domingo, outubro 31, 2004

Como disse, alguns posts abaixo: São Paulo merece a exclusão social.
Ok, tô um pouco mais tranquilo. Me acertei com meus amigos, e isso me fez ficar melhor. Só fica esse sentimento ruim por ter perdido meus instrumentos. Caramba, essa sensação é uma merda, de você ver o fruto do seu trabalho sumindo de uma hora pra outra, roubado... Nunca tinham me tirado nada de tanto valor.

sábado, outubro 30, 2004

E pra coroar essa semana "maravilhosa", meu carro + um monte de instrumentos musicais foram roubados enquanto jantava, na Vila Mariana. Lindo. Perfeito. Tô super contente, sabe...
Aguardo boas notícias pra breve, porque, sinceramente, eu não vejo por onde eu esteja merecendo levar tanto tapa na cara...

sexta-feira, outubro 29, 2004

No ar, no CabineMag, uma resenha da Djá sobre o novo disco do Arnaldo Baptista, Let it Bed, a opinião de Rafael Ramos sobre o show do Chemical Brothers, e mais duas bandas apresentadas pela nossa repórter independente Carô Magalhães. Vejam lá!

quarta-feira, outubro 27, 2004

Ufa! Oficialmente, está terminado o livro. Foram 173 páginas (23 a mais que o previsto), num total de 138.066 caracteres. Mais um puta trabalhão de pesquisa e trocentas mil telas para mostrar os procedimentos. Mas ainda não acabou de vez. Falta fazer uns exercícios + roteiros pra arquivos de áudio e vídeo que vão ser vendidos junto com o livro. Mas isso eu acabo até sexta.

O mais engraçado foi a diferença que eu senti entre a dificuldade que eu tive na primeira página e na última. A primeira, parecia um parto. A última, um vômito.

terça-feira, outubro 26, 2004

Estou mais que triste. Não é a primeira, nem a segunda vez que um amigo se decepciona comigo. Em quase todas as outras vezes, achava viagem. Nessa, eu falhei feio, mesmo. E, se por um lado eu sei que falho, e que isso é normal, por outro, não queria nunca ter falhado com essa pessoa. Porque Deus sabe o quanto eu gosto dela e a admiro. O que resta, então? Pedir mil desculpas (o que eu já fiz), tratar de ser melhor um pouco, e torcer pra que não fiquem marcas, pelo menos não grandes.

Minha querida amiga, eu juro que eu tento ser o melhor que posso. Se eu não consigo, por favor, me perdooa. Eu não quero perder sua amizade. Fica em paz, tá? Um grande beijo. Envergonhado.

domingo, outubro 24, 2004

Podem acreditar, eu tenho noção. Sou mala, mas tenho consciência. Eu sei que uma das coisas mais chatas minhas é ficar falando de política sem parar. Peço mil desculpas e prometo que vou procurar tratamento específico...

sexta-feira, outubro 22, 2004

Ok, a Marta perdeu. Fico chateado, mas tem uma coisa que me faz pensar que essa derrota não é tanto uma derrota. Primeiro deixemos claro que o Serra só conseguiu abrir uma distância tão grande, de 14 pontos, porque teve todos os votos dos malufistas, no segundo turno, o que era de se esperar. Mas não sinto tanto sabor de derrota por um outro motivo. Os que estão votando na Marta no segundo turno (quase as mesmas pessoas que votaram no primeiro), mesmo com toda a propaganda negativa (inegavelmente a publicidade do Serra foi muito mais hábil e teve muito mais recursos, nesta eleição), são porque realmente aprovaram a gestão dela. E ainda há cerca de 10% de pessoas que não vão votar nela, mas que gostaram da administração – só votam no Serra porque querem dar uma chance a ele. Com isso, são 47% de aprovação. Eu percebo, pelas minhas conversas, que ela conseguiu criar um vínculo emotivo muito forte com as pessoas, com as coisas que fez pela cidade. Seus eleitores são pessoas que estão chateadíssimas com a sua derrota, que vêem a difereça entre o que era a cidade há 4 anos, e como ela está agora, pessoas que realmente não entendem como tudo isso não foi suficiente para garantir uma reeleição.

