quarta-feira, dezembro 29, 2004

Caramba, o terremoto na Ásia foi tão forte que mudou a inclinação do eixo terrestre! Eu, hein, o mundo tá acabando, mesmo...

segunda-feira, dezembro 27, 2004

Eu não conhecia muito ele, apenas o suficiente pra saber que era um grande músico. Maluco, doidão, como todo gênio tem que ser. Infelizmente, ele não teve tempo pra ser gênio, mas deixou sua marca. Em mim, fica a lembrança daquela linda canção de Burt Bacharach, que eu os ouvi tocando tão bem no rádio, um dia. E da banda pra qual eles sempre me convidavam, e que nunca saía do papel.

Desejo muita força a todos que estavam próximos a ele. Quem sabe agora ele possa estar feliz, como nos seus melhores dias, finalmente cantando: "Because I'm free... nothing is bothering me".

quinta-feira, dezembro 23, 2004

Essa cidade tá sempre supreendendo a gente...
Feliz Natal e um puta ano pra nós!!







terça-feira, dezembro 21, 2004

Esse natal e ano-novo vão ser só família, na Ilha Comprida! Tava na hora, fazia 9 anos que eu não passava o ano-novo com eles, e acho que vai ser excelente. Daí, ano que vem eu volto pras cachoeiras da vida (vou ficar com saudades :-).

domingo, dezembro 19, 2004

Começa amanhã. Maratona de 300 páginas sobre VB.NET, o que vai me impedir de tirar mais do que alguns dias para comemorar o ano novo. Felizmente eu tô mais confiante, muito mais do que para fazer o Kit do Outlook, porque dessa vez, mesmo sendo o tema bem mais difícil, eu estudei muito mais.

Então, se eu não estiver tão presente nas próximas semanas, não liguem. É que eu vou estar aqui mergulhado nesse negócio, ok?

quarta-feira, dezembro 15, 2004

Nossa, saca só o que eu tô tendo que estudar nas últimas semanas. Olha dois parágrafos da bíblia que eu tô lendo agora:

"A KeyWord MyClass está relacionada a MyBase. Imagine que, na sua classe de base, você tenha um método A chamando um método ignorado B. Se você quiser verificar se o método B que você está chamando é aquele que você escreveu na sua classe de base, e não na derivada, ignore o método B na classe derivada e chame o método B usando o MyClass, como em MyClass.B.

Imagine, por exemplo, que você tenha uma classe Transportation com dois métodos: MakeReservation e BuyTicket. O MakeReservation chama o BuyTicket. Além disso, o MakeReservation e o BuyTicket são ignorados. Sua classe Train pode herdar de Transportation e criar o método BuyTicket que ignore o BuyTicket da Transportation. Se você não criar uma MakeReservation em Train, sua chamada a MakeReservation irá usar o código da classe Transportation. Porém, se o código da Transportation.MakeReservation chamar o BuyTicket, você irá, por padrão, chamar a BuyTicket que foi criada em Train."


Caraca, vai ser confuso no inferno... Fiquei meia hora pra entender só esses dois parágrafos. É, Dani, acho que eu vou ficar meio maluco depois de tudo isso, mesmo...
:-)

terça-feira, dezembro 14, 2004

Eu juro que não é por causa da Tati, eu já ia escrever esse post sobre música antes!!
O fato é que vocês tem que conhecer uma banda chamada Muse. Eles têm uma música, "Butterflies and Hurricanes", que é muito linda. Um caso clássico de uma letra ultra simples que fica maravilhosa graças a uma excelente melodia. E a associação com o lado mais pop do Radiohead é imediata. Se toda imitação fosse tão bem sucedida quanto essa, que sejam louvados os plágios, minha gente!

Os falsetes do vocalista são muito bonitos e o solo de piano de cauda (mesmo, nada de teclado) no meio da música mostra que esses caras não estão de brincadeira. Na boa, baixem aí agora mesmo.

domingo, dezembro 12, 2004

Faz tempo que eu não comento esportes, então lá vão algumas coisas que tenho visto nos últimoes tempos:

* O ouro da Daiane hoje foi emocionante. Foi muito legal ver ela dando a volta por cima depois das cirurgias e da Olimpíada. Ela é mesmo o máximo.

* O nível técnico do futebol, aqui no Brasil, anda sofrível, mas o campeonato está emocionante, tanto na série A, para ver o campeão e os rebaixados, como na série B. Engraçado notar que o Atlético-PR tinha o título nas mãos, e deixou escapar em 3 minutos de desleixo no jogo contra o Grêmio, há dois fins de semana. Foram dois gols sofridos que mudaram a história do campeonato. O Santos está com a mão na taça agora, merecidamente. Pro rebaixamento, além do Grêmio e Guarani (que já se ferraram), aposto no Botafogo (de novo!!) e Vitória na série B do ano que vem. Em vez do Vitória poderia ser o Atlético-MG, e daí seriam só ex-campeões rebaixados... Quando esses grandes vão tomar vergonha na cara???

* E não dá pra negar: o Luxemburgo é mesmo foda. Pode ser campeão pela segunda vez seguida, por times diferentes (seu quinto título brasileiro, no total; se fosse um clube seria o maior campeão, junto com o Flamengo). E, nos dois anos, estabeleu recordes de gols feitos pelas equipes. Foram 102 com o Cruzeiro, no ano passado, e já fez 101 com o Santos agora, faltando ainda um jogo. Só falta a esse senhor dizer a que veio em torneios da Libertadores.

* O Palmeiras continua uma tristeza. Enquanto tivermos esse presidente absolutamente estúpido, não vamos ganhar nada.

* Observem a tabela do campeonato: tirando o Atlético-PR, os quatro primeiros colocados seriam, na ordem, Santos, São Paulo, Palmeiras e Corinthians. E ainda teríamos aí na frente do Corinthians o São Caetano, que perdeu 24 pontos no tribunal. Os paulistas realmente são quem mandam nesse fraco futebol brasileiro atual.

sexta-feira, dezembro 10, 2004

Legal, hoje foi um dia bacana. Além de conseguir entender as coisas que eu não tava sacando e que me deixaram frustrado ontem, hoje eu recebi email da minha amiga polonesa. Os emails que eu mandava pra ela tavam voltando e nem celular mais tava funcando. Achei que o contato estava perdido, mas hoje recebi as novidades dela. Está tudo bem, tirando problemas com passagens aéreas pra ver a família no Natal. A companhia em que ela ia viajar faliu! A Gosha anda muito azarada em Londres, tá louco... Mas, pensando bem, nem tanto. Ela tem um trabalho bom, nada de lavar pratos, então não há tanto assim pra reclamar.

Só sei que tô com saudades daquele lugar doido...

quinta-feira, dezembro 09, 2004

Trabalhando demais, demais... Tô tentando aprender tudo rápido, e um pouco frustrado por não conseguir chegar no nível que eu queria. Os dias acabam sempre com dor de cabeça, olhos cansados, exaustão mental. Mas vai dar certo, pelo menos pro que eu preciso fazer, vou estar num nível de conhecimento Ok. Mas que eu queria entender completamente o assunto, e sair expert, ah, isso eu queria...

domingo, dezembro 05, 2004

Há três semanas eu tava com uma dor de velho, nas costas, que não curava de jeito nenhum. Daí fui em ortopedista, e ele disse que eu precisava de antinflamatório e 10 sessões de fisioterapia. Fiz tudo isso, compressa com calor, alongamento, e nada... Tomei relaxante muscular, passei pomada, e nem sinal de a dor passar.

Então resolvi falar sobre o assunto pro cara da medicina tradicional chinesa, que cuida da minha tendinite. Ele disse: "vamos tirar isso logo, antes que vire outro mal crônico em você. Vou colocar uma agulha no seu bigode". E, sim, essa foi a primeira providência que ele tomou. A segunda, foi fazer quatro furos nas minhas costas, que me fizeram urrar de dor. A terceira foi colocar um copo em cima desses furos e fazer sucção, num procedimento que chamou de "ventosa". "Você tem síndrome de frio superficial", dizia ele.

Depois de 15 minutos, retirou as agulhas (tinha outras nas costas todas) e o copo, e pediu pra eu me mexer pra ver se ainda tinha dor. Adivinhem só: quase não tinha nem sinal dela. Ao longo dos dias, fui ficando melhor ainda, e hoje estou 100%. Depois quando eu digo que os chineses são foda, ninguém acredita...

segunda-feira, novembro 29, 2004

Que coisa maluca. Tava vendo ontem o programa Ensaio com o Chico Pinheiro (não o jornalista, o compositor). O cara é muito bom, adorei as músicas, e gostei ainda mais da banda. Ele tem umas vocalistas que cantam muito bem, e uma, por sinal, me chamou a atenção por ser também muito bonita.

Daí, toco pra Internet pra tentar achar detalhes sobre o cara e o nome da tal cantora. Descobri que ela também tinha tocado com o José Miguel Wisnick e com o Eduardo Gudin. Mas, qual não é minha surpresa ao descobrir que ela se chama Luciana Alves e que já cantou uma música minha! E mais, uma parceria minha com o próprio Eduardo Gudin! Altamente imponderável, considerando que sou um músico totalmente anônimo e modesto. Mas é a pura verdade.

Então, explico. Um belo dia, no longínquo ano 2000, eu fiz um workshop de composição com o Gudin. A bem da verdade, foi uma palestra altamente improvisada e fraca, mas valeu a pena pelo contato com esse importante músico brasileiro (pra quem não sabe, ele que compôs “Verde”, aquela música linda com a qual a Leila Pinheiro ficou em terceiro no Festival dos Festivais). O final foi até interessante, e foi aí que tudo aconteceu. Ele pediu para que cada um de nós, que assistíamos à palestra, colocássemos uma letra em uma música nova dele, ali na hora. Nos esforçamos e, enfim, produzimos o que ele pediu.

A cantora que dava um apoio pra ele na palestra era a tal Luciana Alves. Ela cantou a versão de cada um para a música do Gudin. Eu, que não sou letrista e que só fiz umas duas ou três letras dignas de algo em toda minha vida, achei que fiz até uma coisa legal. E foi muito gratificante quando a Luciana, com aquela voz linda, cantou a minha versãp para a música do Gudin, assim como os comentários dele depois, altamente positivos. Disse que estava muito boa, queria saber quem tinha feito e pediu o meu contato, já que ele estava sempre precisando de letristas. Pô, fiquei muito orgulhoso, nem é a minha especialidade, essa.

Tudo bem, ele nunca ligou, mas valeu de qualquer forma. Quanto à menina que vi ontem na TV, lembrei que, naquele dia, ela tinha sido ultra-metida. Acabei desencantado, mas feliz de lembrar que aquela voz já tinha, seja da forma que for, cantado uma canção minha.
A Pati é que tem razão, mesmo. Eu, com esse jeito encanado, sou o único que acabo mal. Os outros passam por cima das situações numa boa. Podem até sofrer um pouco, mas daqui a pouco já estão ok e nem se lembram do que passou. Tenho mudado isso, mas não tanto quanto gostaria. Porque é difícil mudar certas coisas da nossa personalidade.

Esse fim de semana, apesar dos pesares, foi bom. Saí, depois fiquei em casa, descansei, namorei, comi bem, vi futebol, estudei, de tudo um pouco. Agora tô pronto pra mandar ver de novo durante a semana. Esquecendo de quem esquece de mim tão facilmente.

sexta-feira, novembro 26, 2004

Depois de dois dias infernais tentando arranjar uma forma prática de gravar uns vídeos pro livro do Outlook, finalmente consegui. Mas realmente não foi fácil.

