questionada, será exaltada novamente como o MELHOR DO MUNDO.

quarta-feira, junho 26, 2002

A Geek tem site novo!!!
Não deixem de visitar, a Tarcila botou ele no ar, fez um trabalho excelente! E nós todos estamos colaborando, ele tá bem melhor que o outro e ainda vai ficar mais bacana, quando tiver todo o conteúdo. Visitem!!
Querem jogar mini golf? É muito legal, dá pra jogar com multiplayer online ou sozinho!
Tentem bater o meu recorde, 5 abaixo do par na primeira série (na segunda tô ruinzão). Isso representa 19 tacadas.
E a FIA deu multa de US$ 1 milhão pros palhaços da Ferrari. Muito bem! Assim a Fórmula 1 tá livre de merdas como a que aconteceram no GP da Áustria.
O preju foi grande...
Tem uns merdas que não tem a menor condição de escrever sobre futebol... Entre as notas do iG pra partida de hoje estão:
Edílson - 5
Lúcio - 3,5
Roque Jr. - 4,5
Edmílson - 4,5

De onde esse babaca tirou isso? A função da defesa não é tirar todas as bolas e impedir o gol do adversário? E a do atacante não é criar jogadas de gol?
Agora, os caras cortaram tudo lá atrás, o Edílson não criou quase nenhuma jogada, só perdeu bola, e eles ainda dão nota melhor pra ele?? Vai entender...
Quantas vezes cada um chegou à final de Copa:

Brasil e Alemanha - 7 vezes
Itália - 5 vezes
Argentina - 4 vezes
Uruguai, Holanda, Hungria e Tchecoslováquia - 2 vezes
Inglaterra, França e Suécia - 1 vez

Brasil e Alemanha foram a sete finais em 17 Copas.
Só em 4 dos 17 Mundiais, nenhum dos dois times estiveram na final. Ou sejam, eles monopolizam a Copa meeesmo.
E quanto à Alemanha, o jogo será duríssimo. Eles têm uma defesa fortíssima (só tomaram um ou dois gols na Copa, e nenhum desde as oitavas de final), um puta goleiro e um ataque que não desperdiça as poucas oportunidades que cria.
É o jogo de todos os séculos! Os dois melhores times do mundo, em todos os tempos, em todos os aspectos, e que nunca haviam se enfrentado em Copas do Mundo. Nem fodendo dá pra prever o vencedor. Mas já se sabe: o Brasil leva ligeira vantagem, por estar jogando em estado de graça e ser um país ligeriamente mais vitorioso no futebol. Só que todo cuidado é pouco: os alemães são traiçoeiros e, em todas as Copas que ganharam (1954, contra a Hungria, 74 contra a Holanda e 90 contra a Argentina), não eram favoritos. Eles nunca são favoritos. Mas são sempre fortes.
E nós também. Vai ser um JOGAÇO!!!
Yes! Estamos na final!!
Foi dureza, mas conseguimos nos classificar. Caramba, quem diria que a final seria Brasil x Alemanha?? Ninguém. Eu digo, sem falsa modéstia, que só duas pessoas, eu e o Jubash, aqui da editora, previam boa campanha do Brasil na Copa. SOMENTE NÓS! E NINGUÉM do jornalismo dito "especializado" no assunto.
Sobre o jogo de hoje, eu acho que a gente até jogou razoavelmente bem, mas tomamos um sufoco absurdo e desnecessário, maior do que com a poderosa Inglaterra, jogando com um a menos. Isso por culpa do nosso meio campo e ataque, que não souberam prender a bola e dos caras que cansaram de perder gol lá na frente (às vezes por excesso de preciosismo de caras como o Denílson e Rivaldo).
De resto, a defesa esteve excelente, impressionante como cresceu nos últimos jogos (só tomou um gol em três partidas eliminatórias).
Os melhores - Cafu, Rivaldo, Roberto Carlos, Ronaldo (pelo gol que resolveu tudo), Gilberto Silva
Os piores - Edílson e Luizão

Vejam, só dois entre os piores porque todos os outros jogaram bem! Menção também para o Marcos e os três zagueiros, que tiraram TUDO da área. Se perdêssemos, seria por culpa única dos atacantes que perderam os gols e das milhões de bolas perdidas no meio campo.
Nossos dois laterais vêm sendo verdadeiros monstros, jogando absurdamente na marcação. Se o Brasil for campeão, serão eleitos os melhores laterais da Copa, com certeza.
É isso, galera! Agora vamos pra final!!! A terceira seguida do Brasil! Uhúuu!!

terça-feira, junho 25, 2002

BRAAASIU, IU, IU, IU!!!
Vamo lá, galera, torcer pra caraca!! Tomara que dê tudo certo e a gente vá pra n ossa sétima final.
Uhúuu!!!!
Fui!
Poxa, vai ter happy hour, mas ninguém da Geek vai... que chato...
Os ingleses tiveram o que plantaram. Comemorar antes sempre dá nisso...
Olhem as capas do Daily Mirror:


Capa do jornal, depois do jogo Brasil x Bélgica



No dia do jogo



No dia seguinte


É, pra aprender, que esse Beckham deles tá longe de ser o melhor do mundo...
Dica do Átila!
Brinque de Ronaldinho gaúcho pra cima do Seaman!!
A Alemanha está em sua sétima final de Copa. Agora o Brasil tem que ganhar mesmo, senão vai ser ultrapassado pelos germânicos neste quesito. É impressionante a capacidade da Alemanha de chegar desacreditada, jogar feio e ir à final. Quantas vezes ela já fez isso...
E pode ser o primeiro confronto Brasil e Alemnha em Copas do Mundo, justo os times com melhor desempenho na história.

segunda-feira, junho 24, 2002

Não deixem de ver a maior prova de fidelidade que alguém pode dar, no Povo Planta.
A Fifa divulgou uma lista com os 33 pré-selecionados para a Seleção da Copa. São seis brasileiros, Marcos, Cafu, Roberto Carlos, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo. É o país com mais indicações. Em segundo vem a Coréia do Sul, com 4.
Pelé já havia dito: pela primeira vez na História, o Brasil terá o melhor goleiro da Copa. Grande Marcão!!!
Pros corinthianos, que queriam o Dida (bom, mas pior que o Marcos) aprenderem... Pra eles, a Seleção tinha que ser Dida, Rogério, Kléber, David... eles são foda...
A Seleção pode até perder, mas só chegar onde chegou, sem ninguém acreditar, já foi muito legal.
É... tá muito estranho esse lance de juízes ajudando a Coréia. Já influenciou demais o resultado da Copa. Basta dizer quer era pra ter ou Espanha ou Itália jogando com a Alemanha as semifinais.
É uma bosta, como eu disse antes do Mundial: o que estraga o futebol são os constantes erros de arbitragem. Não existe nada igual em nenhum outro esporte.