Mas não tem problema. Porque são pelo menos 37% de pessoas que já sabem em quem votar, em eleições futuras. O PT e a Marta ganharam um novo vínculo emocional, agora com um tipo de eleitor bem diferente do militante ideológico do passado. É agora o povo comum e simples, da periferia, aquele que antes sempre votava no Maluf, e que graças a Deus perdeu esse péssimo hábito.

O fato é que o povo de São Paulo pode não reconhecer agora o que essa mulher fez pela cidade. Mas nas próximas eleições, ela e o PT ainda hão de ganhar muito com as lembranças de Marta Suplicy, no comando de um dos cargos mais difíceis do Brasil: o de administradora da problemática terceira maior metrópole do mundo.

* PS: Um dado que fiquei sabendo: São Paulo, antes de Marta, tinha cerca de 8 mil ônibus, com idade média de 10 anos. O número praticamente dobrou: temos agora a mesma quantidade em ônibus novinhos em folha do que toda a frota anterior.

*PS2: Acho que há um quê de irresponsabilidade em quem gosta da Marta, mas vota no Serra, correndo o risco de ele sair em 2006 pra concorrer ao governo do Estado e deixando-nos como prefeito o ladrão do Kassab.

*PS3: Quando escrevia esse texto, estava ouvindo a Eldorado. O grupo Palavra Cantada, dando entrevista, diz que tem tocado muito este ano, principalmente porque fizeram 9 shows no CEUs, para cerca de 38 mil pessoas. Claro, nem todas alunas dos CEUs. Meu amigo Cícero também tem arranjado shows por lá, e assim fico com a impressão de que se abririam, com esse projeto, uma nova oportunidade para músicos de qualidade se apresentarem. E a Carô, irmã do Cícero, tem finalmente uma pista segura de skate pra andar à noite (como ela estava me relatando ontem). Enquanto isso, a campanha do Serra continua atacando os CEUs. Óbvio, eles sempre foram contra, achavam caro. Então tá, escolhendo o PSDB, nós merecemos a exclusão social. Pelo que conheço da administrações tucanos (e acho que a gente conhece muito bem), eles NUNCA fariam CEUs, bilhete único, investimento pesado na qualidade da educação, em renda mínima, etc. Paciência. Temos ainda muitas eleições pela frente.

quarta-feira, outubro 20, 2004

Tava lembrando de uma música minha que chama Flores. Eu fiz ela há um puta tempo, e achava ela uma bosta, apesar de até hoje ficar tocando no violão. Fiz uma gravação com a Nancy, que na época não achei legal, apesar de a Nancy ter cantado muito.

Mas hoje, anos depois, lembrei da música e fui ouvir. E tive uma surpresa absurda. Mesmo com algumas coisas que eu realmente não gosto, meu violão tá lá, e eu acho que eu nunca gravei nada tão bem tocando esse instrumento. A voz da Nancy tá linda. E, além disso, a música não merecia que eu tivesse desprezado ela. A melodia, as harmonias que acompanham, tudo me transportou exatamente pros meus sentimentos daquela época, pros sentimentos que parecem sempre me conduzir a fazer músicas desse tipo. Gostei demais e acho que vou postar ela no site aí do lado, aí vocês podem ouvir e dizer o que acham. Ela é muito Quanta Planta. E fiquei com saudades da banda ao ouvir o som.
Oba, vai ter festa da Dani no sábado!
Isso é legal, pena que vão tocar algumas músicas que eu não gosto, lógico (hahahaha), mas pelo menos não vou ter que ver a banda Pop-Up, na sexta (putz, aí sim ia ser foda...). Enfim, o que vale é a festa, a companhia, a cerveja... o resto foda-se...

terça-feira, outubro 19, 2004

Valeu, Paty. Eu pareço super bem resolvido, mas tenho cá as minhas aflições. E pessoas como você é que são boas pra eu ficar (ou continuar) bem. Bjs.

sábado, outubro 16, 2004

Caramba, será que tá voltando a fase hiper-sensível?? Fiquei chorando que nem criança vendo o clipe de "O Salto", do Rappa. Foda...