A tentativa 1 foi ir na FórumAccess, mas o programa que eles tinham lá estava longe de ser prático. Parti pra alternativa 2, que era gravar de casa. Pra isso, precisaria de um cabo que não tenho. Fui na Sta Ifigênia, três horas no trânsito, calor infernal, comprei, chego em casa e o cabo não funca de jeito nenhum... Próxima chance: meu primo. Liguei pra ele e ele me emprestou o tal cabo, à 1 da manhã. Agora gravava, mas o som saía um lixo, graças à minha ótima placa de som. Então tive que fazer milagre pra recuperar o áudio no Sound Forge.

Depois disso, toca a tomar aula de edições de vídeo no Premiere com a Cris. Tudo isso e o prazo correndo. A edição deu certo, emocionou, mas não tinha cristo que fizesse o programa exportar direito. Foi então que surgiu o Camtasia na minha frente. Foi a luz. Bem que o Jacques tinha dito que a bagaça era prática... Foi o editor de vídeo que eu tava precisando, sem tirar nem pôr. Tive que gravar os vídeos de novo, pra sincar direito no programa, mas deu certo. Enfim, a criança nasceu. E bem.

Agora posso voltar pro livrinho cheio de figurinhas que tô lendo... Tô na página 340. Ainda faltam 350. É, minha vida não anda mole...

terça-feira, novembro 23, 2004

Uma das coisas que tava me deixando chateado era a minha cachorrinha, a Lara. Parece que ela vai ter mesmo que operar, está com artrose nas pernas. Coitada, vai sofrer um bocado. Justo ela, que gosta tanto de passear, brincar de bola, nadar, etc., já tá tendo que ficar de molho.
Que coisa, por que será que ela tem tantos problemas de saúde assim?? Que sina...

sexta-feira, novembro 19, 2004

A coisa tá andando melhor do que eu esperava. O livro chegou na quarta e já tô na página 142, então vai dar pra acabar logo. Se não fosse as aulas de lógica de programação da Impacta...

quinta-feira, novembro 18, 2004

Agora ferrou: tenho que ler um livro de 670 páginas em inglês sobre Visual Basic em 18 dias... Não estranhem se eu sumir um pouco do mapa.

Isso sem falar de outras coisas, como a matéria sobre joysticks que caiu na minha cabeça ontem e que eu tenho que entregar amanhã. Pelo menos eu tô curtindo. Tanto que, lendo a tal da bíblia de VB, perdi a hora do jogo do Brasil ontem, algo inimaginável, pra quem me conhece.

Bom, mas agora deixa eu voltar pra leitura, que já tô atrasado hoje.
Novidades no CabineMag
- Matéria completa com as principais atrações do TIM Festival por Fabiana Caso (Djá), Guilherme Simas, Ju Eliezer, Leandro Saueia e eu.
- Cobertura do show gratuito do Libertines, na Fnac, por Andressa Nozue.
Confiram lá!

quarta-feira, novembro 17, 2004

Eba!!! O Gmail agora tem acesso POP. Tava demorando. O problema é que não tá funcionando no Eudora, merda! Tomara que resolvam esse probleminha logo. Enquanto isso, o iG também dá xilique e não funca o SMTP. Pô, galera, vamo botar esses serviços de email pra funcionar direito!!

segunda-feira, novembro 15, 2004

Eu ia postar sobre futebol, mas pensei, isso não tem nada a ver com o que eu tô sentindo. Tem algo me deixando chateado esses dias. Acho que eu sei o que é. Parece claro, agora, que eu tô escrevendo sobre isso.

É engraçada a capacidade que os nossos sonhos podem ter de resumir as nossas principais encanações. Se você pára pra pensar nesses sonhos, passa a entendê-las bem melhor, e dar a devida atenção aos problemas, pra tentar resolvê-los. Acho que eu até já tô tentando fazer isso, mas não sei muito bem como. Ou sei: pelo meu velho método de conversa, o que sempre me parece o melhor, mas que nunca dá certo.

sexta-feira, novembro 12, 2004

quinta-feira, novembro 11, 2004

Fui conhecer a Medicina Tradicional Chinesa e ver se eles têm uma cura pro meu mal. Resultado: 20 esparadrapos em cada orelha. Tá horrível! Em breve uma foto aqui pra vocês rirem da minha cara.

quarta-feira, novembro 10, 2004

Agora, oficialmente terminado o trabalho do livro sobre Outlook, já comecei a fazer o projeto do próximo, sobre VB. Que Deus esteja comigo nessa empreitada :-).

domingo, novembro 07, 2004

Grande Encontro Planta na casa de Lili! Os melhores momentos seguem abaixo.


Nancy fazendo pose


Agora com o Neguinho


Lili mandando ver no charuto


Os homens


As mulheres (quer dizer, aquilo atrás, no quadro, não é mulher não... :-)


Todos


Hmmm... alguém andou brincando no Photoshop. Quem será (dica, o mais feliz da foto...)?

sexta-feira, novembro 05, 2004

Graças à ajuda da especialista Dani Dani, tô com um currículo totalmente reformulado, aí na seção de links. Podemos, agora, passar para a parte B do plano Maurício 2005 ;-).

quinta-feira, novembro 04, 2004

Lembram desse post? Pois então, a música finalmente entrou no ar, vejam lá o que acham (tá no link ao lado, "Eu no Music.Downloads).

quarta-feira, novembro 03, 2004

Mas eu tô feliz que eu vou poder usar minha camiseta anti-Bush por mais 4 anos...
Acompanhando os resultados da eleição americana, que estão saindo. E vendo se desenhar uma derrota dos Democratas em Ohio, o que vai decidir a parada. Já era, Bush + 4 anos... Mas é merecido, ele é bem a cara dos americanos, mesmo. Boa sorte pra eles, nas guerras preventivas que travarem daqui até 2008. E que passem bem longe da América do Sul. Porque tô de saco cheio de política, e resolvi que, desde que não joguem mísseis em cima da minha casa, já agradeço.

domingo, outubro 31, 2004

Como disse, alguns posts abaixo: São Paulo merece a exclusão social.
Ok, tô um pouco mais tranquilo. Me acertei com meus amigos, e isso me fez ficar melhor. Só fica esse sentimento ruim por ter perdido meus instrumentos. Caramba, essa sensação é uma merda, de você ver o fruto do seu trabalho sumindo de uma hora pra outra, roubado... Nunca tinham me tirado nada de tanto valor.

sábado, outubro 30, 2004

E pra coroar essa semana "maravilhosa", meu carro + um monte de instrumentos musicais foram roubados enquanto jantava, na Vila Mariana. Lindo. Perfeito. Tô super contente, sabe...
Aguardo boas notícias pra breve, porque, sinceramente, eu não vejo por onde eu esteja merecendo levar tanto tapa na cara...

sexta-feira, outubro 29, 2004

No ar, no CabineMag, uma resenha da Djá sobre o novo disco do Arnaldo Baptista, Let it Bed, a opinião de Rafael Ramos sobre o show do Chemical Brothers, e mais duas bandas apresentadas pela nossa repórter independente Carô Magalhães. Vejam lá!

quarta-feira, outubro 27, 2004

Ufa! Oficialmente, está terminado o livro. Foram 173 páginas (23 a mais que o previsto), num total de 138.066 caracteres. Mais um puta trabalhão de pesquisa e trocentas mil telas para mostrar os procedimentos. Mas ainda não acabou de vez. Falta fazer uns exercícios + roteiros pra arquivos de áudio e vídeo que vão ser vendidos junto com o livro. Mas isso eu acabo até sexta.

O mais engraçado foi a diferença que eu senti entre a dificuldade que eu tive na primeira página e na última. A primeira, parecia um parto. A última, um vômito.

terça-feira, outubro 26, 2004

Estou mais que triste. Não é a primeira, nem a segunda vez que um amigo se decepciona comigo. Em quase todas as outras vezes, achava viagem. Nessa, eu falhei feio, mesmo. E, se por um lado eu sei que falho, e que isso é normal, por outro, não queria nunca ter falhado com essa pessoa. Porque Deus sabe o quanto eu gosto dela e a admiro. O que resta, então? Pedir mil desculpas (o que eu já fiz), tratar de ser melhor um pouco, e torcer pra que não fiquem marcas, pelo menos não grandes.

Minha querida amiga, eu juro que eu tento ser o melhor que posso. Se eu não consigo, por favor, me perdooa. Eu não quero perder sua amizade. Fica em paz, tá? Um grande beijo. Envergonhado.

domingo, outubro 24, 2004

Podem acreditar, eu tenho noção. Sou mala, mas tenho consciência. Eu sei que uma das coisas mais chatas minhas é ficar falando de política sem parar. Peço mil desculpas e prometo que vou procurar tratamento específico...

sexta-feira, outubro 22, 2004

Ok, a Marta perdeu. Fico chateado, mas tem uma coisa que me faz pensar que essa derrota não é tanto uma derrota. Primeiro deixemos claro que o Serra só conseguiu abrir uma distância tão grande, de 14 pontos, porque teve todos os votos dos malufistas, no segundo turno, o que era de se esperar. Mas não sinto tanto sabor de derrota por um outro motivo. Os que estão votando na Marta no segundo turno (quase as mesmas pessoas que votaram no primeiro), mesmo com toda a propaganda negativa (inegavelmente a publicidade do Serra foi muito mais hábil e teve muito mais recursos, nesta eleição), são porque realmente aprovaram a gestão dela. E ainda há cerca de 10% de pessoas que não vão votar nela, mas que gostaram da administração – só votam no Serra porque querem dar uma chance a ele. Com isso, são 47% de aprovação. Eu percebo, pelas minhas conversas, que ela conseguiu criar um vínculo emotivo muito forte com as pessoas, com as coisas que fez pela cidade. Seus eleitores são pessoas que estão chateadíssimas com a sua derrota, que vêem a difereça entre o que era a cidade há 4 anos, e como ela está agora, pessoas que realmente não entendem como tudo isso não foi suficiente para garantir uma reeleição.

Mas não tem problema. Porque são pelo menos 37% de pessoas que já sabem em quem votar, em eleições futuras. O PT e a Marta ganharam um novo vínculo emocional, agora com um tipo de eleitor bem diferente do militante ideológico do passado. É agora o povo comum e simples, da periferia, aquele que antes sempre votava no Maluf, e que graças a Deus perdeu esse péssimo hábito.

O fato é que o povo de São Paulo pode não reconhecer agora o que essa mulher fez pela cidade. Mas nas próximas eleições, ela e o PT ainda hão de ganhar muito com as lembranças de Marta Suplicy, no comando de um dos cargos mais difíceis do Brasil: o de administradora da problemática terceira maior metrópole do mundo.

* PS: Um dado que fiquei sabendo: São Paulo, antes de Marta, tinha cerca de 8 mil ônibus, com idade média de 10 anos. O número praticamente dobrou: temos agora a mesma quantidade em ônibus novinhos em folha do que toda a frota anterior.

*PS2: Acho que há um quê de irresponsabilidade em quem gosta da Marta, mas vota no Serra, correndo o risco de ele sair em 2006 pra concorrer ao governo do Estado e deixando-nos como prefeito o ladrão do Kassab.