Aliás, foi só chiar um pouco na F1 pras coisas ficarem direitas. Ontem, não teve ordem dos boxes, Rubinho ganhou a sua terceira corrida, contando com aquela, que ainda vai ser ratificada como sua. Parece que ele não é tão pé de chinelo assim...
Outra muito boa enviada pela DaniDani:

Quer saber por que estamos tão cansados???

A população brasileira é de 170 milhões de habitantes.

62 milhões são aposentados. Isso faz com que sobrem 108 milhões para fazer o trabalho. Há 29 milhões nas escolas, o que deixa 79 milhões para fazer o trabalho.

Desses, 49 milhões trabalham para o Governo Federal. Isso deixa 30 milhões para fazer o trabalho.

2 milhões estão nas Forças Armadas, o que deixa 28 milhões para fazer o trabalho.

Tire desses, os 24,8 milhões que estão nos Governos Estaduais e Municipais - que não fazem nada -
e temos 3,2 milhões de pessoas para fazer o trabalho.

Há 1 milhão de pessoas nos hospitais, o que nos deixa 2,2 milhões de pessoas para fazer o trabalho.

Tire desses, os 200.000 que estão nas prisões, e sobram 2 milhões para fazer o trabalho.

Como há 1.999.998 pessoas desempregadas, isso faz com que sobrem apenas duas pessoas para fazer
o trabalho:

VOCÊ E EU!

E como VOCÊ esta aí lendo, eu fico sobrecarregado de trabalho!!!

PORTANTO, PARE DE LER ESTE BLOG E VOLTE AO TRABALHO!

sexta-feira, junho 21, 2002

Putz, viajei e tomei dois antiinflamatórios, pra LER. Tô chapado, trabalhando...
:-)
O próprio Felipão teve que constatar o óbvio, o que eu já previa, antes da Copa:
"Nunca vi uma seleção brasileira com tanto espírito de luta". Está em todos os jornais.
Dá gosto ver o seu time jogando assim, mesmo com todas as dificuldades, de organização, falta de supercraques como os do passado, adversários fortes, etc.
Os caras do The Register são muito loucos... Olha a notícia que eles colocam, no meio de tanta informação sobre tecnologia:
http://www.theregister.co.uk/content/28/25831.html
E o Rivaldo, héin? Tá detonando na Copa, dentro do seu estilo, como finalizador. Ele, Ronaldo e Felipão tão calando a boca de muita gente... (no caso do Rivaldo até a minha).
E o Brasil tem o melhor ataque disparado e dois dos artilheiros da Copa, Rivaldo e Ronaldo, com cinco gols. O outro é Klose, da Alemanha.
Isso que é time retranqueiro... :-)
Felipão também é foda!!
Ele pode errar algumas vezes na escalação, fazer uma ou outra bobagem, mas é um PUTA técnico. Sabe como poucos formar um grupo, unir todos em torno de um objetivo, botar o pessoal pra jogar com raça. Aquilo que eu disse se confirmou: NUNCA se viu o Brasil (geralmente uma seleção firuleira) jogando com tanta raça quanto ontem. E com muita consciência.
Façamos justiça ao Felipão: pegou um time acabado, desacreditado, e, em poucos meses, trouxe força de volta a esse time. Integrou todo mundo e botou o pessoal a correr pelo Brasil.
E ele é muito esperto: fez muitos treinos com dez jogadores, que acabaram sendo muito úteis para o Brasil conseguir ficar 30 minutos jogando com um a menos contra a Inglaterra sem levar nenhum gol.
Nada está ganho; todos os times agora se equivalem. Mas o Felipão cumpriu o que prometeu: colocou a seleção que todos acreditavam que não ia chegar (e que nem ia passar da primeira fase) entre as quatro primeiras do mundo.

É com sofrimento, mas assim é mais gostoso. Meu time é foda!!! :-)
Uhúuu!! Meu time é foda!!
Não acredito! Ganhamos!! Mesmo tendo tomado o primeiro gol. Fizemos dois gols em um time que, em quatro jogos contra times de ataques excelentes, só tinha tomado um gol.
Que partida do Ronaldinho Gaúcho... O cara joga demais! A defesa jogou pra caralho, tirou quase tudo de cabeça, só teve a bobeada do Lúcio.
Legal, legal, ganhamos da Inglaterra jogando com dez meio tempo. A gente tem que falar coisas sobre o Felipão, vou dizer no próximo post.
Quanto ao jogo, vamo lá:
Os melhores - Ronaldinho Gaúcho, Roque Jr., Rivaldo, Roberto Carlos
Os piores - Lúcio, Edílson, Ronaldo, Kléberson

O Brasil mostrou que pode sim, ser campeão. Só depende de seguir com humildade e a garra que mostrou hoje.


Goleiro se esforça, mas a bola entra no ângulo. Golaço!

quinta-feira, junho 20, 2002

Boa sorte, Brasil!!!!
Fui!
And in the end
The love you take
Is equal to the love you make
É hoje!!
O melhor jogo já realizado nesse novo século. Brasil (considerado tradicionalmente como o melhor futebol do mundo) e Inglaterra (os inventores dessa merda toda).
Quem vencerá?
Grandjean lembrou bem, o Brasil nunca perdeu pra Inglaterra em Copas. E, nos três primeiros de seus quatro títulos, enfrentou a Inglaterra antes de ser campeão.
É impossível dizer quem ganha o jogo. É como tentar prever o resultado de um clássico tipo Palmeiras e Corinthians. Geralmente, o Brasil leva vantagem, pela superioridade do ataque, pela força da sua tradição. Mas dessa vez, com um time inglês mais forte que em outras épocas e com o Brasil padecendo por anos de má organização, o caldo pode engrossar. O jeito é torcer bastante e só.
E só podia ser o Galvão idiota pra inventar que a defesa da Inglaterra é ruim. Que imbecil... Só tomaram um gol da Suécia, nenhum da Argentina, nenhum da Nigéria, nenhum da Dinamarca! E o Galvão só no clichê: "Eles são duros e lentos". Trouxa.
E eu tô tranquilo. Quero que o Brasil vença, mas se perder, já tenho time pra semifinal...
Ah, vai ser às 17h, o que vai demandar um esforço de diplomacia aqui no trampo...
Hoje vou ver o Grande Circo Místico!! No original!
Já tinha visto os arranjos do meu professor com orquestra, e também uma apresentação do coral da USP. Mas o original, com o próprio grupo do teatro Guaíra, isso nãoi. Vai ser demais, e de graça! (só pra jornalistas, no teatro Alfa). Espero que dê tudo certo e que eu consiga entrar...
Que massa vir de carro pro trabalho e ficar só ouvindo música boa! Teve "Toada", depois "Bohemian Rapsody", "Mirror for the Sun" (do Red Hot, tem um arranjo maravilhoso), Ira, "Ponta de Areia", música instrumental, Mestre Ambrósio... demais.

