quinta-feira, novembro 21, 2002

Imagine alguém chegando em dezembro de 2001 e fazendo as seguintes previsões:
"Em 2002
- O Brasil vai ser campeão do mundo de futebol, com o Felipão
- Ronaldo vai ser o artilheiro da Copa
- O Brasil vai ser ainda, campeão mundial de vôlei
- Lula será eleito presidente do Brasil
- O PT será o maior partido da Câmara dos Deputados
- O Palmeiras será rebaixado para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro"

Se alguém falasse isso, seria tido como um louco, completo. Mas as previsões estariam todas corretas. Esse ano foi muito louco, e não só por isso. Aconteceu tanta coisa louca e imprevisível que já este ano já foi eleito: foi o ano mais maluco de todos os tempos...

terça-feira, novembro 19, 2002

O ruim foi que bateram no carro do Evandro no fim da viagem. E ele, bonzinho, nem cobrou pelo estrago no pára-choque...
Bom, tenho que escrever um post sobre a viagem. Aliás, legal ver que a Ju já entrou aqui no blog. Seguinte, a viagem para Carrancas esteve, com certeza, entre as melhores da minha vida. Por um motivo muito simples: conheci a Racha da Zilda, que, como o Carlão define, é uma das sete maravilhas do mundo. Uma cachoeira dentro de uma gruta, maravilhosa... Eu preciso voltar a esse lugar logo...
Aliás, acho que a gente ficou pouco por lá, queria passar horas na Racha.
Outra coisa de louco é o Café da Roça. É impressionante. Nesse lugar você entende o que é, na verdade, a manteiga, o queijo, o suco de limão, biscoito de polvilho... Cara, é muito bom!!! É tão bom que você fica se lamentando pelo seu estômago não ter um tamanho infinito.
Tudo muito bom lá, a cidade, o campo, o camping, tudo. Precisamos voltar lá mais vezes ainda!!!

terça-feira, novembro 05, 2002

LULA LÁ!!!

Atendendo a pedidos, aqui estou eu, com tendinite e tudo, a comentar a vitória do meu querido Lula. Querido porque não resta dúvida: na minha vida, nunca tive a oportunidade de acompanhar uma trajetória de vida tão linda como a dele; nunca vi um político com tamanho e tão explícito amor pelo Brasil e pelo seu povo; nunca vi alguém com um canal de comunicação tão sincero com as pessoas simples do nosso país.

Por tudo isso, a sua vitória foi, pra mim, um acontecimento mágico. Por mais que não queira patrulhar ninguém, meu sentimento, no final dessa eleição, era um lance irracional, do tipo “ninguém tem o direito de tentar evitar esse fato histórico para o Brasil!”. E eu me perdôo por isso.

Agora, Lula tem seus defeitos, o PT tem seus defeitos, e isso não se pode negar. Mas acho que, se Lula tem menos conhecimento formal que FHC, por exemplo, sua falta de estudo é muito menos problemática do que se imagina. Em mais de 20 anos de vida pública, incluindo mandato como deputado constituinte, Lula tem noção, sim, sobre as questões técnicas que aprisionam o Brasil no Terceiro Mundo e demonstra isso nos seus discursos. Quanto ao PT, é um partido ético, sem dúvida, mas precisa controlar os instintos corporativistas durante o seu governo.

Mas estou otimista, sim. Porque, na minha opinião, o que faltou ao governo FHC, para reformar de forma profunda o país, foi ouvir a todos, inclusive a oposição. E o PT parece disposto a isso. Outra coisa: abordar o problema da fome com a urgência que isso merece já é o grande mérito do seu pré-governo. Não adianta tratar o tema como tabu ou dizer, insensivelmente, que os projetos petistas são "assistencialistas" demais, dando um sentido pejorativo a esse termo que ele nunca teve. É preciso salvar vidas, não?

Então, torçamos pelo Lula. Ele nunca foi o candidato dos meus sonhos, mas seu sucesso pode significar uma vitória decisiva pro país. Nunca vou esquecer dele chorando muito, assim como todos na Paulista, cantando o hino nacional na noite do dia 27 de outubro. Uma noite que já entrou para a história. Pelo menos para a minha.