*PS3: Quando escrevia esse texto, estava ouvindo a Eldorado. O grupo Palavra Cantada, dando entrevista, diz que tem tocado muito este ano, principalmente porque fizeram 9 shows no CEUs, para cerca de 38 mil pessoas. Claro, nem todas alunas dos CEUs. Meu amigo Cícero também tem arranjado shows por lá, e assim fico com a impressão de que se abririam, com esse projeto, uma nova oportunidade para músicos de qualidade se apresentarem. E a Carô, irmã do Cícero, tem finalmente uma pista segura de skate pra andar à noite (como ela estava me relatando ontem). Enquanto isso, a campanha do Serra continua atacando os CEUs. Óbvio, eles sempre foram contra, achavam caro. Então tá, escolhendo o PSDB, nós merecemos a exclusão social. Pelo que conheço da administrações tucanos (e acho que a gente conhece muito bem), eles NUNCA fariam CEUs, bilhete único, investimento pesado na qualidade da educação, em renda mínima, etc. Paciência. Temos ainda muitas eleições pela frente.

quarta-feira, outubro 20, 2004

Tava lembrando de uma música minha que chama Flores. Eu fiz ela há um puta tempo, e achava ela uma bosta, apesar de até hoje ficar tocando no violão. Fiz uma gravação com a Nancy, que na época não achei legal, apesar de a Nancy ter cantado muito.

Mas hoje, anos depois, lembrei da música e fui ouvir. E tive uma surpresa absurda. Mesmo com algumas coisas que eu realmente não gosto, meu violão tá lá, e eu acho que eu nunca gravei nada tão bem tocando esse instrumento. A voz da Nancy tá linda. E, além disso, a música não merecia que eu tivesse desprezado ela. A melodia, as harmonias que acompanham, tudo me transportou exatamente pros meus sentimentos daquela época, pros sentimentos que parecem sempre me conduzir a fazer músicas desse tipo. Gostei demais e acho que vou postar ela no site aí do lado, aí vocês podem ouvir e dizer o que acham. Ela é muito Quanta Planta. E fiquei com saudades da banda ao ouvir o som.
Oba, vai ter festa da Dani no sábado!
Isso é legal, pena que vão tocar algumas músicas que eu não gosto, lógico (hahahaha), mas pelo menos não vou ter que ver a banda Pop-Up, na sexta (putz, aí sim ia ser foda...). Enfim, o que vale é a festa, a companhia, a cerveja... o resto foda-se...

terça-feira, outubro 19, 2004

Valeu, Paty. Eu pareço super bem resolvido, mas tenho cá as minhas aflições. E pessoas como você é que são boas pra eu ficar (ou continuar) bem. Bjs.

sábado, outubro 16, 2004

Caramba, será que tá voltando a fase hiper-sensível?? Fiquei chorando que nem criança vendo o clipe de "O Salto", do Rappa. Foda...

quarta-feira, outubro 13, 2004

Quanto ao livro, não tinha falado mais dele, mas tá indo muito bem! Tô na página 121, e ele tá sendo bem elogiado. Deve acabar em duas semanas.
A novidade agora é que vou ter que fazer uma palestra sobre ele. Deus me ajude...
E o Ed voltou de viagem! Depois de quase dois meses na Argentina e Chile, ele voltou devidamente apaixonado. Demorou pra ele chamar a mina de Buenos Aires pra morar aqui!!
E também graças às explicações do Cição, ontem eu tava baixando música e conheci uma jornalista polonesa com muito bom gosto musical. Ela até topou colaborar com o CabineMag (agora só falta o CabineMag colaborar comigo :-).

Desse jeito é muito fácil montar uma rede de colaboradores do mundo todo. E sem precisar do Orkut!! :-)

terça-feira, outubro 12, 2004

Pô, graças ao Cição eu agora tô usando o SoulSeek de uma forma decente!! Que cabaço que eu era! Vai ficar mais difícil pro eMule a partir de agora :-).
Valeu, Cícero!

segunda-feira, outubro 11, 2004

Pior é que tá pintando uma situação em que Bush perde no voto e ganha no tal do Colégio Eleitoral mais uma vez. Ou seja, vai levar sem ganhar de novo!
Caraca, demorou pra gente ter direito a voto pra presidente dos EUA...

sábado, outubro 09, 2004

O Kerry ganhou também o segundo debate pra presidente dos EUA, mas foi quase um empate. Em relação ao primeiro, o Bush deu uma melhorada (ele tinha perdido por 53% a 37%, e nesse foi 47% a 45%, mas ainda com grande vantagem pra Kerry em vários aspectos da pesquisa). Engraçado, nesse que eu achei o Kerry 50 mil vezes melhor, deu quase empate, não entendo mais nada.
Os resultados estão aqui (por enquanto).

quinta-feira, outubro 07, 2004

Hahahahaha
Vejam isso!
http://www.carllewis.com/video.music.1.html
Olha, gente, entraram mais dons sons no ar, "Tive Razão" e "Sem Medo". Baixem especialmente a primeira, ficou muito legal!
É uma música do Seu Jorge linda, que a gente regravou de um jeito totalmente diferente (era um samba, virou sei lá o que). O legal é que a gente fez o arranjo de primeira, e eu gostei também do jeito que a bateria contribui com o sentimento da música. Eu acho que é a melhor composição de batera que eu já fiz, mesmo estando impreciso, na gravação.
Ouçam aí e comentem!!

segunda-feira, outubro 04, 2004

Aee, galera, o Alex voltou a postar!!
Finalmente, foram cinco meses de espera. Agora é encher o saco dele pra não perder o embalo!

sábado, outubro 02, 2004

Saíram as novas músicas do Pakto (projeto meu e do Rodrigo, esperando um baixista fixo). O Rodrigo compôs os sons, são muito bons! Baixem as músicas "Formigas" e "Dois Irmãos" e depois digam o que acharam (tão em zip, quem precisar de ajuda pra ouvir me escreva). Pra acessar, cliquem aqui.

sexta-feira, outubro 01, 2004

Mais fotos da Ilha!



Povo indo pra praia, totalmente vazia... Êee, maravilha.



Grandja parece mestre de capoera



Pega peixe pega peixe, Peguei!!!



Minha cachorra é estranha, mas eu gosto dela :-)
Nossa, recebi ligação de Nova York, que chique!!
Já sabem de quem, né??
Pô, Dani, legal saber que você está bem e curtindo! Ganha uns votos pro Kerry aí :-)
Bjs!!
Impressionante, o Kerry ganhou o debate! Eu pensei que os americanos nem iam dar bola pro que ele tava falando, mas eles entederam a mensagem!
A pesquisa tá aqui.
Dá a entender que os americanos dividem a questão em duas: apesar de acharem Bush melhor comandante militar, o Kerry é melhor para a política externa dos EUA. É, eles estão começando a pensar...
O bicho vai pegar nessa eleição!

quarta-feira, setembro 29, 2004

A Joss Stone está lançando hoje o novo disco, mas o CabineMag já tem resenha do mesmo desde terça-feira (autoria da nossa Andressa Nozue). Pena que o disco não está muito bom... Mas em compensação, ela continua linda :-). Confiram lá o artigo!
Putz, cheguei em casa de busão às 6:30 da manhã, hoje, depois de 10 horas mixando as músicas com o Rodrigo. Pelo menos, o resultado parece que ficou muito bom (apesar daqueles detalhes que sempre deixam a gente insatisfeito em estúdio). Mas o Rodrigo mandou muito bem e as músicas dele ficaram muito massa. O restultado eu divulgo em breve.

segunda-feira, setembro 27, 2004

Impressionante como um único final de semana (apenas dois dias, sendo um só chovendo) pode ser um programa mais que agradável. Tão aí as imagens que não me deixam mentir (claro que é quase tudo da Lara, porque eu nunca tinha visto ela na praia :-)



Eu entrando no mar com ela


Dando beijo na mãe


Isso que é amigo... Eu entrando na poça a pedido do catador de peixe Gustavo Grandjean


Lara comendo côco com a gente no bar


Pôr-do-sol tranquilo na praia, antes de voltar pra São Paulo. Paty e Cris na foto


Fuça da Lara

sexta-feira, setembro 24, 2004

Ok, ok, depois de muito drama decidido: vamos passar um fim de semana agradável na Ilha Comprida. Vai ser legal ver a Lara na praia, finalmente. Desde o Carnaval eu não entro no mar!!!

quinta-feira, setembro 23, 2004

Ontem foi dia Mauricio Multimídia: começa com reunião com os caras do livro, depois ajudar irmã na mudança, voltar pra casa e escrever várias páginas e então ir pro estúdio gravar batera e baixo pras músicas do Rodrigo. Até que ficou bom, viu!! E valeu muito a experiência do curso que eu fiz no Rio de Janeiro. Puta merda, quando eu vou ter o meu próprio estúdio??!!!!

quarta-feira, setembro 22, 2004

Caramba, acabei de ouvir o novo CD do Arnaldo Baptista. Cara, esse sim é louco, mais maluco que o Tom Zé, o Hermeto Paschoal e o Raul Seixas juntos!!!

terça-feira, setembro 21, 2004

Putz, eu tento não ficar chato com essa história de eleição, mas é que de vez em quando eu fico revoltado e acabo tendo que escrever alguma coisa. Minha mãe trabalha em escolas da prefeitura e eu vejo de perto o que está acontecendo. Uma professora amiga dela, que voltou da Alemanha, ficou impressionada em ver como os CEUs têm estrutura do nível das escolas de lá, principalmente na área de esportes, com piscina aquecida, quadras bem feitas para vários esportes, etc.

E aí, é o seguinte: vivem reclamando que não há incentivo ao esporte nas nossas escolas públicas; que o esporte faria bem aos menos favorecidos, mas que ninguém faz nada pra isso no Brasil; que os nossos serviços públicos estão muito aquém do que se vê no Primeiro Mundo. Daí, quando vem uma mulher e, pela primeira, vez oferece serviços de Primeiro Mundo na prefeitura da nossa cidade, o pessoal mete o pau!

Sim, porque a posição oficial do PSDB quanto aos CEUs é de que eles são muito caros e mais valia construir um monte de outras escolas "normais". "Normais", ou seja, lixo. Dizem que "não vão construir mais CEUs". É, sei como é, vamos ficar no padrão das escolas estaduais, que estão na mão do PSDB há 8 anos. Pra quem não sabe, as escolas estaduais tradicionalmente sempre foram melhores que as da prefeitura, mas hoje em dia (bastando 4 anos da Marta) estão bem abaixo. Até aula de francês as crianças estão tendo (minha mãe mesmo foi preparada pela prefeitura para ensinar francês pra elas, e fazendo curso na Aliança Francesa!). Eu nunca tive aula de francês na minha escola, que era particular!! Quer dizer que só criança rica tem direito a escola com piscina aquecida, quadras, teatro, aulas extras?

Ah, e tem mais! Quando as crianças de outras escolas ou de comunidades são levadas a atividades culturais e esportivas nos CEUs (como acontece com os alunos da minha mãe), eles dizem que é "campanha" e "uso da máquina"! É o fim...

Eu acredito na tese de que só com serviços de qualidade você consegue fazer a população respeitar esses serviços, o Estado, a democracia. São ações como o CEU que reduzem o vandalismo; no caso da educação, reduzem a evasão escolar; e, claro, reduzem a violência. É que a maioria de vocês nunca viu um CEU de perto, né?? Claro, estão todos nos confins da periferia. Não têm nada a ver com o Cingapura, não, gente...