quarta-feira, junho 19, 2002

Que saco não ter jogo hoje... não via nada, mas já tava acostumado com partidas bacanas todos os dias, pra comentar...
E ontem, voltando do Opção, meio chapado, fiquei chutando uma pedra da Peixoto Gomide até a Haddock Lobo, achando que tava na Copa. Resultado: quase acertei o pé de uma guria, que começou a me xingar: "Idiota! E se isso acerta o meu pé!!?"
Eu bêbado sou meio perigoso... :-)
O Átila fez uma lembrança: até agora, o Brasil só jogou com times vermelhos (Turquia, China, Costa Rica e Bélgica). Agora tem a Inglaterra, que também é vermelha. Pode pegar Turquia de novo na semifinal e Espanha ou Coréia na final, todos bem vermelhões. Que coincidência...

terça-feira, junho 18, 2002

Legal essa, mandada pelo João:


Ouvido na Copa
E a Itália se foi novamente. Desde que Paolo Rossi fez o jogo da sua vida e tirou sozinho (com a ajuda do Cerezo) o Brasil da Copa de 82, levando o time ao título, a Itália não consegue mais nada. Nem quando a Copa foi em casa, em 1990. Foram três desclassificações seguidas nos pênaltis (pra Argentina, Brasil e França), o que confirma a minha teoria sobre compensação no futebol. Agora eles sofrem um pouquinho.
Dessa vez, pelo menos, foi morte súbita. Nem puderam mostrar que aprenderam a bater pênaltis depois de treinar exaustivamente. Estão fora. Quando eu saí de casa, estavam ganhando, eu jurava que a Coréia iria embora. Agora, outra pedreira pra eles, a Espanha, a segunda melhor da Copa até agora. O melhor somos nós! :-)

E a semifinal será contra Turquia ou Senegal. Por um lado isso é bom: não vamos pegar um país tradicional. Por outro, ruim: Turquia virá com toda a sede do mundo por ter sido roubada no primeiro jogo e Senegal é um time africano (o Brasil perdeu as últimas duas Olimpíadas pra times africanos). Vamos ver o que rola...

segunda-feira, junho 17, 2002

O blog da Joanar tem um guia prático para escrever novelas. Não deixem de ver!
(ficou faltando mesmo o módulo Manoel Carlos... ê, gente criativa, sô...)
Por um lado foi foda, porque não sabia se torcia pra Inglaterra ou pra Dinamarca (que seria mais fácil de o Brasil enfrentar). Por outro, é bom: qualquer um que vença no próximo jogo, vou ter um time pra torcer nas semifinais. E do jeito que o adversário das semifinais vai ser mais fraco, acho que vou ter um time pra torcer na final também.
Mas claro, quero mais é que o Brasil ganhe, isso nem se discute...
Ouvido na Copa
Agora é que a coisa começa de vez! No próximo jogo, com a Inglaterra, aposto que já vai estar todo mundo mobilizado pra ver. E vai ser dificílimo...
O que eu achei do jogo contra a Bélgica? Que pela primeira vez o time teve mais problema no meio campo do que na defesa. E que isso aconteceu porque, contra uma defesa mais forte, ficou mais evidente que não há volantes com bom toque de bola. Na verdade, só tem um volante, Gilberto Silva, e ele não dá uma boa cadência ao time. Tanto é que melhoramos 100% quando entrou o Kléberson.
Minha opinião: contra a Inglaterra, tem que tirar o Juninho Paulista e botar ou Kléberson ou Ricardinho (de preferência esse). Vai melhorar muito o time.
A defesa jogou um pouquinho melhor dessa vez, mas as bolas na área vão ser sempre um sufoco. E pela primeira vez, tivemos que contar com São Marcos. Isso vai ter que acontecer cada vez mais daqui pra frente.
Os melhores: Marcos, Rivaldo, Ronaldo, Kléberson
Os piores: Gilberto Silva, Denílson, Cafu (que anda muito irregular na Copa)

Ronaldo já é o artilheiro do Mundial, com 5 gols, junto com aquele alemão. Rivaldo já está em segundo, com quatro. E o Brasil é o melhor ataque, sozinho. Depois chamam o Felipão de retranqueiro... :-)

sexta-feira, junho 14, 2002

O blog da Du anda bom! Tem uma nova teoria inventada por ela: "Cocô é amor"!
Olha só que legal esse desenho que o Grandjean fez na época da PUC, estava lá no Povo Planta.
E eu não conhecia!!


Legal fazer 25 anos. Pode parecer pouco, perto de uma vida de 60 ou mais, mas é tempo pra burro. Imagina quanta coisa dá pra viver em 25 anos, são 9.125 dias, 219.000 horas, 13.140.000 minutos. Dá pra fazer bastante coisa que já valha a pena viver.
E, graças a Deus, eu fiz. Um pouco de cada: estudei um pouco, viajei um pouco, ri um pouco, trabalhei um pouco, namorei um pouco, chorei um pouco, fui um pouco músico, um pouco jornalista, etc., etc.
Agora vou tentar fazer ainda mais coisa, só que com uma vantagem: sem a ambição de antigamente. Porque eu acho que ambição só serve pra te deixar tenso, estressado e frustrado, já que as melhores coisas, mesmo, estão logo ali na nossa mão.
Adoro o meu passado. Vamos ver o que me espera no futuro.
Valeu, gente, tava precisando de um aniversariozinho desses... :-)
Que legal a reunião ontem lá em casa. Mesmo gripado, deu pra curtir muito, adorei. É legal misturar a família e os amigos. E ganhei TANTO presente, que bom...
Gostei muito de todos eles.
E Portugal também dá o seu adeus. Junta-se a França e Argentina, formando o grupo de três super favoritos eliminados logo na primeira fase. E como choraram nossos patrícios, coitados... Se a Coréia fosse boazinha, era só manter o 0x0 e os dois times se classificavam. Mas tinham mesmo que fazer aquele golaço...
Restaram apenas Brasil, Espanha e Inglaterra, dentre os favoritos pré-Copa. Junta-se aí Alemanha e Itália, que já cansaram de ganhar Mundial aos trancos e barrancos, e pronto. O mundial está entre esses cinco times, salvo alguma surpresa muito grande.

quinta-feira, junho 13, 2002

Vem bem a calhar. Uma chuva de piadas de argentinos lá no Quadum!
Só pra dar um gostinho:

Qual a diferença entre o atropelamento de um vira-lata e um argentino?
R: Antes do atropelamento do cachorro sempre tem a marca da freiada.