quarta-feira, outubro 13, 2004

Quanto ao livro, não tinha falado mais dele, mas tá indo muito bem! Tô na página 121, e ele tá sendo bem elogiado. Deve acabar em duas semanas.
A novidade agora é que vou ter que fazer uma palestra sobre ele. Deus me ajude...
E o Ed voltou de viagem! Depois de quase dois meses na Argentina e Chile, ele voltou devidamente apaixonado. Demorou pra ele chamar a mina de Buenos Aires pra morar aqui!!
E também graças às explicações do Cição, ontem eu tava baixando música e conheci uma jornalista polonesa com muito bom gosto musical. Ela até topou colaborar com o CabineMag (agora só falta o CabineMag colaborar comigo :-).

Desse jeito é muito fácil montar uma rede de colaboradores do mundo todo. E sem precisar do Orkut!! :-)

terça-feira, outubro 12, 2004

Pô, graças ao Cição eu agora tô usando o SoulSeek de uma forma decente!! Que cabaço que eu era! Vai ficar mais difícil pro eMule a partir de agora :-).
Valeu, Cícero!

segunda-feira, outubro 11, 2004

Pior é que tá pintando uma situação em que Bush perde no voto e ganha no tal do Colégio Eleitoral mais uma vez. Ou seja, vai levar sem ganhar de novo!
Caraca, demorou pra gente ter direito a voto pra presidente dos EUA...

sábado, outubro 09, 2004

O Kerry ganhou também o segundo debate pra presidente dos EUA, mas foi quase um empate. Em relação ao primeiro, o Bush deu uma melhorada (ele tinha perdido por 53% a 37%, e nesse foi 47% a 45%, mas ainda com grande vantagem pra Kerry em vários aspectos da pesquisa). Engraçado, nesse que eu achei o Kerry 50 mil vezes melhor, deu quase empate, não entendo mais nada.
Os resultados estão aqui (por enquanto).

quinta-feira, outubro 07, 2004

Hahahahaha
Vejam isso!
http://www.carllewis.com/video.music.1.html
Olha, gente, entraram mais dons sons no ar, "Tive Razão" e "Sem Medo". Baixem especialmente a primeira, ficou muito legal!
É uma música do Seu Jorge linda, que a gente regravou de um jeito totalmente diferente (era um samba, virou sei lá o que). O legal é que a gente fez o arranjo de primeira, e eu gostei também do jeito que a bateria contribui com o sentimento da música. Eu acho que é a melhor composição de batera que eu já fiz, mesmo estando impreciso, na gravação.
Ouçam aí e comentem!!

segunda-feira, outubro 04, 2004

Aee, galera, o Alex voltou a postar!!
Finalmente, foram cinco meses de espera. Agora é encher o saco dele pra não perder o embalo!

sábado, outubro 02, 2004

Saíram as novas músicas do Pakto (projeto meu e do Rodrigo, esperando um baixista fixo). O Rodrigo compôs os sons, são muito bons! Baixem as músicas "Formigas" e "Dois Irmãos" e depois digam o que acharam (tão em zip, quem precisar de ajuda pra ouvir me escreva). Pra acessar, cliquem aqui.

sexta-feira, outubro 01, 2004

Mais fotos da Ilha!



Povo indo pra praia, totalmente vazia... Êee, maravilha.



Grandja parece mestre de capoera



Pega peixe pega peixe, Peguei!!!



Minha cachorra é estranha, mas eu gosto dela :-)
Nossa, recebi ligação de Nova York, que chique!!
Já sabem de quem, né??
Pô, Dani, legal saber que você está bem e curtindo! Ganha uns votos pro Kerry aí :-)
Bjs!!
Impressionante, o Kerry ganhou o debate! Eu pensei que os americanos nem iam dar bola pro que ele tava falando, mas eles entederam a mensagem!
A pesquisa tá aqui.
Dá a entender que os americanos dividem a questão em duas: apesar de acharem Bush melhor comandante militar, o Kerry é melhor para a política externa dos EUA. É, eles estão começando a pensar...
O bicho vai pegar nessa eleição!