Agora, me digam: vale a pena mudar de governo, interrompendo toda essa linha de administração (aqui só citei a parte de educação, e mesmo assim só ALGUNS ASPECTOS), por causa de coisas menores como os erros na questão trânsito (um equívoco que realmente rolou, mas era só ligado às obras e já está melhorando...), ou o punhado de reais que a classe média paga na taxa do lixo (e que serve pro primeiro programa sério de tratamento e reciclagem do lixo que essa cidade já teve)?? Ou mudar de governo porque a área da saúde não andou tão bem como as outras (como se tudo pudesse ficar lindo maravilhoso em 4 anos, depois de Maluf e Pitta. Lembram como era a cidade em 2000, ou já esqueceram???)?

Enfim, façam então o que quiserem. Mas depois nunca mais reclamem se nenhum governo faz nada pelo esporte, nem xinguem o país nas Olimpíadas, nem digam que as nossas escolas não prestam, ou que a periferia vive abandonada pelo Estado. Afinal, foi uma escolha de vocês.

segunda-feira, setembro 20, 2004

Êeeee, já escrevi duas páginas! Então agora vai...
Alguém aí já escreveu um livro?? Tenho que escrever a primeira página nesse momento, e nunca a Síndrome da Tela Branca bateu tão forte... :-)

sábado, setembro 18, 2004

Eu tinha mil coisas pra escrever aqui sobre mim, sobre quando eu bebo, sobre eu na frente do computador chegando da balada, etc., mas o mundo não deixa... Droga, blog é uma merda, tão merda ou mais merda que Orkut, vou desabilitar essa porcaria!

sexta-feira, setembro 17, 2004

Não é por nada não, mas como tá com falta de propostas a campanha do Serra, não?? Mas eu entendo ele... Afinal, a Marta, mesmo com os seus erros, agiu em tantas frentes, que fica difícil propor alguma coisa nova, que não seja na área da saúde. Mas que é engraçado ver o tucano perdido na hora de apresentar plano de governo, isso é :-).

quarta-feira, setembro 15, 2004

Um som que tem a ver com uma porrada de coisas, atualmente

Just a perfect day
drink Sangria in the park
And then later
when it gets dark, we go home

Just a perfect day
feed animals in the zoo
Then later
a movie too, and then home

Oh, it's such a perfect day
I'm glad I spent it with you
Oh, such a perfect day
You just keep me hanging on
You just keep me hanging on

Just a perfect day
problems all left alone
Weekenders on our own
it's such fun

Just a perfect day
you made me forget myself
I thought I was
someone else, someone good

Oh, it's such a perfect day
I'm glad I spent it with you
Oh, such a perfect day
You just keep me hanging on
You just keep me hanging on

You're going to reap just what you sow
You're going to reap just what you sow
You're going to reap just what you sow
You're going to reap just what you sow

segunda-feira, setembro 13, 2004

Eu acho que eu já passei por essas coisas e já cheguei às mesmas conclusões. Demorou então eu deixar de ser besta.

quinta-feira, setembro 09, 2004

Ontem aconteceu uma coisa terrível. Lembram daquela minha ex-namoradinha polonesa?? Pois é, tadinha, não imaginam o que houve com ela. Tudo o que ela conseguiu em cinco meses com muito trabalho suado em país estrangeiro, todo o esforço dela durante esse tempo (que em boa parte eu pude acompanhar) foi roubado por um fdp que invadiu a casa deles lá em Londres.

Cara, eu não consigo entender! Esse sujeito não é miserável, não rouba por necessidade, como muitas vezes acontece aqui. É coisa de índole, mesmo! Ele vai lá e tira em um dia tudo o que uma pessoa lutou cinco meses pra conquistar, simplesmente porque viver assim é mais fácil!! A que ponto chega o descaso humano com o próximo!

E depois falam que o Brasil é uma merda e que morar lá é que é uma delícia. Eu, em dois meses, fui vítima de um louco que queria me matar. Ela, em cinco, perdeu tudo o que tinha. Não dá, o mundo não é bolinho, não...

domingo, setembro 05, 2004

Droga, pleno domingo e eu aqui, gripadaço, de molho... Pelo menos ouvindo boa música (Tortoise) e com a boa notícia de que vou escrever um livro. Isso mesmo, e ainda vou ser pago pra isso :-). A partir de amanhã começo a cuidar disso com mais carinho. Objetivo: dissecar o Outlook em uma semana.

sexta-feira, setembro 03, 2004

É realmente incrível a "habilidade" do Putin pra evitar tragédias... Tô chocado com o que tô vendo na TV, agora é contar os mortos às centenas. Mais uma notícia que me faz concordar com um dos melhores nicks da Du, "Vergonha de ser humano".

segunda-feira, agosto 30, 2004

Nasce o CabineMag!

Pois é, pessoal, depois de um mês escondendo o jogo, tá aqui o novo projeto em que estou envolvido, a revista eletrônica CabineMag. Trata-se de um novo espaço virtual destinado a divulgar arte alternativa e/ou de bom gosto em inúmeras frentes, como literatura, cinema, fotografia, design, música, etc. Eu sou o responsável pela parte de música, e o nosso amigo Alex cuida da editoria chamada "Da arte", que engloba praticamente tudo que não seja cinema ou sons. Dureza o trabalho do garoto, não? :-)

Espero que vocês gostem e visitem bastante, afinal o site foi feito principalmente para pessoas como vocês. Portanto, não deixem de dar uma força pra gente (desde que tenham gostado do trampo, claro). Como? Bom, se registrando, sugerindo matérias, passando a bola pra frente e colocando o CabineMag nos seus favoritos!

Estou muito feliz por fazer parte de um projeto tão bacana, e torcendo muito pra que dê tudo certo. Espero contar com a torcida de vocês também. Longa vida ao CabineMag!!

domingo, agosto 29, 2004

E assim terminamos mesmo com 4 medalhas de ouro, como eu tinha previsto. Tenho que citar o grande Galvão: "Eu sabia!!!"
Tá bom, melhor campanha da história, entre os 20 melhores países do mundo no esporte, possivelmente (vamos ver hoje a classificação final). Claro que tem muito que melhorar, mas só pra comparar: nossos hermanitos argentinos estavam há 52 anos sem nenhuma medalha de ouro, e a gente faturando em quase todas... Essas Olimpíadas foram mesmo boas pra América do Sul. E os EUA podem ser preparar: daqui a 4 anos, é a China em primeiro no quadro de medalhas.

quinta-feira, agosto 26, 2004

Como é bom trabalhar com o que se gosta. Posso baixar aqui a discografia completa do Chemical Brothers, ficar ouvindo e ainda dizer que estou trampando :-).

quarta-feira, agosto 25, 2004

Alguém aí viu a coluna de um tal de Milton Leite no Caderno de Esportes do Estadão, ontem? Claro que não, afinal o sujeito não é nada e a coluna é uma das coisas mais idiotas que eu já li sobre esporte em todos os tempos. Basicamente, o cara tá triste porque o Brasil "demora anos pra conquistar as medalhas que os EUA ganham em um dia", fala mal dos brasileiros veteranos que ainda competem e sugere que não se mande para Olimpíadas atletas que não tenham "chance real de vencer".

Esse sujeito não entende nada de esporte, nem do espírito Olímpico, de competição. O que ele tá fazendo como colunista em Atenas??? Dá essa passagem pra mim, ou pra tantos que adoram esporte, não pra um pateta que nem esse! Ele acha o quê? Que esporte é feito só de primeiros, segundos e terceiros lugares?? Ele acha que é pouca coisa estar, mesmo no final da carreira, entre os 20 melhores do mundo em algo (como quando ele desdenha o desempenho do Xuxa nessas Olimpíadas)? Provavelmente sim, afinal, ele com certeza não tem idéia do que é estar entre os melhores do mundo em porra nenhuma. Só para informação do infeliz, o Brasil está em 33º lugar, num total de mais de 200 países, com chance de ficar até em 15º ou 20º, no final dos jogos. Ele também deve achar isso pouco. Claro que há que se melhorar em muita coisa, mas a opinião do "colunista" está longe de ajudar nessse sentido.

Sinceramente, eu ando cada vez mais passado com a quantidade de burrice existente nesse mundo...

terça-feira, agosto 24, 2004

Tô chutando (aliás, nem é tão chute assim) que o Brasil vai fechar essa Olimpíada com 4 ouros, o que seria um recorde. Tomara que eu esteja errado e que tenha até mais que isso. Pelo menos chance real pra 8 nós temos...
Legal que eu nem preciso de Orkut pra receber testimonials :-). Foi muito bacana reencontrar uma grande amiga minha, e muito legal também o que ela escreveu sobre mim no site dela. Bom, já eu não precisaria nem responder, já disse muitas vezes e repito que ela é foda, me tirou do buraco quando eu precisei, e essas coisas eu costumo lembrar pra sempre.
Beijos, Paladina!!! E não some mais.

segunda-feira, agosto 23, 2004

É, não deu, ficou em quinto. É fácil ver por que o Brasil tem tanta dificuldade em Olimpíadas. O nosso pessoal chega lá por esforço próprio, lutando contra tudo e todos, ao contrário da ótima estrutura que existe em outros países. Daí, na hora de resolver tudo em um minuto e meio, como tinha que fazer a Daiane, é lógico que rola uma pressão. Uma não, duas: a dela mesma, de ter que consolidar ali, naquele minuto, todo esse sofrimento em busca de um lugar ao sol; e de ter que reprentar toda uma nação que, tensa, espera dela a redenção por tantas decepções em outros esportes (e na vida, mesmo). Não há quem aguente. Por isso que o Brasil só vai conseguir superar esse tipo de situação (que faz campeões mundiais e favoritos como Daiane tropeçarem tanto em Olimpíadas) quando oferecer suporte e investimento de verdade ao esporte e aos atletas, desde a sua formação, formando grandes equipes de verdade. Quando eles não forem estrelas solitárias, fazendo das tripas coração pra levar uma medalhazinha pra gente (lembram Guga, Rodrigo Pessoa e outros em Sydney?).

Aliás, mesmo com tudo isso, a perspectiva do Brasil ainda é boa nessas Olimpíadas. Tem chance de terminar com até 8 de ouro. Claro que é difícil, mas considerando que o máximo que já ganhamos foi 3 em uma Olimpíada, ainda podemos quebrar o nosso recorde, na última semana.
Ai, caralho, vai começar a Daiane...
Mais assassinatos brutais e até agora não existem "nem pistas nem testemunhas" (segundo o Estadão)!! Depois querem que não se critique o trabalho da polícia! Aposto que se fossem famílias ricas, já estaria Polícia Federal, exército e o caralho mobilizados pra fazer a proteção das pessoas. Não dá, cara, muito foda...

sábado, agosto 21, 2004

Olha, eu até acho o Serra um bom candidato (apesar de com certeza votar na Marta), mas às vezes esse sujeito baixa o nível de uma forma absurda! Já vi ao vivo, estarrecido, ele usar o preconceito contra homossexuais para ganhar voto (no Roda Viva, quando candidato à presidente), o que para quem estava atrás de ser o principal governante do país é simplesmente lamentável. Nem o Lula, com todas as besteiras que tem declarado, chegaria a esse ponto. Ontem ele baixou feio o nível mais uma vez.