Hahahahaha...
Tadinhos, também tenho pena... falando sério.
Acabei de ganhar um bolo de aniversário. Muito bom, o pessoal da redação também gostou. Só que não veio com remetente, mas desconfio de quem seja... :-)
Nem assisti ao jogo todo, só o primeiro tempo. Mas deu pra ver que o ataque tava muito bem, especialmente o Ronaldinho. Mesmo com o Brasil já classificado e a Costa Rica jogando tudo ou nada, o Brasil foi infinitamente superior.
O único problema continua sendo a defesa, esses zagueiros são mesmo muito ruins e podem acabar comprometendo quando formos jogar com adversários mais fortes.
Os melhores do primeiro tempo - Ronaldinho, Júnior, Edílson
Os piores do primeiro tempo - Gilberto Silva, Lúcio

Edmílson fez um golaço, mas no minuto seguinte tomamos o primeiro gol graças à sua desatenção. Continua a sina na nossa zaga...
Com os cinco gols, passamos a ser o melhor ataque, junto com a Alemanha (mesmo eles tendo feito oito em apenas um jogo).
Que beleza, passar o aniversário gripadaço... De novo doente, num tô agüentando mais...
Simplesmente sensacional!!
É assim que eu defino o blog que a Lili indicou no post anterior, Eu Odeio o Galvão Bueno. Finalmente temos um blog pra expressarmos nosso ódio!!
O legal é o uso das expressões galvanianas por todo o site, como "limite extremo", "deixe aqui 'o chamado' comentário" (hahahaha) e "vamo fazer o seguinte". Muito bom.
Não deixem de conferir o site. E vejam que a frase "Na China, todos estão torcendo pra China" já entrou para a história como uma das cinco maiores pérolas do mito Galvão Bueno. Não percam!!

quarta-feira, junho 12, 2002

E hoje tem jogo do Brasil. Não vale muita coisa (só o primeiro lugar do grupo, bom pra fugir do Japão, provavelmente), é pena, porque tava a fim de ver jogo que vale. Tomara que consiga ficar de pé. O Marcos brigou com o Felipão, isso não é muito legal.
Bom, amanhã eu posto aqui o que achei do jogo, no Ouvido na Copa.
Inté!
Apesar da gripe, consegui fazer tudo o que eu queria hoje. Cinco notas, procurar imagens pra todas... assim consigo fazer tranqüilo o que tá determinado pra fazer nessa revista (Hacker especial - Programação). E ainda sem forçar a LER.
Muito boa! Pra quem gosta daqueles emails meigos, feitos em PowerPoint... agora a vingança!


Piadas pra alegrar o ambiente. Boas essas, Lu!

CÚMULO DA CARA DE PAU

Sábado de manhã. Ao acordar, a esposa, grávida, diz para o marido:
- Benhê!Eu acordei com uma vontade de comer caranguejo...mas não se preocupe, é só vontade de mulher grávida, logo passa.
- De jeito nenhum! Não vou deixar de atender a um desejo seu. Vou pegar o carro, ir até a praia e ver se compro uns bons caranguejos.
O cara troca de roupa, pega o carro e vai até a praia, procurar quem venda caranguejo. Chegando lá, vai a uma padaria próxima, comprar cigarro. E lá se encontra com uma antiga namorada do colégio. Animados com o reencontro,os dois resolvem ir tomar uma cervejinha.
Uma cervejinha aqui, outra ali,sorrisos e beijos e no final da tarde os dois vão para o motel. No domingo de manhã, o cara dá um pulo da cama e diz:
- Meu Deus! Os caranguejos! Como vou explicar essa demora? - Pensa o cara, enquanto compra os caranguejos. Então decide:
- Vou contar tudo a ela. Não tem jeito. Eu tô perdido, vou contar. Chegando no prédio, sobe pelo elevador, ainda pensando numa história, mas sem nada lhe vir à cabeça. Ao sair do elevador ele tropeça, indo parar no chão com o saco e tudo. Na queda, o saco se abre e espalha caranguejo pra tudo quanto é canto do corredor.
A esposa ouve o barulho e abre a porta do apartamento. Agachado, o cara vai empurrando os caranguejos pra dentro de casa, (fingindo que vieram andando) e dizendo:
- Vamos lá, minha gente! Vamos entrando! Demorou, mas chegamos...

QUEM LAVA A LOUÇA??


