segunda-feira, agosto 30, 2004

Nasce o CabineMag!

Pois é, pessoal, depois de um mês escondendo o jogo, tá aqui o novo projeto em que estou envolvido, a revista eletrônica CabineMag. Trata-se de um novo espaço virtual destinado a divulgar arte alternativa e/ou de bom gosto em inúmeras frentes, como literatura, cinema, fotografia, design, música, etc. Eu sou o responsável pela parte de música, e o nosso amigo Alex cuida da editoria chamada "Da arte", que engloba praticamente tudo que não seja cinema ou sons. Dureza o trabalho do garoto, não? :-)

Espero que vocês gostem e visitem bastante, afinal o site foi feito principalmente para pessoas como vocês. Portanto, não deixem de dar uma força pra gente (desde que tenham gostado do trampo, claro). Como? Bom, se registrando, sugerindo matérias, passando a bola pra frente e colocando o CabineMag nos seus favoritos!

Estou muito feliz por fazer parte de um projeto tão bacana, e torcendo muito pra que dê tudo certo. Espero contar com a torcida de vocês também. Longa vida ao CabineMag!!

domingo, agosto 29, 2004

E assim terminamos mesmo com 4 medalhas de ouro, como eu tinha previsto. Tenho que citar o grande Galvão: "Eu sabia!!!"
Tá bom, melhor campanha da história, entre os 20 melhores países do mundo no esporte, possivelmente (vamos ver hoje a classificação final). Claro que tem muito que melhorar, mas só pra comparar: nossos hermanitos argentinos estavam há 52 anos sem nenhuma medalha de ouro, e a gente faturando em quase todas... Essas Olimpíadas foram mesmo boas pra América do Sul. E os EUA podem ser preparar: daqui a 4 anos, é a China em primeiro no quadro de medalhas.

quinta-feira, agosto 26, 2004

Como é bom trabalhar com o que se gosta. Posso baixar aqui a discografia completa do Chemical Brothers, ficar ouvindo e ainda dizer que estou trampando :-).

quarta-feira, agosto 25, 2004

Alguém aí viu a coluna de um tal de Milton Leite no Caderno de Esportes do Estadão, ontem? Claro que não, afinal o sujeito não é nada e a coluna é uma das coisas mais idiotas que eu já li sobre esporte em todos os tempos. Basicamente, o cara tá triste porque o Brasil "demora anos pra conquistar as medalhas que os EUA ganham em um dia", fala mal dos brasileiros veteranos que ainda competem e sugere que não se mande para Olimpíadas atletas que não tenham "chance real de vencer".

Esse sujeito não entende nada de esporte, nem do espírito Olímpico, de competição. O que ele tá fazendo como colunista em Atenas??? Dá essa passagem pra mim, ou pra tantos que adoram esporte, não pra um pateta que nem esse! Ele acha o quê? Que esporte é feito só de primeiros, segundos e terceiros lugares?? Ele acha que é pouca coisa estar, mesmo no final da carreira, entre os 20 melhores do mundo em algo (como quando ele desdenha o desempenho do Xuxa nessas Olimpíadas)? Provavelmente sim, afinal, ele com certeza não tem idéia do que é estar entre os melhores do mundo em porra nenhuma. Só para informação do infeliz, o Brasil está em 33º lugar, num total de mais de 200 países, com chance de ficar até em 15º ou 20º, no final dos jogos. Ele também deve achar isso pouco. Claro que há que se melhorar em muita coisa, mas a opinião do "colunista" está longe de ajudar nessse sentido.

Sinceramente, eu ando cada vez mais passado com a quantidade de burrice existente nesse mundo...

terça-feira, agosto 24, 2004

Tô chutando (aliás, nem é tão chute assim) que o Brasil vai fechar essa Olimpíada com 4 ouros, o que seria um recorde. Tomara que eu esteja errado e que tenha até mais que isso. Pelo menos chance real pra 8 nós temos...
Legal que eu nem preciso de Orkut pra receber testimonials :-). Foi muito bacana reencontrar uma grande amiga minha, e muito legal também o que ela escreveu sobre mim no site dela. Bom, já eu não precisaria nem responder, já disse muitas vezes e repito que ela é foda, me tirou do buraco quando eu precisei, e essas coisas eu costumo lembrar pra sempre.
Beijos, Paladina!!! E não some mais.