Sabemos que gente do PT e do PSDB (dos dois partidos indistintamente, que fique bem claro!) andam trocando acusações sobre o caso dos assassinatos de indigentes em São Paulo. Porém, diga-se, a Marta não entrou nessa e não deu declaração nenhuma nesse sentido. No entanto, olha o que saiu na Folha de ontem sobre o Serra:
O candidato aproveitou a troca de acusações entre a prefeitura petista e o governo tucano decorrente do episódio para atacar Marta Suplicy, sua principal adversária nas eleições de outubro:
"É um jogo de empurra usual do PT, um partido que não agüenta críticas, mas é louco para criticar. Tudo que acontece é sempre culpa dos outros. Mas eu não vou fazer o que ELA está fazendo. Eu não vou botar a culpa na prefeitura, embora a Guarda Municipal atue no centro da cidade."


Reparem, em especial, o "ELA" destacado no texto e o fato de ele falar em jogo de empurra do PT (mesmo que seu partido esteja metido no meio). Cara, estamos falando de um crime bárbaro que aconteceu na cidade, e ele vem usar esse episódio para puxar sardinha pra sua candidatura à prefeitura???!! Quando o Serra vai ganhar um mínimo de compostura nas eleições e honrar um partido que, com Mário Covas e outros, sempre teve a tradição de manter as disputas eleitorais em altíssimo nível? Espero que, de agora em diante, ele mantenha a boca fechada, em vez de falar abobrinha sobre um assunto tão sério como esse.

sexta-feira, agosto 20, 2004

Eu estou totalmente emputecido e querendo ver sangue! Sério, tinha que dar paulada também nesses caras que fizeram essa barbárie aqui na cidade. E o que me deixa mais indignado é não ver ninguém ter nem pista de quem foram eles!! Não há indício nenhum, praticamente. Quanto tempo mais vão demorar pra pegar esses caras, antes que eles tornem um inferno ainda maior a vida desses pobres moradores de rua? Como esses coitados vão conseguir dormir em paz agora? Eu não vou acusar precipitadamente, mas vai dizer que não tem cara de ação de skinhead esse negócio??? É esperar pra ver... Merda.
Hoje é aniversário de uma pessoa especial. Então...
Parabéns a ela!! :-)
Putz, que balada-trampo legal! Fui ver o 3Hype no Sesc Pompéia com a Carô, e, cara, como eu adoro essa menina!! hahahaha Ela ficou amiga de todo mundo (Cobra Killer, Le Hammond, etc.) no primeiro dia. Então ficamos só na boa conversando com os gringos, e ela vendo os shows (diga-se de passagem, que shows!) do camarim. Entrevistei a Love Foxxx, nos divertimos, foi o máximo!

Mas, nem tudo é festa. Ao mesmo tempo, tô me sentindo estranho, dentro de um mundinho estranho, não sei se queria estar entrando nele. Fiquei me questionando sobre o que achar, afinal, desse "futuro" tão estranho pra música. É legal e divertido, eu acho, mas será que as pessoas vão gostar só disso no futuro? Não gostaria que isso acontecesse...

quarta-feira, agosto 18, 2004

E, se não bastasse eu já ter pedido pra torcerem pra mim há alguns dias, tem um outro projeto pintando, agora como redator. Se der certo, pode ter valido realmente a pena tudo o que aconteceu comigo em fevereiro deste ano. Na verdade, eu já sei que valeu a pena de qualquer jeito, mas se esse outro projeto der certo, vai dar uma guinada legal na minha vida. Portanto, rezem por mim aí, galera :-).

domingo, agosto 15, 2004

Acabando de voltar do Intersection. Resultado? Bom, o comentário básico seria: não deu certo. Faltou pé no chão da galera, pra começar um negócio desses. Mas, sendo de graça, foi muito divertido, diz aí, Sassá! :-)

quinta-feira, agosto 12, 2004

É, meus amigos... Meu colega, Alex, que está sempre vigilante para defender a democracia, deve estar com os cabelos em pé. E dessa vez (por incrível que pareça :-)) eu concordo com ele.
Não importa o quanto o Kotscho venha a público falar das boas intenções que ele enxerga no projeto de criação do Conselho de Jornalismo. Afinal, ele, como todo petista fervoroso, só sabe enxergar boas intenções em tudo o que o partido fala e faz. Porque esse tipo de petista encara a legenda como uma religião e discute as coisas sem um pé firme na realidade.

No caso do Conselho de Jornalismo, o Kotscho (secretário de imprensa do Presidente) diz que o projeto é lindo, que chorou ao saber da divulgação e que a ação teria sido pedida pelos próprios jornalistas. Ora, Kotscho, por quais jornalistas??? Eu não pedi nada... Foi uma iniciativa da Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas). Institui um Conselho para "orientar", "fiscalizar" e "punir" profissionais. Duvido que a maioria dos jornalistas esteja de acordo com isso. Primeiro: jornalismo lida com idéias e é um pilar da democracia, ajudando (ele sim) a fiscalizar as instâncias do poder. Falar em "punição" e "fiscalização" aqui é muito mais perigoso do que se faz com médicos, engenheiros, etc. O buraco é muito mais embaixo! Segundo: o projeto propõe que os Conselho serão indicados pelo Fenaj e sindicatos, que são repletos de petistas da tal lavra "religiosa", que eu citei. Meu Deus, coitados de quem quiser fazer uma matéria contra o PT, daí em diante!!

Isso tudo sem falar do DECRETO que Lula quer agora passar para evitar que funcionários públicos falem à imprensa sobre investigações. É a Lei da Mordaça, que FHC também queria passar, de volta à pauta. Aliás, à pauta nada, porque é um DECRETO, ou seja, ninguém vai discutir nada! É um absurdo decretar qualquer coisa num tema tão espinhoso como esse, o cúmulo do autoritarismo. E o conteúdo é simplesmente absurdo, algo que vai tornar quase inviável o trabalho jornalístico de investigação, transformando os jornais em uma coletânea de "informações oficiais", quer dizer, de conversa pra boi dormir. E sem falar também no projeto de cinema, esse já devidamente atacado pelo setor competente, que pode falar sobre isso bem melhor do que eu.

Detalhe: já existe um mecanismo de punição ao denuncismo jornalístico, o próprio poder judicial. Se ele "tarda e falha", como disse o Pompeu de Toledo, da Veja, que se aperfeiçoe isso, criando tribunais especiais, ou coisa do tipo.

Enfim, a impressão que eu tenho é que existem dois tipos de pessoas envolvidas nisso: os ingênuos, que só assinam o que se pede (incluindo o nosso querido Lula, segundo relato do próprio Kotscho) e os radicais de esquerda sonhadores, os que propõem essa merda toda. Espero que surja aí um outro tipo, o de pessoas sensatas, pra fazer essa história parar aí mesmo. Afinal, o Governo tem muita, mas muita coisa mesmo com o que se preocupar em vez de ficar intervindo nos únicos meios que a democracia dispõe para fiscalizar as próprias ações do poder público.

quarta-feira, agosto 11, 2004

Eu sei que ando negligenciando o blog, mas não tem jeito. Tenho trabalhado bastante, graças a Deus, em um projeto muito legal que deve ir ao ar em breve. Logo, logo vocês terão a URL e espero que todos curtam e visitem bastante. Por enquanto, Maurício vai continuar vindo aqui em versão light, de acordo com as possibilidades.
Pelo menos eu tô bem feliz com o projeto e trabalhando muito pra que dê certo. Torçam vocês também!!

domingo, agosto 08, 2004

sábado, agosto 07, 2004

Beautiful night*

Hoje foi a grande festa de 60 anos da minha mãe. Festona, festona. Principalmente porque eu posso dizer que poucos têm o privilégio de ter a mãe que eu tenho.
Não, agora sério, sem demagogia. Todos os que conhecem dona Marilene estão de prova, ela é demais. Uma pessoa talentosíssima, com uma capacidade excepcional de ouvir, um caráter fenomenal, um amor pelas pessoas que eu nunca vi. E uma pessoa tão querida como poucas que eu conheço.
Acordar e ver a mãe que eu tenho todo dia, na minha frente, e saber que eu carrego um pouco de tudo isso dá uma confiança absurda em mim mesmo. Mais do que agradecer por isso, eu desejo é que todos tenham uma mãe minimamente parecida com essa. E se ela cometeu algum erro com a gente, foi apenas por amor. E então tá perdoada. A gente também vai saber superar tudo usando apenas esse amor.
Beijos mãe!!!
Pena que o mundo tenha só uma de você por aí...

*Uma das músicas preferidas dela, composta pelo Paul McCartney (e sim, a música é maravilhosa).

quinta-feira, agosto 05, 2004

Não vamos generalizar, conheço assessoras de imprensa geniais e simpaticíssimas.Mas por que tantas delas têm que ser tão escrotas???!!! Será que é frustração por cursar jornalismo e atuar em publicidade???
Pô, sacanagem o que fizeram com a minha amiga, hoje eu tô odiando todas elas. Não entendo essas pessoas que não são nada na vida e agem com os outros como se fossem grandes vencedoras. Patético...
Uma má notícia (pelo menos eu acho...): tive que tirar meu piercing do olho. Que saco! Justo o que eu mais gostava!
É que eu tô fazendo uma série de contatos e entrevistas, e achei melhor tirar ele logo, até porque rolava uma chance de ele estar sendo expelido. Tudo bem, assim que eu estiver mais estabilizado em termos profissionais, coloco de novo.
Pelo menos é um alívio pra muita gente, especialmente a Cris, que até hoje tinha aflição de olhar pra minha cara.
Já repararam que, de uns tempos pra cá, meu blog se tornou muito mais superficial, cheio de posts desinteressantes, sem se aprofundar em nada?
Bom, eu reparei. Por um lado, isso tem a ver um pouco com a minha personalidade, de não se aprofundar demais nas coisas. Por outro, tem a ver com uma nova realidade: eu me sinto, de uns tempos pra cá, muito menos ocioso. E, como se sabe, o ócio é o combustível básico pros pensamentos imbecis, desses que a gente põe em blog (como esse aqui, por exemplo). Tô muito mais desencanado de muitas coisas, ao mesmo tempo em que tô mais dedicado ao trabalhoe a coisas que valem a pena. Revi certos valores. Tô pensando muito mais em mim. Acho que tudo isso é positivo. No entanto, não tenho mais tantas besteiras com as quais brindar vocês :-). E outra: não ando também mais muito a fim de aprofundar certas coisas aqui, já sei que isso acaba não dando certo. Então acho na verdade muito bacana: menos vida blogueira, mais vida real. É assim que tem que ser.

segunda-feira, agosto 02, 2004

Aliás, descobri também a maravilha do Bit Torrent. Daqui a uns dias, quando tiver terminado meus frilas atuais, vou começar a me dedicar apenas ao novo site, com a seguinte rotina de trabalho: acordar, ler as notícias, selecionar as pautas, mandar pedidos de entrevistas, cobrar colaboradores, escrever e ouvir os discos que baixei na noite anterior. Antes de dormir, botar a porra do Bit pra funcionar de novo e baixar mais discos enquanto eu durmo. Delícia de trampo :-).
E assim vamos nós!!
Fazia bastante tempo que eu não parava pra baixar música. Daí tentei umas coisas no Kazaa. Resultado: só arquivo bichado colocado pelas gravadoras. Fui, então, pro SoulSeek. Impressionante, lá se acha tudo! Até Vida de Viajante, do Luiz Gonzaga!hahahaha
É que tô pegando músicas pra festa de aniversário da minha mãe, sexta feira. Vai ser animal!!

sexta-feira, julho 30, 2004

Billie Jean, do doidão do Michael Jackson, acaba de ser eleita pelos telespectadores da VH1 a melhor música pop de todos os tempos. Eu acho boa, mas não concordo. Essas votações de telespectadores sempre dão merda... Pelo menos Bohemian Rapsody, a minha preferida, ficou em segundo. E John Lennon em terceiro, o que tá muito legal.
Confiram a lista clicando aqui.
Nossa, tava vendo o discurso que abriu oficialmente a campanha do John Kerry pra presidente e foi destruidor! Nunca ouvi um discurso de político tão bom, quase sem promessas, muitas idéias legais, desafiando altos interesses.
Também tem o fato de que fazer discurso contra Bush é a coisa mais fácil do mundo... Mas esse cara vai ganhar, é preciso uma burrice colossal (ou uma fraude colossal) pra esse cara não ser o próximo presidente da "América" (aff, que lixo...)

quinta-feira, julho 29, 2004

Aiai, eu preciso parar de entrar em polêmica, de falar muito, de argumentar. Argumentar é tão chato!!
Decidido, de hoje em diante, vou ser um cara quieto de novo!!

terça-feira, julho 27, 2004

Tadinha da Lara!! De novo! Ela comeu duas caixas de remédio, ficou cheia de ferida na pele e agora vai ter que ser um cachorro-abajour por 15 dias. Tadinha!!


