sexta-feira, abril 29, 2005

Depois de um casamento de 4 anos, estou largando o Eudora. Não dava mais, ele tava deixando muito a desejar à medida em que aumentava a minha demanda por regras e mais regras. O controle de prioridade de regras dele é simplesmente bugado.

Volto então ao Outlook, até porque agora tô totalmente no mundo da Microsoft. Mas isso não vai me impedir de continuar criticando o que não concordo na empresa. Só que agora vendo o lado bom dela, que antes eu gostava de ignorar...

quinta-feira, abril 28, 2005

Cara, brasileiro é o povo mais espírito de porco do mundo!! No aniversário de 40 anos da Globo ontem, no Pacaembu, a galera não cansava de gritar, a plenos pulmões:

"Galvão, viaaaado"
"Esse-bê-tê!!!"
"Ei, Galvão, vai tomar no cu!!!"
"Não é mole não!! O Casagrande come a bunda do Galvão!!"

E por aí foi... Enquanto o Galvão fingia que não ouvia. Mas aposto que ele mesmo tava dando risada, porque foi muito engraçado.

terça-feira, abril 26, 2005

Realmente, hoje (e ontem) é um grande dia. Tudo o que aconteceu de ruim pra mim nos idos de 2003 e 2004 agora está finalmente revertido. Foi uma luta, demorou, mas sinto que agora sim aquilo tudo está devidamente enterrado. Abro agora as portas definitvamente para uma outra oportunidade, uma outra fase da minha vida, totalmente diferente: muito mais voltada ao trabalho e ao aprendizado; focado nos grandes objetivos que eu tenho pra esse ano; sem tempo pras coisas pequenas que me fizeram acabar daquele jeito, no começo do ano passado.

E foram dias, ontem e hoje, que me fizeram ter um pouco mais de fé na humanidade. Nunca tinha visto alguém fazer a você uma contra-proposta de trabalho MELHOR da que você apresentara. Isso é inédito, e muito legal! Minha vontade é sair e beber pra comemorar, mas graças à pneumonia, isso ainda não posso.

O que devo fazer é agradecer muito a vocês que me apoiaram nesse tempo. Foram 14 meses de correria em busca de trampos legais. E quem me ofereceu frila, me indicou trabalhos ou simplesmente esteve do meu lado merece toda minha gratidão.

Agora meu pensamento é fazer muito por merecer a oportunidade e o tratamente excelente que estão me dispensando. Me dedicar muito a produzir e aprender. Porque não quero mais parar. Nunca mais.

sábado, abril 23, 2005

Tava muito estranho mesmo, essa febre que não passava. Daí, graças à insistência da Pati, resolvi ir no médico e tomei um grande susto em saber que é pneumonia!

Pelo menos descobri a tempo de tratar e ir na importante reunião de quarta que vem. A injeção monstra que tomei no hospital + inalação + antibiótico carésimo já estão fazendo efeito.

Aliás, será justamente no meu bolso o pior efeito dessa doença: acabo de deixar 140 paus na farmácia. E decididamente eu não estava contando com isso...

sexta-feira, abril 22, 2005

Outro dia tava lendo o caderno Link, do Estadão, e vi que o Encarta, da Micosoft, ia começar a receber contribuições de qualquer um, só que teriam que ser lidas e aprovadas antes de serem publicadas. Com certeza uma tentativa de seguir a agilidade do rival Wikipedia.

Mas aí vem de novo aquele tipo de coisa que eu não entendo: porque as pessoas iriam se preocupar com o serviço muitas vezes pago do Encarta quando há um super-completo disponível gratuitamente?? Agora mesmo eu tava lá querendo saber sobre a região da Itália onde está Roma, que se chama Lazio, e no Encarta esse verbete é "só para assinantes" :-/. No Wikipedia vem com mapa e tudo. Só burro pra pagar por isso, ou "pelo novo e-mail de 2GB do UOL". Ou é muito mal informado ou sofre de compulsão por gastar dinheiro...

quarta-feira, abril 20, 2005

Caramba, fazia anos que eu não ficava tão doente. 39 de febre dois dias seguidos...

terça-feira, abril 19, 2005

Se você se conecta pelo Superig e quer usar um e-mail do iG no Eudora, pergunte-me como!