Um cara adorava motos Harley Davidson. Juntou dinheiro durante um tempo e foi até a revendedora. Chegando, o vendedor lhe disse:
Temos a última Harley, que não foi vendida ainda porque tem um pequeno defeito de fábrica. Não passou pelo último estágio de secagem da tinta e, portanto, não pode molhar, senão mancha a pintura.
- Não tem solução? - perguntou o sujeito.
- Tem - disse o vendedor - Quando o tempo estiver para chover, passe vaselina na moto que preserva a pintura, sem problemas.
Sem pensar duas vezes, comprou a moto, passou na farmácia, comprou a vaselina e guardou no bolso.
À noite, sua namorada convidou-o para jantar na casa dela. Ele chegou, deixou a moto na rua e foi entrando. A namorada foi logo avisando:
- Querido, depois do jantar não fale nada, não abra a boca, porque a norma aqui em casa e a seguinte: o primeiro que falar qualquer coisa tem que lavar a louça.
- Tudo bem - disse ele.
Após o jantar, todos quietos. Começou a relampejar. O cara pensou: "E agora? A moto lá fora e eu não posso falar nada..."
Teve uma idéia. Agarrou a namorada e tascou aquele beijo de língua, na frente dos pais, na esperança que alguém protestasse.
Ninguém falou nada. E dá-lhe relâmpago. Agarrou a moça de novo, deitou-a na mesa e comeu a menina ali mesmo.
Ninguém falou nada. Ia começar a chover a qualquer momento. Não teve dúvida, agarrou a sogra e traçou a velha também.
E nada ... ninguém falou absolutamente nada. Quando ouviu o primeiro pingode chuva lá fora, levantou rapidamente, tirou a vaselina do bolso e...O sogro assustado, disse:
- Pode parar por aí mesmo que eu lavo a louça!
Ouvido na Copa
Três cartas, por favor...
Está provado. No futebol, de nada adianta anos de preparação cuidadosa, um time entrosado, uma geração de craques maravilhosa,isso tudo não vale nada se não houver... sorte. Isso mesmo, apenas sorte. Talvez hoje o elemento mais importante desse futebol nivelado que temos por aí.
Senão vejamos o caso de Argentina e França, os dois times mais fortes e bem preparados do mundo, eliminados na primeira fase: se tivesse sorte, a França não teria enfrentado um bicampeão mundial (Uruguai), uma seleção européia forte (Dinamarca) e um país africano (Senegal), continente que sempre traz times surpreendentes. Poderia ter pego um latino fraco (Costa Rica), um asiático estreante (China) e uma européia fraca (Turquia), como aconteceu com o Brasil. O mesmo vale pra Argentina.
Se tivesse sorte, a França não perderia seus dois principais jogadores (Pires e Zidane) por contusão às vésperas da Copa.
Se tivesse sorte, a França, enfim - que não fez nenhum gol na Copa e ficou em último lugar em seu grupo - teria assinalado gols nas cinco ocasiões em que jogou a bola na trave, em três jogos. Bastaria isso para ter se classificado em primeiro lugar.
Quanto à Argentina, ela poderia ter tido um pouco mais de sorte e ter feito um gol na Inglaterra (esteve muito, mas muito próxima disso). Ela se classificaria, então, em segundo lugar no grupo da morte, e seus jogadores seriam louvados como heróis em seus países.
E se tivéssemos azar, além de pegar o grupo da morte, com Inglaterra, Suécia e Nigéria, teríamos perdido o primeiro jogo, com o juiz marcando um pênalti contra nós em uma falta que aconteceu a mais de um metro da área.

Enfim, o futebol entre seleções de alto nível, hoje, não é muito diferente de um jogo de truco: quase que pura sorte.
Ouvido na Copa
Hahahahahahahahaha
Hahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
Peraí, deixa eu recuperar o fôlego... Ufa... Meu, que foda, os Argaytino também saíram na primeira fase!!!! Yes! Foi muito bom ver os dois times que mais se achavam saindo logo de cara, pra aprender. Falando sério, eu tô triste pelo povo argentino, pela situação toda deles e tal, mas tô feliz pelo lance da rivalidade Brasil/Argentina no futebol.
Não vi o jogo (não tava com nenhuma condição, muuuuito sono), mas queria muito ter visto. O fato é que eles não jogaram o que podiam nesta Copa. E tem outro fator também, sobre a qual eu falo no próximo post.

terça-feira, junho 11, 2002

Ihh, o pessoal tá comentando pouco...
Será muito trabalho? Ou muito sono também??
Eu estou tombando de sono... :-(
Meu aniversário tá chegando, é quinta. Espero de presente uma vitória do Brasil (sem graça, porque não vale nada o terceiro jogo de quinta) e uma boa balada de sábado, porque o aniversário do ano passado ficou meio atravessado. Só isso.
Apesar de que eu já ganhei tanto presente bom... :-) Adorei todos!
Hoje é o dia do casamento do Paul. Legal, parabéns pra ele. É engraçado como acaba mesmo parecendo que é alguém da família, você fica contente de saber que o cara tá feliz também...
Hahahaha!
Duas novas versões dos Argaytinos, enviadas a mim pela Luciane.
Hoje é o dia deles!!!




Ouvido na Copa
Au revoir, Le Bleus!!
E a França deu mesmo adeus na primeira fase. Experimentou um pouco do seu próprio veneno, que a fez campeã em 98. Na época, o Brasil (assim como a França de hoje) era um time que dependia de apenas um jogador - Ronaldo - que abandonou o time na hora H, vítima de problemas médicos.
Sem Zidane, a França é nada. Pagou pela empáfia, pela Zidane dependence e pelo desespero que atingiu seus jogadores quando se viram sem seu grande craque.
A França saiu da Copa sem fazer nenhum gol. Não há nada pior para uma torcida fanática por futebol do que assistir à Copa sem poder dar o grito de gol uma única vez. E tiveram muito azar também. Foram cinco bolas na trave, em três jogos.
Adeus, França. Hoje é a vez da Argentina :-)

segunda-feira, junho 10, 2002

Já sei qual é o problema do brasileiro torcendo na Copa. Ele confunde a competição futebol com a arte futebol. Em tempos remotos, lá pelos idos de 1970, era possível vencer uma competição de futebol se preocupando apenas em fazer desse esporte uma arte. Hoje em dia, isso não é possível, porque não há tanto desnível técnico entre as equipes como antigamente.
Exemplo: tinha gente querendo que o Brasil seguisse pressionando pra fazer seis ou mais na China. Mas o que isso adiantaria pra nós, em termos de classificação? Pensando na competição, tínhamos mesmo que nos poupar, fazer experiências, botar reservas para estimulá-los, etc. Mas, se fôssemos pensar só em arte, como antigamente, tentaríamos a todo o custo fazer tantos gols quanto fosse possível.
A torcida do Brasil tem que, de uma vez por todas, se decidir: quer assistir o Brasil fazendo a arte-futebol ou jogando a competição-futebol??? Eu já decidi. Quero ver o Brasil ganhando (como aconteceu em 94).