Fomos ver Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças. Que filme maravilhoso. Pô, por que que a gente tem que viver esse paradoxo, POR QUE A GENTE É ASSIM??? Hein, Dani, você deve saber, por quê????? :-)

segunda-feira, julho 26, 2004

Nossa, tô vendo a Mônica "Tádefogo" entrevistando o Genoíno no SBT, que coisa horrível!! Essa mulher é péssima jornalista, ela tá aqui histérica, na minha frente, gritando com o coitado. Cara, ela quer botar o Genoíno na parede gritando, rindo deboxada, como se fosse eu discutindo algo com o Alex num bar da Vila Madalena! Ele é um deputado federal reconhecidamente íntegro há décadas, presidente do maior partido do País, pô, um mínimo de respeito, por favor!!
Se quiser encurralar um entrevistado, que seja com elegância, inteligência, boas perguntas. Não gritando no meu ouvido e não deixando ele falar. Talvez ela tenha faltado nessa aula da faculdade... Vai se foder!
O Marcelo Rubens Paiva, que tá sendo entrevistado também, tá dando um show pra cima dela, com perguntas e atitude muito mais inteligentes.

domingo, julho 25, 2004

Putz, que domingo animal!
Ganhar da Argentina com time reserva, com gol aos 48 do segundo tempo, depois dos caras quererem tirar a gente pro olé! Nossa, não tem preço. Ainda mais vendo o jogo na Vila Madalena, com um monte de gente torcendo e gritando. Foi muuuuito legal, apesar da conta, que foi recorde, acho. Então, tenho que registrar as principais fotos do evento (claro que não rolou foto de comemoreção de gol, etc., porque nessa hora eu tava tratando de pular, bater na mesa, gritar "chupa, boludos" e destruir o abajour do bar...).

"Nóis indo pro pico" :-). Fotos mais fortes foram censuradas.



Os Hungry Brain (uma das minhas primeiras bandas) se reencontram, com a ausência do Zuza. Eu tô mostrando a dolorosa, mais de R$ 300 paus! E consigo rir, ainda!!!



Stephanie queria escapar. Mas os olhos dela acabaram aparecendo na foto :-). Beijos, guria!



Os gêmeio do H, Ed e Bruno.



Pernas cruzadas. Era muita gente espremida na nossa galera...



Cição voltou a fumar!!! Que visão terrível!






A Lili, do lado da cantora da noite. Bom, não vou comentar nada aqui, quem esteve lá já sabe...


sábado, julho 24, 2004

Pô, acabei de ver aquele clipe da Bjork em que ela aparece nua, muito legal mesmo... Pagan Poetry, nunca tinha visto. Não sei se é verdade, mas ela aparece fazendo vários piercings pro clipe, nas costas, nos dois mamilos, muito louco!
Só podia ter depilado debaixo do braço, né!! :-)
Firefox, isso sim é que é browser. Por isso que eu acabo viciado em Internet. Larguem esse Explorer imediatamente e comecem a usar um browser que preste!! Ainda mais com a extensões pra Tabs que podem ser achadas aqui. É simplesmente um luxo...

quinta-feira, julho 22, 2004

Sim, meus amigos, parece que há boas notícias no front. Acho que o Maurício acaba de se tornar editor de música de um site de cultura!
É, e parece que é há uma boa notícia também da parte do Alex. Mas vamos deixar que ele conte, quando e como quiser!!
Eu sempre quis trabalhar escrevendo sobre música, portanto estou super-hiper-mega feliz. Só espero que tudo dê certo, é uma aposta arrojada, mas acho que vai rolar legal.
Nossa, essa experiência me fez lembrar das primeiras entrevistas de emprego que eu fiz na minha vida. Que mico!!! A primeira foi ainda na faculdade, uma oportunidade besta, de ser cameraman (!!!) do setor de produção de vídeo do meu ex-colégio. Fui entrevistado, TODO nervoso, e iam me contratar, até que eu desisti, porque não achava que era minha área (o que não era mesmo) e porque queria me dedicar a coisas como faculdade, estudo de música e conquistar a mulher da minha vida. Até hoje penso que essa foi a minha melhor escolha de todos os tempos :-))).
A segunda entrevista foi pra fazer recreação com crianças, com “aulas” de música. Putz, que vexame!! A mulher me contratou, daí, no dia seguinte, eu apareci pra trabalhar. Então ela disse: “Pô, infelizmente não apareceu nenhuma criança, hoje”. Hahahahahaha
Então, ela pediu que eu cantasse algo. Eu fiquei vermelho, não canto porra nenhuma e nem tinha idéia de como ia distrair as crianças. Como diz o Alex, eu sou um imenso pau de peroba. Toquei, então, “Aquarela”, do Toquinho. Quando terminou, ela só soltou o singelo comentário: “É, você disse que não cantava, né?” Hahahahahaha Caraca, foi a maior destruição que eu já tomei na minha vida! Não preciso nem dizer que fui embora e que, no dia seguinte, fui acordado no telefone pela mulher dizendo que não precisava aparecer naquele dia. Mandou dizer que depois ligaria. Nunca mais ligou.

Muita coisa mudou desde esses tristes dias. Hoje eu sou outra pessoa completamente diferente, o que fica patente em entrevistas de emprego como a que eu fiz hoje. Hoje eu sei o quero, o que sei fazer, o que posso e o que mereço. Não tenho medo de praticamente nada, profissionalmente. Por isso, que venga el toro. E FODA-SE quem me ferrou. FODA-SE!!!
Que doido... Agora o Hawking tá falando que "informações" podem escapar de um buraco negro. Há 30 anos ele determinou exatamente o contrário e ficou famosíssimo. O pior é que ninguém entende nada do que ele tá falando, abaixa a cabeça e diz "Amém!"
Sei lá, daqui a pouco ele tinha que mudar o nome pra Pastor Stephen Hawking... E a Cosmologia, desse jeito, tá mais pra religião que ciência.
Pô, to orgulhoso de mim mesmo. Desde que eu voltei de viagem, não deixei a peteca cair. Tô fazendo um monte de coisa boa pra mim, fiz curso de Produção Gráfica, tô estudando francês, procurando frilas, escrevendo, tentando trampo fixo, voltei pra academia... Tudo isso sem deixar de sair e curtir um pouco também, até onde a grana permite.
Legal. Só espero que esse esforço todo seja recompensado em breve. Acho que será, é só questão de paciência. Tem agora oportunidades de escrever sobre música e esportes, assuntos que eu gosto pra caraca...
Mas seria legal também se a justiça chegasse a certas pessoas que tão merecendo penar um pouquinho. Porque eu não sou bonzinho, não... Nego fez algo pra mim, torço mais é pra que isso volte em dobro! E tenho dito.

quarta-feira, julho 21, 2004

O que eu quero, eu vou conseguir!

terça-feira, julho 20, 2004

Todo mundo fala no monopólio da Microsoft, mas o Google, comendo pelas beiradas, hoje é dono de praticamente tudo que é legal e grátis na Internet. Até aí, tudo bem, eles são legais pra caramba, disponibilizam tudo free... mas imagina se um dia eles resolvem cobrar por tudo isso??? hahahaha Pagar a cada busca que você quiser fazer no Google, a cada post no Blogger, a cada testimony no Orkut!
Calma, calma, isso não vai acontecer não, claro que não. É que o Google tá se dando bem justamente por ter descoberto o principal sentido da Internet, que está longe de ser o e-commerce e que tais, e sim o de criar imensas comunidades mundiais, através de serviços tão úteis quanto simples. Só que agora ninguém segura. A cada dia você fica sabendo de uma nova aquisição dos caras. Tá ficando até chato. Seria legal surgir alguma empresa com o mesmo perfil, com capacidade de se manter sem se vender pro Google. Isso criaria uma disputa nesse mercado e aumentaria ainda mais o número de novidades nessa rede já tão movimentada.

segunda-feira, julho 19, 2004

Que sábado tranquilo. Passar a noite toda com uma grande amiga, dando uma força pra ela e ainda assistindo Kubrick e tomando chocolate quente nesse frio! Sensacional. Só não tava no script pegar meu carro de manhã no meio de uma feira livre! Pensei que ele ia ter que ficar o dia inteiro na feira, levando um monte de tomatada...

E um aparte: andaram dizendo pra eu não tomar partido num episódio escroto que rolou por aí. Como assim??? Pra mim, essa questão é muito bem resolvida: ninguém é santo nem diabo, mas fico do lado daquele que nunca zoou ninguém, a não ser quem merece, e não do que finge ser amigo e passa a perna por trás. É claro e simples, não há por que ter dúvida. :-)

domingo, julho 18, 2004

E a Larinha, tadinha, tá numa época conturbada da sua vida. Depois de conhecer o seu amigo Bóris/Simba, ela operou, esta semana, pra castrar. Passou a semana inteira mal, se recuperando com um curativo e uma camiseta, pra evitar que ela tirasse o curativo. Pelo menos foi muito engraçado vê-la andando pela casa daquele jeito...
Depois, a doida resolveu comer duas caixas inteiras de remédio!! Também, vão inventar remédio pra cachorro com gosto de carne, dá nisso... Ela fez uma lavagem estomacal e já está melhor, depois de ter dormido o dia inteiro.
Aí está a Lara, demonstrando a nova moda canina pra esse inverno, após operação de castração.


sexta-feira, julho 16, 2004

Olha, só clica nesse link quem tiver banda larga, é um PDF de 1 MB.
Essa matéria aqui (clique no link e depois em "muito_alem_do_jaba.pdf", culpa desse Geocities, outra bosta que eu peguei pra hospedar páginas...) eu acho que foi a melhor que eu já fiz, porque ela é sobre o meu tema preferido: jabá em rádios e problemas para a distribuição musical devido ao monopólio das grandes gravadoras. Leiam aí e livrem-se vocês também da lavagem cerebral (quer dizer, acho que quem lê esse blog não tá precisando...)!
Abrações pra minha grande amiga e a mais nova fotógrafa da galera, Carô Magalhães, que fez as fotos da bagaça. Valeu, Carô!!
Engraçado. Tá todo mundo, num primeiro momento de deslumbramento, abrindo mão da sua privacidade na Internet. Até eu, de certo modo, mas sem exageros.
Acho que daqui a pouco vamos sentir falta de quando a vida da gente não era tão disponível publicamente. Vamos começar a nos sentir atraídos por pessoas mais reservadas, que não sentem necessidade de se expor tanto por aí. Sei lá, é só uma impressão.
Talvez escreva melhor sobre isso em breve...

quinta-feira, julho 15, 2004

Essa aí é uma das minhas duas bandas, a Blue Iguana Hits (mais um brilhante nome de banda do Cição). E esse foi o fatídico dia do show do Café Piu-Piu. Dá pra ver que eu não tava muito contente tocando bateria :-).


quarta-feira, julho 14, 2004

Putz, faz tempo que eu não falo de política... Mas tava lendo o Estadão dos últimos dias e me inspirei.