segunda-feira, agosto 23, 2004

É, não deu, ficou em quinto. É fácil ver por que o Brasil tem tanta dificuldade em Olimpíadas. O nosso pessoal chega lá por esforço próprio, lutando contra tudo e todos, ao contrário da ótima estrutura que existe em outros países. Daí, na hora de resolver tudo em um minuto e meio, como tinha que fazer a Daiane, é lógico que rola uma pressão. Uma não, duas: a dela mesma, de ter que consolidar ali, naquele minuto, todo esse sofrimento em busca de um lugar ao sol; e de ter que reprentar toda uma nação que, tensa, espera dela a redenção por tantas decepções em outros esportes (e na vida, mesmo). Não há quem aguente. Por isso que o Brasil só vai conseguir superar esse tipo de situação (que faz campeões mundiais e favoritos como Daiane tropeçarem tanto em Olimpíadas) quando oferecer suporte e investimento de verdade ao esporte e aos atletas, desde a sua formação, formando grandes equipes de verdade. Quando eles não forem estrelas solitárias, fazendo das tripas coração pra levar uma medalhazinha pra gente (lembram Guga, Rodrigo Pessoa e outros em Sydney?).

Aliás, mesmo com tudo isso, a perspectiva do Brasil ainda é boa nessas Olimpíadas. Tem chance de terminar com até 8 de ouro. Claro que é difícil, mas considerando que o máximo que já ganhamos foi 3 em uma Olimpíada, ainda podemos quebrar o nosso recorde, na última semana.
Ai, caralho, vai começar a Daiane...
Mais assassinatos brutais e até agora não existem "nem pistas nem testemunhas" (segundo o Estadão)!! Depois querem que não se critique o trabalho da polícia! Aposto que se fossem famílias ricas, já estaria Polícia Federal, exército e o caralho mobilizados pra fazer a proteção das pessoas. Não dá, cara, muito foda...

sábado, agosto 21, 2004

Olha, eu até acho o Serra um bom candidato (apesar de com certeza votar na Marta), mas às vezes esse sujeito baixa o nível de uma forma absurda! Já vi ao vivo, estarrecido, ele usar o preconceito contra homossexuais para ganhar voto (no Roda Viva, quando candidato à presidente), o que para quem estava atrás de ser o principal governante do país é simplesmente lamentável. Nem o Lula, com todas as besteiras que tem declarado, chegaria a esse ponto. Ontem ele baixou feio o nível mais uma vez.

Sabemos que gente do PT e do PSDB (dos dois partidos indistintamente, que fique bem claro!) andam trocando acusações sobre o caso dos assassinatos de indigentes em São Paulo. Porém, diga-se, a Marta não entrou nessa e não deu declaração nenhuma nesse sentido. No entanto, olha o que saiu na Folha de ontem sobre o Serra:
O candidato aproveitou a troca de acusações entre a prefeitura petista e o governo tucano decorrente do episódio para atacar Marta Suplicy, sua principal adversária nas eleições de outubro:
"É um jogo de empurra usual do PT, um partido que não agüenta críticas, mas é louco para criticar. Tudo que acontece é sempre culpa dos outros. Mas eu não vou fazer o que ELA está fazendo. Eu não vou botar a culpa na prefeitura, embora a Guarda Municipal atue no centro da cidade."


Reparem, em especial, o "ELA" destacado no texto e o fato de ele falar em jogo de empurra do PT (mesmo que seu partido esteja metido no meio). Cara, estamos falando de um crime bárbaro que aconteceu na cidade, e ele vem usar esse episódio para puxar sardinha pra sua candidatura à prefeitura???!! Quando o Serra vai ganhar um mínimo de compostura nas eleições e honrar um partido que, com Mário Covas e outros, sempre teve a tradição de manter as disputas eleitorais em altíssimo nível? Espero que, de agora em diante, ele mantenha a boca fechada, em vez de falar abobrinha sobre um assunto tão sério como esse.

sexta-feira, agosto 20, 2004

Eu estou totalmente emputecido e querendo ver sangue! Sério, tinha que dar paulada também nesses caras que fizeram essa barbárie aqui na cidade. E o que me deixa mais indignado é não ver ninguém ter nem pista de quem foram eles!! Não há indício nenhum, praticamente. Quanto tempo mais vão demorar pra pegar esses caras, antes que eles tornem um inferno ainda maior a vida desses pobres moradores de rua? Como esses coitados vão conseguir dormir em paz agora? Eu não vou acusar precipitadamente, mas vai dizer que não tem cara de ação de skinhead esse negócio??? É esperar pra ver... Merda.
Hoje é aniversário de uma pessoa especial. Então...
Parabéns a ela!! :-)
Putz, que balada-trampo legal! Fui ver o 3Hype no Sesc Pompéia com a Carô, e, cara, como eu adoro essa menina!! hahahaha Ela ficou amiga de todo mundo (Cobra Killer, Le Hammond, etc.) no primeiro dia. Então ficamos só na boa conversando com os gringos, e ela vendo os shows (diga-se de passagem, que shows!) do camarim. Entrevistei a Love Foxxx, nos divertimos, foi o máximo!