PS: até que o Brasil, comparado às outras seleções, ainda é a que mais consegue conciliar um futebol bonito e competitivo. Mas isso não é suficiente pros notálgicos e românticos de plantão...
Entrei na faca, deu tudo certo. Dessa vez não me estressei tanto, nem vi o sangue. Mas a picada da anestesia foi a injeção mais dolorida que eu já tomei. O local tava muito sensibilizado...
O resultado da biópsia sai em quinze dias, vou ficar um pouco ansioso. E ainda são duas semanas sem poder nadar, droga...
Finalmente hoje tirei a pinta que tava me preocupando tanto. Não peguei trânsito, então tava adiantado e resolvi parar o carro em frente ao Ibirapuera, por dez minutos.
Fiquei olhando lá pra dentro (tinha passado lá no sábado também) e pensando como seria bom trabalhar lá. Nem que fosse como faxineiro, mas só de ficar o dia todo olhando o lago, as árvores... Nossa, isso faz muita falta pra quem mora nesse Planeta-Prédio, né não, Grandjean??
Agora foi o João que teve problemas com a Multimania. Tô morrendo de medo de apagarem todas as minhas fotos, é melhor eu fazer um backup (que preguiça...)
:-)
Sábado de madrugada sangrou de novo minhas costas... Vou tirar hoje, finalmente, e mandar pra análise. Se a vaca da dermatologista quiser me fazer esse favor, claro.
Então chega de boliche e vamos para o mini-golf. Quem quiser aprender pra depois jogar comigo, clique aqui!
Caramba, jogar boliche me deixa todo ferrado. Meu braço tá doendo e sábado não conseguia nem tocar violão. Tanto esforço pra ainda perder duas vezes pra Dani... Que coisa...
O Átila sabe animar bem o meu começo de expediente. Essa é velha, mas sempre que eu leio eu dou muita risada!

"Num elevador estavam um argentino, um brasileiro, uma garota gostosa e uma freira.
De repente, acaba a luz do prédio, o elevador para e fica às escuras. Há o som de um beijo seguido de um tapa, a luz volta e todos ficam calados pensando o seguinte:
A freira: "Um dos dois deve ter beijado a garota e ela revidou com um tapa".
A garota: "Um dos dois deve ter tentado me beijar, acabou beijando a freira e levou um tapa".
O argentino: "Esse brasileiro de merda beijou essa mina e ela me deu um tapa pensando que fui eu".
O brasileiro: "Hahaha...beijei a palma da minha mão e lasquei um tapa nesse argentino filho da puta".
Mais notícias do nosso correspondente para a América Latina, agora do México. Vamos às informações!

"Eu estou agora no México, na cidade de Oaxaca. Estou visitando igrejas e construcoes de estilo colonial, muito lindas. E o mais louco para mim sao as ruínas dos antigos povos da regiao, os Zapotecas e Mixtecas. Os caras construíam umas piramides que você nao acredita. Pena que os espanhois chegaram e destruíram muitas construcoes, mas principalmente, a cultura dos índios. Nao só aqui, em todos os países que eu fui.

Hoje em dia a situacao é feia. Muita pobreza ao lado de alguns poucos ricos. O país mais pobre que eu visitei até agora foi a Bolívia, mas também um dos mais lindos. Na América Central a Nicarágua e Honduras sao os mais pobres.
Para mim o México é o país que mais se parece com o Brasil, porque existe uma pequena classe média também, além de ser mais industrializado, como nós.

No dia 17 de junho eu encontro meus pais na capital. Aí sim eu vou passar bem. Hotéis melhores, restaurantes bons, só alegria. Depois no dia 9 de julho eles voltam e eu continuo minha jornada, para Cuba.

Bom, aqui vai uma foto de quando eu estava na Bolívia. Esse lugar é uma ilha no meio de um antigo lago que agora é um 'mar de sal', tudo é branco. Na ilha estao esses cactus gigantes e no horizonte pode-se ver fumaca saindo do topo dos vulcoes, no alto da Cordilheira dos Andes. Surreal, se chama Salar de Uyuni, na fronteira entre a Bolívia o Chile e a Argentina."



Nossa, nem sabia que existiam Zapotecas e Mixtecas, pra mim era só Astecas... E esse cacto gigante?? De acordo com medições precisas que fizemos usando meu dedo, ele mede 4 vezes o Ed!! Se o Ed tem 1,80m, o cacto tem nove metros de altura!!!
Agora, não deu pra ver a fumaça dos vulcões não...

sábado, junho 08, 2002

Outra coisa que eu lembrei pra calar a boca dos chatos de plantão! O Brasil não ganhava por quatro gols de diferença desde a Copa de 1986 no México (4x0 na Polônia, com direito a golaço de Josimar e quadro humorístico do Araken, lembram??)!! Quer dizer, isso não rolava há 16 anos - ou quatro Copas - sendo que em uma delas o Brasil foi campeão e em outra foi vice. E de lá pra cá jogamos com muitos adversários fracos. Ganhar de quatro em Copas, hoje em dia, não é fácil meeeesmo.
Ouvido na Copa
Furando a retranca
Brasil 4x0 China. Como teste, foi um jogo fraquíssimo, tão ruim é o time chinês. Mas deu pra ver algumas coisas. A defesa continua péssima, dessa vez (cortado o mal chamado Edmílson) muito mais por causa das trapalhadas do Lúcio e pelas descidas coletivas dos laterais, mais Gilberto Silva e às vezes até um dos nosso zagueiros. Espero que isso tenha sido empolgação só pelo fato de a China ser tão fraca; em jogos com times melhores, isso pode ser fatal.
No ataque, é um time evidentemente melhor que quase todas as outras seleções. Conseguimos furar com louvor um retranca de 90 minutos. Ricardinho dá de dez no Juninho e deve ser titular no próximo jogo. É mais experiente, tem liderança, marca mais e toca muito melhor a bola, o que é importante naquele setor. Vai ser dez ele em campo.
Claro que teve babaca (tipo o Galvão "Magdo" Bueno) que reclamou: "Podia ter sido mais". No Brasil, querem sempre vitórias por 20x0. São muito chatos, basta ver como torcem os outros países. Quanto aos fatos, só duas seleções ganharam de goleada nesta Copa (Alemanha e Brasil) e só duas ganharam dois jogos (Espanha e Brasil). Ou seja, estamos bem, sim, em comparação às outras seleções (não em comparação a 1970), mas temos mesmo ainda o que melhorar;
Os melhores - Roberto Carlos, Ronaldo, Cafu (belo jogo, em comparação ao primeiro), Ronaldinho Gaúcho, Anderson Polga
Os piores - Lúcio, Juninho, Denílson (produtividade zero, tem que soltar mais a bola, não tá num circo, tá na Copa do Mundo...)
A pérola do dia foi a frase do Magdo, no começo do jogo: "Na China, estão todos torcendo para a China!"
Séeerio, Galvão??? Que idiota...

sexta-feira, junho 07, 2002

Médica filha da puta!!!!!! Tinha que ser dermatologista de dondoca!