Caramba, como política e economia são temas importantes e difíceis, como é foda pra um cidadão comum saber ler corretamente as notícias e votar do jeito certo! Acho até que deveria haver uma disciplina específica sobre esse assunto nas escolas.

Tô falando isso porque, em dois dias seguintes, o Estadão mostrou matérias sobre a dívida da Prefeitura de São Paulo. A manchete e textos de capa falavam, em tom de apocalipse, que essa dívida tinha explodido durante a gestão da Marta e que tinha chegado a níveis alarmantes. Fiquei curioso (estamos em ano de eleições e quero votar direito) e resolvi ler as matérias.

Lá dentro, jogadas aqui e ali, embaralhadas no meio de um monte de dados pouco relevantes e colocadas de forma que tornava quase impossível tirar conclusões, estavam informações básicas que TINHAM que constar do texto de capa:
1 – A maior parte da dívida foi contraída pelo Excelentíssimo Sr. Paulo Maluf
2 – Marta e Pitta praticamente não pegaram dinheiro emprestado
3 – O crescimento da dívida se deve principalmente às altas taxas de juros praticadas pelo governo federal, desde metade da última década
4 – A dívida só cresceu na administração Marta devido a um contrato mal feito assinado pelo governo FHC e o então prefeito Pitta
5 – Os números, apesar do aumento e da dificuldade em cumprir prazos da Lei de Responsabilidade Fiscal, não são tão preocupantes e não há risco de o Município ficar inadimplente, como atesta um especialista, na própria matéria.

Essas informações, ou grande parte delas, TINHAM que estar na capa de alguma forma. Caso contrário, fica a idéia de que a Marta administrou mal e que agora o Município tem uma dívida impagável. É por essas e outras que eu digo que a editorialização da parte de política do Estado passa completamente dos limites do bom jornalismo. E que, pro povo miúdo (e até pra muitos não miúdos), votar bem é uma tarefa totalmente impossível.

terça-feira, julho 13, 2004

Maurício, o homem que sente saudades. Acho que essa é a melhor definição pra mim. Um tema recorrente no meu blog, e que eu acho que vai sempre estar por aqui. Deve até ser o tema do blog, ou da minha vida. De todos os meus problemas, o que eu menos consegui resolver é esse: eu sofro muito com a imensa saudade que eu sinto de todas as pessoas de quem eu gosto, mas que eu não vejo mais.
Que grande viagem! Sabia que ia ser bom pro Alex, mas não sabia que ele ia curtir tanto. Ele, o mais paulistano de todas as pessoas que eu conheço, um cara que não queria pisar no Rio de jeito nenhum, passou a amar a cidade. Nada diferente do que acontece com todos que vão lá.
Estamos de parabéns, eu ele e o Evandro. Mesmo com chuva, em dois dias, conseguimos curtir muito, fazer inúmeros programas e sair de lá com um grande sorriso no rosto. Fomos às praias, à lagoa, ao Cristo Redentor, passeamos no centro, vimos roda de samba, visitamos o palácio do Catete, falamos com gente, saímos à noite... Consegui provar pro Alex por A+B o que é óbvio pra quem conhece o Rio: é uma cidade doente, sim (mais ou menos como a nossa), mas maravilhosa demais e com um povo extraordinário.
A expectativa é voltar pra lá muito em breve e ver muitas outras coisas que não tivemos tempo de ver. Por enquanto, fotos dessa viagem que foi uma verdadeira lavagem na alma.

Evandro registra: Alex volta à praia depois de 10 anos



O mais paulistano dos paulistanos não pode deixar de ler a Folha...



Mas agora, ele ama o Rio também! :-)



Rio, eu gosto de você. Já volto!


sexta-feira, julho 09, 2004

Mas antes da viagem, um Homem Aranha, só pra descontrair!!
Ah, e deixo vocês com uma matéria minha que eu acho que vocês podem achar interessante, sobre imigrantes ilegais em Londres. É a galera com quem eu morei lá! Tem até garoto de programa na parada!!! Leiam clicando aqui e indo na matéria "Vivendo à margem"!!
Rio, aqui vou eu! Depois de quase um ano de ausência, eu vou ver a cidade que eu mais amo no mundo!! Dessa vez eu vou com uma câmera pra registrar tudo. E com o Alex. Vou mostrar a cidade pra ele, acho que vai ser bem legal. Já até montamos um roteiro pra dar tempo de fazer bastante coisa em apenas dois dias.
Só espero que não esteja nublado pra gente poder ver a cidade do Cristo, de novo. Um lance que eu não enjôo nunca.
Ninguém reclamou, mas tava enchendo o saco esse sistema de comentários lento... O serviço também nem aceita mais membros, então deve estar pra acabar mesmo. Mudei pra outro bem mais legal, que indicava pra todo mundo, mas eu mesmo não usava. Então podem comentar à vontade que agora tá rapidinho de novo. :-)

quinta-feira, julho 08, 2004

Tô fazendo um curso muito legal, de produção gráfica. Sempre quis entender mais dos jargões do pessoal da arte das revistas, "calço branco", "CMYK", "fotolito", "registro", "PS", pra que servia tudo isso, exatamente???
É super legal agora saber do que eles estavam falando e poder discutir melhor as coisas. Outra coisa boa é desenvolver mais a minha sensibilidade visual, que eu acho tão fraca. Aprender mais sobre cores. Aliás, com esse curso, eu lembro muito do Grandjean e de uma música que a gente fez. Pro Grandjean, as cores talvez sejam a coisa mais importante que existe, afinal é o ganha pão dele. E ele sempre comentava comigo sobre as teorias, etc. E eu sem nunca entender nada.
Daí ele até fez uma letra muito bonitinha, chamada, obviamente "As Cores". A música também ficou bacana. E sempre lembro da Carol, porque ela gostava muito dessa música, queria sempre cantar.
Aqui tá a letra, meio errada talvez, porque é apenas como eu me lembro dela. Eu fico cantando todo dia, saindo do curso :-)

As Cores
Gustavo Grandjean

A florzinha pira em amarelo
E a moçada grita “hey, camaleão!”
A purpurina púrpura da urina
Me ofusca o vermelhão do sangue

Verdinhas vendem o preto pro branco
Chefe da gang de cores, de tons e de brilhos
Feito rochas ou ladrilhos no mangue

As cores não são o que são
São gritos em tons de notas do amanhã
As cores não são o que pintam
Prazeres ou dores que sintam
A minha irmã, aquarela
As cores

A penelopink da vida
Esverdeou o auge da minha ferida
No peito vermelho que vejo
Defeito na gama de cores do céu
Vermelho
Amarelo
Transparente
Prateado
Reluzente
As cores

A gente
Amores
Rosados
O verde
Amado
As cores
As cores
As cores
Corei

quarta-feira, julho 07, 2004

Engraçado, tem amigo meu que tava mais perto de mim quando eu tava em Londres do que agora, morando na mesma cidade...
Deu a louca no futebol mundial

Campeão paulista - São Caetano
Vice-Campeão paulista - Jundiaí
Campeão da Libertadores - Once Caldas
Campeão da Copa do Brasil - Santo André
Campeão da Eurocopa - Grécia
Vice-Campeão da Eurocopa - Portugal
Alemanha, Itália e Espanha nem passaram da primeira fase...
Campeão europeu de clubes - Porto
Vice-Campeão europeu de clubes - Monaco
Campeão Espanhol - Valencia (Real Madrid, com Ronaldo, Beckham, Roberto Carlos, Figo, Zidane, etc. ficou em terceiro)
Campeonato brasileiro - Entre os líderes estão Figueirense e Ponte Preta. Estariam rebaixados Corinthians, Botafogo e Flamengo.

Tudo isso tem explicação:

1 – No futebol de hoje, todo mundo sabe jogar. Há milhões de bons jogadores, em todos os países, de várias idades. A diferença é muito pequena entre o jogador consagrado que ganha milhões e o que nem atua pela seleção do seu país
2 – A preparação física hoje anda muito avançada. Com isso, as retrancas, mais do que nunca, conseguem ganhar jogo
3 – No Brasil, os times grandes estão sem dinheiro, mas são pressionados pela torcida a comprar grandes estrelas. Resultado: compram medalhões em fim de carreira e vendem rápido os craques jovens pra Europa, pra fazer caixa. Enquanto isso, times pequenos, sem pressão, mantêm elencos e técnicos por anos a fio.

Junte esses três fatores e tá tudo explicado. E digo mais! Continuando nessa toada, vai chegar o dia em que não teremos mais pequenos ou grandes, num campeonato. Todos poderão vencer. Afinal, futebol não é Fórmula 1, uma competição em que quem tem mais dinheiro compra os melhores equipamentos e ganha fácil. Futebol é competição entre humanos. E esses humanos estão cada vez mais iguais.
Final Feliz!

A gente já tava sem saber o que fazer. Meu pai louco da vida queria que a gente soltasse o Bóris na rua imediatamente. Ele já tinha destruído todos os canteiros de plantas da frente da casa e exalava um cheiro insuportável.
Eu disse pra Cris que seria legal dar um banho nele, porque aí seria mais fácil conseguir um dono pra ele. Ela fez isso hoje de manhã e eu fiquei surpreso de acordar e ver ele feliz da vida, pelo fato de estar cheirando melhor, e usando até uma gravatinha. Mas não era só pelo banho: ele tinha visto alguém conhecido.
Realmente foi muita coincidência: o cara que veio ver o Bóris e talvez ficar com ele o reconheceu como sendo o cachorro do chefe. O cachorro ficava na própria empresa, a quilômetros de distância da nossa casa! O homem disse que não tinha dúvidas e que o dog se chamava Simba. Realmente, o "Bóris" atendia ao grito de "Simba" muito bem.
Assim, fez-se uma grande festa quando o cara chegou às 16h pra levar o bichinho embora. Ele estava radiante. Ninguém esperava por isso, mas agora ele estará de volta pra casa. Bom garoto...