Mas, nem tudo é festa. Ao mesmo tempo, tô me sentindo estranho, dentro de um mundinho estranho, não sei se queria estar entrando nele. Fiquei me questionando sobre o que achar, afinal, desse "futuro" tão estranho pra música. É legal e divertido, eu acho, mas será que as pessoas vão gostar só disso no futuro? Não gostaria que isso acontecesse...

quarta-feira, agosto 18, 2004

E, se não bastasse eu já ter pedido pra torcerem pra mim há alguns dias, tem um outro projeto pintando, agora como redator. Se der certo, pode ter valido realmente a pena tudo o que aconteceu comigo em fevereiro deste ano. Na verdade, eu já sei que valeu a pena de qualquer jeito, mas se esse outro projeto der certo, vai dar uma guinada legal na minha vida. Portanto, rezem por mim aí, galera :-).

domingo, agosto 15, 2004

Acabando de voltar do Intersection. Resultado? Bom, o comentário básico seria: não deu certo. Faltou pé no chão da galera, pra começar um negócio desses. Mas, sendo de graça, foi muito divertido, diz aí, Sassá! :-)

quinta-feira, agosto 12, 2004

É, meus amigos... Meu colega, Alex, que está sempre vigilante para defender a democracia, deve estar com os cabelos em pé. E dessa vez (por incrível que pareça :-)) eu concordo com ele.
Não importa o quanto o Kotscho venha a público falar das boas intenções que ele enxerga no projeto de criação do Conselho de Jornalismo. Afinal, ele, como todo petista fervoroso, só sabe enxergar boas intenções em tudo o que o partido fala e faz. Porque esse tipo de petista encara a legenda como uma religião e discute as coisas sem um pé firme na realidade.

No caso do Conselho de Jornalismo, o Kotscho (secretário de imprensa do Presidente) diz que o projeto é lindo, que chorou ao saber da divulgação e que a ação teria sido pedida pelos próprios jornalistas. Ora, Kotscho, por quais jornalistas??? Eu não pedi nada... Foi uma iniciativa da Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas). Institui um Conselho para "orientar", "fiscalizar" e "punir" profissionais. Duvido que a maioria dos jornalistas esteja de acordo com isso. Primeiro: jornalismo lida com idéias e é um pilar da democracia, ajudando (ele sim) a fiscalizar as instâncias do poder. Falar em "punição" e "fiscalização" aqui é muito mais perigoso do que se faz com médicos, engenheiros, etc. O buraco é muito mais embaixo! Segundo: o projeto propõe que os Conselho serão indicados pelo Fenaj e sindicatos, que são repletos de petistas da tal lavra "religiosa", que eu citei. Meu Deus, coitados de quem quiser fazer uma matéria contra o PT, daí em diante!!

Isso tudo sem falar do DECRETO que Lula quer agora passar para evitar que funcionários públicos falem à imprensa sobre investigações. É a Lei da Mordaça, que FHC também queria passar, de volta à pauta. Aliás, à pauta nada, porque é um DECRETO, ou seja, ninguém vai discutir nada! É um absurdo decretar qualquer coisa num tema tão espinhoso como esse, o cúmulo do autoritarismo. E o conteúdo é simplesmente absurdo, algo que vai tornar quase inviável o trabalho jornalístico de investigação, transformando os jornais em uma coletânea de "informações oficiais", quer dizer, de conversa pra boi dormir. E sem falar também no projeto de cinema, esse já devidamente atacado pelo setor competente, que pode falar sobre isso bem melhor do que eu.

Detalhe: já existe um mecanismo de punição ao denuncismo jornalístico, o próprio poder judicial. Se ele "tarda e falha", como disse o Pompeu de Toledo, da Veja, que se aperfeiçoe isso, criando tribunais especiais, ou coisa do tipo.