É sério, acho que só eu sei fazer isso, depois de passar semanas fuçando, 30 min no telefone com o atendente anta + 1h30 no tal "chat online" com o suporte técnico. Ninguém tem noção do que fazer pra coisa funcar (e o pior, não admitem isso), mas hoje finalmente eu descobri.

Portanto, qualquer dificuldade, já sabem, o telefone da minha casa é 011-1406...
Eu odeio essa expressão tipicamente corporativa (aliás, eu odeio todas as expressões tipicamente corporativas), mas essa é sem dúvida a fase mais pró-ativa da minha vida. E isso é bom.

domingo, abril 17, 2005

Tá demais, tá demais, olhem isso:
Torcida do Atlético de Madrid atira banana em goleiro negro

E os argentinos tentando fazer papel de vítima é mais ridículo ainda! Eles não conseguem imaginar o que é um país com milhões de negros, como o nosso, que até hoje sofre com um terrível legado da escravidão, lidar com esse tipo de racismo totalmente desumano.

Tá na hora, realmente, de serem tomadas medidas duras, em todos os âmbitos. Antes que esse assunto saia do controle de verdade.

quinta-feira, abril 14, 2005

Bem feito! Já tava na hora de esses argentinos ignorantes levarem uma pra pararem com essa porcaria de racismo pra cima dos brasileiros.
Pra quem não sabe, um jogador argentino foi preso ontem, por ter xingado jogadores negros do São Paulo, durante uma partida no Morumbi.

Só é irônico pra caramba que o clube que conseguiu isso (afinal foram os advogados do São Paulo que acionaram a polícia) seja um dos que, segundo se sabe, tinha receio em escalar jogadores negros, no começo da sua história (nesse grupo entram também Fluminense e Grêmio) :-). Nada como o tempo...

quarta-feira, abril 13, 2005

Sexta tem show com a Camila. Fazia mil anos que eu não me apresentava no esquema violão e voz (eu larguei esse formato por achar que o resultado nunca fica muito bom, a não ser se você for o Paulo Belinatti...).

O show tinha tudo pra ser ruim, porque eu estava o cúmulo do preguiçoso pra ir atrás das coisas. Mas me toquei, estou providenciando tudo e até sexta devo estar ok. Quem sabe com esse show eu não mudo de idéia e começo a curtir mais esse tipo de apresentação??

Só podem esquecer, que eu não vou chamar ninguém. Fico muito tímido tocando violão ao vivo...

domingo, abril 10, 2005

Por favor, ninguém leve pelo lado pessoal, é só um pedido: dêem um tempo de cobranças, de qualquer tipo. Eu simplesmente não estou mais suportando.

segunda-feira, abril 04, 2005

Só pra falar um pouco do Papa. Apesar do que alguns dizem (e do que eu mesmo achava até um ano atrás), hoje eu vejo que ele era mesmo um grande homem. Falam do conservadorismo moral, mas é como o Grandjean lembrou na sexta: como esperar que um católico fervoroso de 84 anos apóie o homossexualismo e o aborto? Falam da perseguição aos teólogos da libertação. Mas como esperar que alguém que sofreu tanto com o comunismo apóie tendências socialistas dentro da sua Igreja??

Enfim, não concordo com muitas das suas crenças, mas compreendo suas atitudes. Na medida de seus próprios limites, ele fez muito pela paz, pelo entendimento entre as religiões e pela difusão da Igreja pelo mundo.

A quem não gostava do Papa por ser muito conservador: tenha paciência. Não há como esperar que líderes religiosos estejam na vanguarda no trato de questões morais. Vai contra tudo o que aprendemos a chamar de religião. As mudanças virão com o tempo. Mas que elas não nos deixem esquecer do grande homem que foi Carol Wojtyla.
Dia de ensaio aqui em casa, com a Camila e uma constatação feliz: eu não esqueci como se toca violão!!
Caramba, pelo jeito tá mal mesmo a Globo.com...

sexta-feira, abril 01, 2005

Alguém aí tem assinatura na Globo.com????