Filha da putice 1 - Me deixa esperando uma hora para me atender. Fica 40 minutos com cada paciente
Filha da putice 2 - Tenho que trocar o Zona Azul por causa disso, peço pra esperar um pouco, que já volto, quando chego, correndo, em cinco minutos, ela diz que teve que passar outro paciente na frente
Filha da putice 3 - Demora mais vinte minutos pra me atender
Filha da putice 4 - Me examina em cinco minutos e diz: "tem que tirar a pinta, marca um horário, que hoje não dá" Arrghh!!!
Filha da putice 5 - Quando disse que tinha urgência, que não parava de sangrar, ela disse "Então tem que ir no Pronto Socorro". Arrgghhh!!
Filha da putice 6 - A secretária ainda demorou mais vinte minutos pra me dar o atestado.

QUE MERDAAAAA!!!!!!!! Puro ódio...
Ontem, depois da natação, estava me enxugando quando vi um pouco de sangue na toalha. Pensei, "porra, será que eu tõ de chico??", mas claro, não era esse o problema.
Olhei pras minhas costas e vinha caindo um rio de sangue, até a minha perna. Foi dureza conseguir estancar. Eu não sentia nenhuma dor. O sangue vinha de um pinta enorme que surgiu nas minhas costas.
Hoje de manhã, fui tirar o curativo pra tomar banho e o rio de sangue voltou a cair, sem nenhuma dor. De novo consegui estancar, mas preciso ir no médico urgente. Já marquei pra hoje, tenho que ver isso, tá muito estranho...
Ouvido na Copa
Arrrentinos se fudió!!!
Hahahahahah!! Agora a Argentina tem que ganhar da Suécia, se não já era! E não vai ser tarefa fácil, nem a Inglaterra ganhou da Suécia. O bicho vai pegar na última rodada, só quero ver.
Uhúuu!!!

quinta-feira, junho 06, 2002

Ah, lembrando uma coisa importante: a França não fez NENHUM gol até agora na Copa.
A Dinamarca fez três, Senegal dois e Uruguai um.
Se ganhar por um gol de diferença da Dinamarca, não pode ser 1x0, senão tá fora... 2x1 também é quase eliminação. Enfim, a França tá fodida.
Mais uma ótima vinda diretamente do barraco do Átila. Espero que ele não se incomode de eu colocar aqui também :-)
Hoje é dia de zoar os Arrrentinos, nunca se sabe o dia de amanhã!!
Com vocês, os Argaytinos!!


Hahahaha
Essa da DaniDani foi legal...


Ahhh, essa música não sai da minha mente!!
"Biiit, bit, bit
Biiit, bit, bit
Biiit, bit na cabeça!!"

Socooorro, tô ficando louco...
Impressionante. Na hora do jogo da França, estava vindo pro trabalho. Não tinha NADA de trânsito, nunca vi São Paulo tão vazia. E era só o jogo da França...
Ouvido na Copa
Cadêeee Le Bleeeeus...
O salto alto acabou com a França. Hoje a gente via o desespero dos caras, durante o jogo, vendo o barco naufragar. Agora, pra não sair na primeira fase, o que seria uma vergonha para uma das principais favoritas, a França tem que ganhar da Dinamarca por dois gols de diferença. Se ganhar por um gol, ficará dependendo de fatores como quantos gols fez e quanto será Uruguai x Senegal.
Missão dificílima...
Enquanto isso, bastou uma vitória meia-boca pro Brasil passar à primeira posição na bolsa de apostas de Londres, deixando pra trás a Argentina. Quem cresceu e vem com tudo em terceiro é a Itália.
Isso é o Átila, ajudando a alegrar o nosso começo de expediente:

DIFICULDADES DO PEDRINHO

-A professora tinha dificuldades com um dos alunos.
* Pedro, qual é o problema?
* Sou muito inteligente para estar no primeiro ano. Minha irmã está no terceiro ano e eu sou mais inteligente do que ela. Eu quero ir para o terceiro ano também!


A professora vê que não vai conseguir resolver este problema e o manda para a diretoria.
Enquanto o Pedro espera na ante-sala, a professora explica a situação ao diretor. O diretor diz para a professora que ele vai fazer um teste com o garoto, e como ele não vai conseguir responder a todas as perguntas, vai mesmo ficar no primeiro ano.

A professora concorda. Chama o Pedro e explica-lhe que ele vai ter que passar por um teste e o menino aceita.

Diretor: - Pedro, quanto é 3 vezes 3?
Pedro: 9.
Diretor: - E quanto é 6 vezes 6?
Pedro: 36.
E o diretor continua com a bateria de perguntas que um aluno do terceiro ano deve saber responder e Pedro não comete erro nenhum.

Ele diz para a professora:
* Acho que temos mesmo que colocar o Pedro no terceiro ano.

A professora pergunta:
* Posso fazer algumas perguntas também?
O diretor e o Pedro concordam. A professora pergunta:
* O que é que a vaca tem quatro e eu só tenho duas?
Pedro pensa um instante e responde:
* Pernas.
Ela faz outra pergunta:
* O que é que há nas suas calças que não há nas minhas?
O diretor arregala os olhos, mas não tem tempo de interromper...
* Bolsos - responde o Pedro.
* O que é que entra na frente da mulher e que só pode entrar atrás do homem?
Estupefato com os questionamentos, o diretor prende a respiração...
* A letra "M". - responde o garoto.
A professora continua a argüição:
* Onde é que a mulher tem o cabelo mais enroladinho?
* Na África, responde Pedro de primeira.
* O que é que começa com a letra C termina com a letra U e ora está sujo, ora
está limpo?
O Diretor começa a suar frio.
* O céu, professora.
* O que é que começa com C tem duas letras, um buraco no meio e eu já dei para várias pessoas?
* CD.
Não mais se contendo, o diretor interrompe, respira aliviado e diz para a
professora:
* Põe o Pedro no quarto ano. Eu mesmo teria errado todas as suas perguntas.

quarta-feira, junho 05, 2002

Animação muito bacana mandada pelo Bruno César. Veja como a gente só se fode dirigindo direito...
Destaque pra trilha sonora, um barato!
Clique aqui.
Eba!! Agora sou muito chique, temos participação nos lucros da empresa!!
Claro, nada muito alto, mas a gente vai ganhar bonificações dependendo dos lucros de cada revista que fizermos. Legal, fiquei feliz por causa disso também!
Acabei o Anthology dos Beatles!!! São 400 páginas de um livro do tamanho de um Atlas, e li tudo desde o Natal, acho que tá bom...
Que livro lindo, cheio de histórias. Como eu aprendo lendo essas coisas. Agora quem quiser saber qualquer coisa sobre os Beatles pode perguntar pra mim :-)
Tô tão feliz!! Mas ainda não posso dizer o porquê...