Enfim, a impressão que eu tenho é que existem dois tipos de pessoas envolvidas nisso: os ingênuos, que só assinam o que se pede (incluindo o nosso querido Lula, segundo relato do próprio Kotscho) e os radicais de esquerda sonhadores, os que propõem essa merda toda. Espero que surja aí um outro tipo, o de pessoas sensatas, pra fazer essa história parar aí mesmo. Afinal, o Governo tem muita, mas muita coisa mesmo com o que se preocupar em vez de ficar intervindo nos únicos meios que a democracia dispõe para fiscalizar as próprias ações do poder público.

quarta-feira, agosto 11, 2004

Eu sei que ando negligenciando o blog, mas não tem jeito. Tenho trabalhado bastante, graças a Deus, em um projeto muito legal que deve ir ao ar em breve. Logo, logo vocês terão a URL e espero que todos curtam e visitem bastante. Por enquanto, Maurício vai continuar vindo aqui em versão light, de acordo com as possibilidades.
Pelo menos eu tô bem feliz com o projeto e trabalhando muito pra que dê certo. Torçam vocês também!!

domingo, agosto 08, 2004

sábado, agosto 07, 2004

Beautiful night*

Hoje foi a grande festa de 60 anos da minha mãe. Festona, festona. Principalmente porque eu posso dizer que poucos têm o privilégio de ter a mãe que eu tenho.
Não, agora sério, sem demagogia. Todos os que conhecem dona Marilene estão de prova, ela é demais. Uma pessoa talentosíssima, com uma capacidade excepcional de ouvir, um caráter fenomenal, um amor pelas pessoas que eu nunca vi. E uma pessoa tão querida como poucas que eu conheço.
Acordar e ver a mãe que eu tenho todo dia, na minha frente, e saber que eu carrego um pouco de tudo isso dá uma confiança absurda em mim mesmo. Mais do que agradecer por isso, eu desejo é que todos tenham uma mãe minimamente parecida com essa. E se ela cometeu algum erro com a gente, foi apenas por amor. E então tá perdoada. A gente também vai saber superar tudo usando apenas esse amor.
Beijos mãe!!!
Pena que o mundo tenha só uma de você por aí...

*Uma das músicas preferidas dela, composta pelo Paul McCartney (e sim, a música é maravilhosa).

quinta-feira, agosto 05, 2004

Não vamos generalizar, conheço assessoras de imprensa geniais e simpaticíssimas.Mas por que tantas delas têm que ser tão escrotas???!!! Será que é frustração por cursar jornalismo e atuar em publicidade???
Pô, sacanagem o que fizeram com a minha amiga, hoje eu tô odiando todas elas. Não entendo essas pessoas que não são nada na vida e agem com os outros como se fossem grandes vencedoras. Patético...
Uma má notícia (pelo menos eu acho...): tive que tirar meu piercing do olho. Que saco! Justo o que eu mais gostava!
É que eu tô fazendo uma série de contatos e entrevistas, e achei melhor tirar ele logo, até porque rolava uma chance de ele estar sendo expelido. Tudo bem, assim que eu estiver mais estabilizado em termos profissionais, coloco de novo.
Pelo menos é um alívio pra muita gente, especialmente a Cris, que até hoje tinha aflição de olhar pra minha cara.
Já repararam que, de uns tempos pra cá, meu blog se tornou muito mais superficial, cheio de posts desinteressantes, sem se aprofundar em nada?
Bom, eu reparei. Por um lado, isso tem a ver um pouco com a minha personalidade, de não se aprofundar demais nas coisas. Por outro, tem a ver com uma nova realidade: eu me sinto, de uns tempos pra cá, muito menos ocioso. E, como se sabe, o ócio é o combustível básico pros pensamentos imbecis, desses que a gente põe em blog (como esse aqui, por exemplo). Tô muito mais desencanado de muitas coisas, ao mesmo tempo em que tô mais dedicado ao trabalhoe a coisas que valem a pena. Revi certos valores. Tô pensando muito mais em mim. Acho que tudo isso é positivo. No entanto, não tenho mais tantas besteiras com as quais brindar vocês :-). E outra: não ando também mais muito a fim de aprofundar certas coisas aqui, já sei que isso acaba não dando certo. Então acho na verdade muito bacana: menos vida blogueira, mais vida real. É assim que tem que ser.

segunda-feira, agosto 02, 2004

Aliás, descobri também a maravilha do Bit Torrent. Daqui a uns dias, quando tiver terminado meus frilas atuais, vou começar a me dedicar apenas ao novo site, com a seguinte rotina de trabalho: acordar, ler as notícias, selecionar as pautas, mandar pedidos de entrevistas, cobrar colaboradores, escrever e ouvir os discos que baixei na noite anterior. Antes de dormir, botar a porra do Bit pra funcionar de novo e baixar mais discos enquanto eu durmo. Delícia de trampo :-).
E assim vamos nós!!
Fazia bastante tempo que eu não parava pra baixar música. Daí tentei umas coisas no Kazaa. Resultado: só arquivo bichado colocado pelas gravadoras. Fui, então, pro SoulSeek. Impressionante, lá se acha tudo! Até Vida de Viajante, do Luiz Gonzaga!hahahaha
É que tô pegando músicas pra festa de aniversário da minha mãe, sexta feira. Vai ser animal!!