O cara chega na nossa casa pra buscar o Bóris/Simba. Olha só a gravatinha dele... (do cachorro, não do cara :-)






Até a Lara participa da festa, olha ela no canto. Ficou triste com a despedida do amigo :-)



Bóris, agora Simba novamente, vai embora, feliz da vida... Com certeza, vamos visitá-lo em breve.


terça-feira, julho 06, 2004

Todo mundo sabe que eu não sou de ficar aqui no blog pagando pau. Mas dessa vez não deu: "isso" que vocês estão vendo abaixo tem apenas 17 anos, é a melhor tenista do mundo, é russa, e acaba de ter sua conta corrente engordada em 2 milhão de dólares. Como a vida pode ser fácil...


segunda-feira, julho 05, 2004

Quem quiser o "cachorrinho" abaixo, escreva-me!! Teremos que soltar ele na rua em um ou dois dias, se não acharmos dono, porque meu pai não o quer.
Contatem possíveis donos, por favor, estamos preocupados com o bicho...
Chegando em casa, depois do show do Cição, encontro um labrador grande deitado na rua, bebendo água do esgoto. Pensei, "putz, esse cachorro deve ter fugido".
Claro, que, chamando a Cris, logo nos pusemos atrás do bicho, que tinha sumido. Bastou assoviar um pouco pra ele vir descendo a rua, todo solícito. O Boris, como o chamei (vejam se ele não tem cara de Bóris) estava com muita sede e fome. Demos tudo o que ele precisava e o pusemos pra dormir na garagem. Claro, tudo isso com indefectíveis reclamações por parte do meu pai. :-) O impressionante é que ele é totalmente ensinado! Sabe sentar, deitar e dar a pata sob comando. É muito educado e gente fina.
Amanhã começaremos a procurar dono pro pobre bicho. Com vocês: o Bóris!







domingo, julho 04, 2004

Shrek 2: com certeza o melhor desenho animado que eu já assisti. Simplesmente genial.
Parabéns pra Nancy, que já chegou quase à marca de 8.500 downloads, no site dela. Fico contente de saber que tem tanta gente assim ouvindo as nossas músicas.

sábado, julho 03, 2004

Pô, tenho ido muito ao cinema e postado pouco ou nada sobre os filmes (aliás, sobre qualquer coisa...). Resumindo, aí vão as minhas últimas sessões:

- Moça com brinco de pérola
Excelente pra quem, como eu, ainda tá tentando aprender a curtir pintura. Mas muito paradão, estilo filme inglês, mesmo...

- Diários de Motocicleta
Pra mim, o melhor filme de Walter Salles (de quem eu gosto mais ou menos). Também, filmando a viagem do Che pela América do Sul fica fácil fazer um bom filme. Mas vi defeitos, como sempre vejo em filmes dele. E o ator que as mulheres estão amando toma um banho do coadjuvante. :-)

- Tróia
Brad Pitt, sim, é um bom ator. O filme também é bem legal, puta produção, e cumpre um papel legal de atrair pessoas para as maravilhosas história e mitologia gregas. Mas, como meus amigos especialistas apontaram, deixar os Deuses de escanteio pra deixar o enredo mais palatável para o público de hoje, mais ao estilo Senhor dos Anéis, foi um verdadeiro pecado.

- Cazuza
Nesse, eu vou na contramão: não gostei. É uma típica produção Globo Filmes. Eles parecem sempre pensar assim, na hora de escolher o que filmar: como fazer um filme o mais barato possível que possa atrair o maior público possível. Deve ser por isso que esse só dura 1h40, deixando de mostrar partes importantíssimas da vida do cara. E os globais, que aparecem à granel no trailer, só fazem pontas ridículas, na verdade! Só pra atrair público! Que papelão, como se sujeitam a isso... O ponto positivo são certos atores, especialmente o próprio cara que faz o Cazuza, que dá um show.

- O dia depois de amanhã
Blockbuster ingênuo e ralo, mas com um diferencial bacana: aqui, os americanos não são heróis, e sim os vilões da história. Muitas críticas à atual ordem mundial.

- Pelé Eterno
Só pra quem gosta de futebol. As obras do Rei são maravilhosas, já o filme é tosco que só ele. Serve como uma compilação de gols, um documento definitivo mostrando que não tem pra ninguém: ou você é burro ou reconhece que Pelé foi o melhor de todos.
Homenagem deste blog à nova campeã de Wimbledon. Já era, Kournikova, essa aí além de tudo joga muito...


quinta-feira, julho 01, 2004

E pra ninguém ficar falando que eu sou contra novidades tecnológicas, eu já tô com o meu Gmail. Pô, muito legal, 1 GB de espaço. Junto com o Yahoo, ficam 1100 MB, contra só 2 MB da Micro$oft e o seu ridículo Hotmail...
Quando eu tiver convite pro Gmail eu mando pra vocês, ok??? :-)

quarta-feira, junho 30, 2004

Acho que essa é a última foto da viagem que eu vou postar aqui (já postei fotos demais... :-)

É só pra mostrar o nível da paranóia anti-terrorista na Europa. Como eu já contei, MacDonalds em estação de trem não tem lixo, tem um cara pra pegar tudo e jogar em local apropriado. Um dia fui no Burger King (o Mac melhorado de lá) e encontrei o seguinte aviso na parede:




Um aviso pregando que as pessoas devem estar atentas para detectar bombas... Imagina que gostoso almoçar num ambiente desse...

terça-feira, junho 29, 2004

Esse post vai como um desabafo e como votos de boa sorte pra uma grande amiga. Nem sei se ela vai ler isso, mas...

É difícil entender às vezes porque as pessoas (eu incluso) continuam acreditando em Deus...
No último lugar em que eu trabalhei, conheci muitas pessoas maravilhosas e alguns... bom, melhor nem dar nome pra isso.
Uma das minhas melhores amigas lá acabou sendo uma pessoa que tinha entrado há pouco tempo na empresa. Engraçado, em questão de meses nos tornamos bons amigos, em grande parte, eu acho, por causa da nossa imensa afinidade de pensamento e, principalmente, de temperamento. Nós dois não temos papas na língua, mas somos equilibrados e gostamos de ponderar as coisas. Temos bom humor, sem ser bobos. Gostamos de conversar sobre coisas sérias, mas odiamos pessoas pedantes.
Mas o que eu quero dizer não é sobre isso, e sim sobre a injustiça divina com que vira e mexe nos deparamos nessa vida. É incrível como coisas ruins têm que acontecer com pessoas assim, com caráter, éticas, boas profissionais, etc., e não com as antas que conhecemos por aí. Essas continuam lá, intocáveis, no mesmo lugar de sempre, mas continuamente à procura de mais alguém pra sacanear, e assim subir mais um degrau na pirâmide social (e descendo até o porão quando o assunto é caráter).
Essa minha amiga teve uma notícia muito chata, esse fim de semana. Mas eu não estou preocupado, por dois motivos: primeiro, porque ela é muito forte, e vai superar tudo isso com uma mão nas costas; segundo, que eu posso estar com a fé em Deus meio abalada, mas em pensamento positivo eu continuo acreditando. Sendo assim, com tanta gente boa que gosta dela, não vai ser essa merda que vai ameaçar essa grande lutadora.
E afinal, não é nada tão grave assim, certo amiga???? :-)
Um beijo muito grande, te adoro! Estamos sempre aí, ok?

domingo, junho 27, 2004

Ainda bem que não foi ninguém no show!!
Foi muito ruim, graças à EXCELENTE equipe de desorganização.

- Primeiro, cobravam R$ 6 pra entrar, até de quem ia tocar!!
- Vieram com a ótima informação de que, em vez de duas, iríamos tocar só uma música, ou seja, nosso "show" estava sumariamente cortado na metade!
- Começaram a passar todas as bandas na nossa frente, enquanto as pessoas iam embora. Nessa hora eu já estava puto, xingando os caras.
- Numa dessas, cheguei a subir no palco e os caras falaram "não, é só a próxima.."
- Quando finalmente fui tocar, o dono da bateria inventou de tirar os pratos. Sendo que todos estavam tocando com eles. Falei: "Me empresta os pratos pra eu tocar só uma música, que é o que vocês da organização permitem a gente tocar??"
- O FDP respondeu, mas você vai tocar com isso??? (garrafa de cerveja na minha mão). Vai tocar com isso ou com baquetas??". Nessa hora devia ter jogado a garrafa na cabeça dele...

Minha vontade era não tocar, mas foda-se. Com esse clima, claro que o som não ficou ideal. Caralho, já não tô em idade pra roubadas como essa.
Hoje tem show. Mais um daqueles shows que não dá pra chamar as pessoas porque não é um puta esquema legal... Só duas músicas, meio caro, mas ok. Pior, o baixista faltou no último ensaio (só ensaiou uma vez nos últimos três meses). Mas vamos com fé, que tudo dá certo :-)

quinta-feira, junho 24, 2004

Vai tomar no Orkut!!!!!!

Alguém, por favor, poderia botar uma bomba na sala com os servidores do Orkut??
Não, tudo bem, esquece... Isso não será necessário porque muito em breve vão descobrir que essa porra não serve pra nada a não ser alimentar a voracidade das pessoas malas, carentes, pretensiosas e ávidas por qualquer novidade que venha da Internet.
Por que eu odeio tanto o Orkut?? É simples: porque eu não aguento mais ouvir o papo "você tem um Orkut?? Como assim, você não tem um Orkut??". Todo dia a mesma ladainha, vindas de pessoas maravilhadas com essa "incrível novidade"!! Não tenho mesmo! Um dia talvez terei, mas agora não tô interessado! Estou satisfeito com as minhas formas atuais de comunicação e cheio de coisa pra fazer, além de ficar espiando as comunidades brasil x EUA, leia a quarta frase da página tal do livro tal, etc. É muito lixo pra pouca coisa interessante, que eu posso achar por aí de outra forma.
Que eu saiba, além de mim só existem duas pessoas ligadas em Internet que não têm Orkut: Grandjean e Barbão. Tô muito bem acompanhado.
Então, quer saber? Vai todo mundo tomar no Orkut!
Mais uma seção de fotos faltantes, agora de Paris.


O túmulo de Jim Morrison, no cemitério de Per Lachaise. Até que não tinha muita gente lá...


Esse é o túmulo do Oscar Wilde. Comédia, cheio de beijos de batom e um aviso inútil pedindo pro pessoal não detonar o túmulo.


Estávamos felizes e contentes fazendo uma baladinha à margem do Sena quando um doidão pula na água. Pior: o cara mal sabia nadar e tava um puta frio! Ficamos torcendo pra ele chegar bem do outro lado, mas no meio tempo deu pra registrar o momento numa foto horrível, que o Photoshop salvou (pelo menos agora dá pra ver um negócio na água...)

terça-feira, junho 22, 2004

Mais duas boas-vindas à comunidade blogueira quantaplantístia: Rodrigo QP ou PCKB e Andressa Nozue.
Agora é um tal de todo mundo falar bem do Brizola. Na verdade, era um radical, retrógado e populista, mas que realmente era muito fiel aos seus ideais. Tão fiel que não mudou nada das suas convicções desde a época da ditadura de Getúlio, nos anos 30, até hoje! Assim não dá...
Por mais qualidades que pudesse ter, Brizola, hoje, mais atrapalhava do que ajudava o Brasil. E a prova disso foi a reação descabida dos seus seguidores quando o Lula foi prestar suas homenagens, no velório: vaiaram, xingaram o presidente de traidor... Realmente, hoje o Brasil não precisa mais desse tipo de comportamento.
A surpresa da viagem: meus últimos gastos com cartão de crédito foram três vezes maiores do que eu esperava... Droga, agora mais ainda tô precisando de emprego :-/
Euro 2004

Que merda, tinha que dar Portugal x Inglaterra logo nas quartas de final! Não vou conseguir torcer pra nenhum dos dois... Pelo menos já tenho time nas semifinais.
E os ingleses não perdem a personalidade maníaca quando se trata de futebol, o que sempre acaba em frustração. Depois de se julgarem os "patinhos feios", sem a menor chance de vencer o campeonato, agora, depois da classificação, o técnico já vem com essa: "Técnico da Inglaterra compara Rooney a Pelé". Francamente...

segunda-feira, junho 21, 2004

Mais duas fotos de Liverpool:

O monumento do lado do Rio Mersey em homenagem ao famoso Submarino Amarelo


Uma Loja de Descontos de Contrabando??!!! Caramba, nem a Promocenter da Augusta é tão descarada assim!