terça-feira, junho 04, 2002

Ok, já testei KaZaA e Morpheus. Agora, o LimeWire!
Não entendi por que o Alex não gosta de usar palavrões quando discute política. Acho que falar desse assunto é uma das coisas que mais me dá vontade de falar palavrão...
Muuuuito legal assistir o Na Geral ao vivo!! Dá vontade de ir várias vezes! Pena que o estúdio é pequeno, mas é muito divertido. Não conseguia parar de rir.
Eles ficaram fazendo várias piadas com a Luciane no ar. Quando ela entrou no estúdio, o Beto Hora falou "Olha, a Mona Lisa saiu do quadro!". Ele é muito engraçado, é impressionante como ele bola piadas o tempo todo! Eu via ele escrever uma, interromper o programa pra falar, e depois já rabiscar, com a certeza de que não ia precisar mais dela, que muitas outras iam surgir. Fora as que ele vi bolando enquanto fala, é impressionante.
E legal como ele improvisa com objetos: usa copo de plástico, celular, molas, qualquer coisa pra fazer os efeitos que a gente ouve pelo rádio. Muito criativo meeesmo. Gostei.
Olhem esse texto, pelo menos o primeiro parágrafo. A Renata Aquino é minha amiga, tá? :-)

segunda-feira, junho 03, 2002

E pra galera que morre de saudades do Atari, olhem isso. Lembram do Pitfall?? Tá fazendo vinte anos de existência (estamos ficando velhos...)
Em comemoração, o jogo foi lançado na Internet. Podem dar uma jogadinha, é de graça.
Basta clicar aqui.
Baba baby!!
Hoje eu vou no Na Geral, da Brasil 2000!!! Vou ver o Beto Hora, vai ser massa ver o Moaci pedindo "Dá licença, dá licença, dentro das perspectiva...". E dei a maior sorte, bem no dia do jogo do Brasil!!!
Uhúu!!
Hora da labuta: seis páginas de peer-to-peer até quarta. Vou testar uns nove programas, começando agora com o Morpheus.
Ontem foi o aniversário da Cris, tava uma puta bagunça lá em casa. O ponto alto da noite foi o meu tio Haroldo, que, como sempre, tinha que apresentar alguma teoria absurda. Não acreditei quando ele começou a defender o Belo, achando que ele é inocente, "que nada foi provado", que "a fita é montada", etc.
Tive que perguntar se ele tinha em casa algum disco do pagodeiro. Ele jurou de pés juntos que não. Então acho que só pode ser atração física, mesmo...
Meu amigo Átila me mandou essa. Mais uma gafe do Baby Bush, parece que o Dono do Mundo não sabia que havia negros no Brasil!
Hahahahaha
Saca só!
Ouvido na Copa
Apito amigo já dá as caras no mundial

Essa é uma nova seção do Ouvido Eletrônico destinada especialmente àquelas pessoas que só acompanham futebol em época de Copa e gostam de inventar teorias absurdas, como a de que o Brasil entregou a final para a França, em 98. Aqui, eu vou tentar analisar as coisas um pouco mais friamente.
Bom, como era de se esperar, a marca desse começo de Copa é mesmo o equilíbrio. O futebol se tornou o esporte mais universal que existe, por isso praticamente não há mais seleções ingênuas, como havia antigamente. Ninguém ganhou fácil na primeira rodada, com exceção da Alemanha. Todos os favoritos tiveram dificuldades, incluindo o Brasil.
O time até que jogou bem e poderia ganhar com mais tranqüilidade se não perdesse tantos gols. No fim, tivemos que contar com a ajuda de um juíz horrível, confirmando mais uma vez a minha afirmação da semana passada: o futebol é o esporte em que mais vezes os jogos são decididos com erros de arbitragem.
Os pontos fortes do Brasil no jogo foram: a marcação forte no meio campo (incluindo os atacantes) no começo do jogo (depois cansaram, mas já é algo inusitado, em se tratando de Brasil) e as jogadas de ataque, que continuam tendo mais improviso e habilidade que quase todas as seleções. Os pontos fracos foram a insegurança de muitos jogadores estreantes em Copas e a ruindade dos nossos zagueiros.
Os melhores do jogo (começando do melhor): Ronaldo, Denílson, Juninho e Rivaldo
Os piores (começando do pior): Cafu, Edmílson, Ronaldinho Gaúcho e Lúcio
O Cafu porque, além de apoiar mal, ele falha muito na defesa. Tomamos o gol por causa da sua desatenção e, no segundo tempo, quase levamos mais um gol de cabeça por culpa dele.
Quem diria, todos achavam que o Gaúcho ia detonar e o outro Ronaldo não, mas acabou sendo o contrário nesse jogo. Ficou na cara que tanto ele como o Edmílson, entre outros, tremeram na estréia. Vamos ver se melhoram, o Ronaldinho Gaúcho joga mil vezes mais que isso.

Quanto aos outros times, posso dizer de alguns jogos que eu vi. Alemanha ainda tem que provar que o 8x0 não foi só devido à fragilidade do adversário (pelo que eu vi, a Arábia é terrivelmente ruim, levou cinco gols de cabeça, todos sem nem esboçar marcação) e a Inglaterra, mais uma vez decepciona. A mesma ladainha de que "é a melhor seleção inglesa de todos os tempos", de que o futebol inglês evoluiu, etc., não se confirmou novamente. Eu vi foi a mesma correria e chutões de outras Copas. É uma pena, porque a Inglaterra é o meu segundo time, o único que merece mais noites de sono perdidas.
Aliás, tô caindo de sono...

sábado, junho 01, 2002

Botar a foto da Thaís do BBB aqui valeu mil vezes mais do que toda aquela lista de palavrões! Só de ontem pra hoje foram 16 acessos procurando isso, enquanto que a lista rendeu, em várias semanas, só dois acessos.
O povo ficou tarado por essa mina, vai dar Playboy tranqüilamente :-)
Eaê, velharada, curtiram a noite?? Eu curti pra caramba.
Próximo feriado já sei bem o que fazer, podem deixar comigo...