segunda-feira, novembro 28, 2005


Ouvido Eletrônico News

Internacional de Porto Alegre é Campeão Brasileiro depois de 26 anos
Time precisava apenas do empate, mas vence o Palmeiras com gol nos últimos minutos

Da redação

O Inter finalmente pode comemorar. Com uma dramática vitória sobre o Palmeiras o time atinge 81 pontos (seis a mais que o vice-líder, Corinthians/MSI Laundry Inc.) e não pode mais ser ultrapassado. Pela quarta vez, os gaúchos são campeões brasileiros (igualando-se, assim, a Palmeiras e Vasco, outros tetracampeões, e ficando a um título do Flamengo).

O jogo contou com um Beira-Rio lotado e começou logo com um pênalti a favor do Inter. O lance gerou discussões, mas o zagueiro palmeirense Gamarra realmente usou o cotovelo na área para impedir a subida de Edinho. O Palmeiras chegou a empatar em cobrança de falta de Juninho, mas o Inter, no final do jogo, garantiu a vitória e o título num contra-ataque fulminante, completado pelo colombiano Rentería.

Enquanto o Beira-Rio explodia em festa, em São Paulo os corinthianos reclamavam. Diziam serem eles os campeões, baseados nos números definidos por Luiz Zveiter, do STJD. Garantiam igualmente, aparentando descontrole, que seu goleiro NÃO havia aplicado uma voadora no atacante Tinga, do Inter (durante aquela que foi a final antecipada do campeonato), que seu time havia vencido (e não perdido) para o Paysandu, que não haviam sido goleados pelo Santos no 1º turno, entre outras estranhas afirmações. Seus jogadores e a torcida comemoravam no gramado, como se vivessem em uma realidade paralela.

A solução encontrada foi entregar duas taças. A do “Brasileirão” vai merecidamente para os gaúchos do Inter, enquanto que o Corinthians/MSI Laundry Inc. foi oficialmente declarado “Campeão do Zveitão”. Esta última taça, feita às pressas, vai para a Sala de Troféus do clube, onde ficará ao lado de outra peça importante, a do “Mundialito Eurico Miranda”, conquistado em 2000.

sábado, novembro 26, 2005






Para ver fotos como essas mostrando o que acontece na Amazônia, clique aqui

quinta-feira, novembro 24, 2005

quarta-feira, novembro 23, 2005

E agora a diretoria corinthiana, assustada com a reação popular (engraçado, mas eles não são o "time do povo"?) resolve publicar um comunicado dizendo que o Inter também foi ajudado e eles, prejudicados, em muitos jogos. Pura manobra pra confundir a opinião pública. Impedimentos milimétricos checados no tira-teima, pênaltis duvidosos, mão na bola ou bola na mão, esse tipo de erro sempre vai existir (enquanto a FIFA quiser que o futebol seja decidido por juízes, mantendo as regras tão difíceis de serem aplicadas). Agora, goleiro mandando ver voadora na área e juiz nem dando pênalti e ainda expulsando o atacante (curiosamente no lance que poderia decidir o campeonato), resultados totalmente fabricados com erros sucessivos em um único jogo, partidas legítimas remarcadas para benefício de um único clube... Coisas assim, Corinthians/MSI, só aconteceu contigo nesse campeonato.

Não tem jeito. Você, à vista de 90% do povo, NÃO é o legítimo campeão brasileiro de 2005.
Viva!!!! Finalmente uma boa notícia! Agora só falta isso acontecer no Brasil...

segunda-feira, novembro 21, 2005

Aliás, minha gente, falta apenas 1 ponto para o Internacional de Porto Alegre ser declarado matematicamente o Campeão Brasileiro de 2005!!

Façam as contas, restando 2 jogos:

Corinthians:
Menos 3 pontos da goleada que sofreu do Santos
Menos 3 pontos da vitória ROUBADA contra o Paysandu
Menos 1 ponto do empate ROUBADO contra o Inter
= 71 pontos (fora outros roubos, como contra o São Caetano, em que o Corinthians perdeu o jogo mesmo assim)

Inter:
Mais 2 pontos do empate ROUBADO contra o Corinthians
= 77 pontos

Domingo é o dia da festa, gauchada!! Recusem-se a ser passados para trás e festejem aí em Porto Alegre!!
Lembram-se daqueles ursinhos fofos da Coca-Cola? Pois então, eles são as novas vítimas do efeito estufa produzido pelo homem. Clique aqui.
Até a torcida do Corinthians tá com vergonha, não dá, não tem como reconhecer o Corinthians campeão. É de longe o campeonato brasileiro mais ridículo da história. Pelas minhas contas já são 10 pontos dados de lambuja para a MSI, o que determinaria hoje o Inter como o legítimo campeão.

Para as pessoas que gostam de futebol, é muito triste ver esse esporte tão manchado por irregularidades. É a única modalidade em que os juízes quase sempre decidem quem vence o campeonato! A forma que temos para nos revoltar é deixando de assistir aos jogos (o que é impossível, dada a nossa paixão) ou simplesmente não reconhecendo esses campeões da vergonha.

Existem particularmente três campeonatos que eu me recuso a aceitar, tamanho o roubo descarado ocorrido:

- Botafogo campeão brasileiro de 1995 (verdadeiro campeão: Santos)
- Corinthians campeão da Copa do Brasil de 2002 (verdadeiro campeão: Brasiliense)
- Corinthians quase campeão brasileiro de 2005 (verdadeiro campeão: Inter)

Ah, tem também o "Corinthians campeão Mundial de 2000". Isso é hilário. Mas tudo bem, eu aceito, só que com uma ligeira alteração: "Corinthians, campeão do Mundialito Eurico Miranda 2000". Agora tudo bem.

E reitero: não é coisa de anti-corintiano. Torço muito mais contra o São Paulo, e reconheço como legítimos todos os títulos sul-americanos e mundiais do Morumbi.

Enfim, futebol e política é só desgosto nesse país...

PS: Corinthianos, tentem encontrar seu time na lista dos campeões mundiais de novo no site da FIFA. o link é http://www.fifa.com/en/comp/Clubworld/tournament/0,4133,CWC-2005-10,00.html, no final da página. Parece que o Blatter andou dizendo que o torneio de 2000 foi um teste. É vero...

sábado, novembro 19, 2005

Que droga, foi muito triste ver o Globo Repórter de hoje sobre a seca na Amazônia. Quando eu era criança diziam que se continuassem desmatando a floresta, o clima da região iria ficar desértico. Que se continuássemos poluindo a atmosfera, teríamos efeito estufa. Tudo isso parecia tão longe da nossa realidade, coisa pros nossos netos se preocuparem (nossos não, porque do jeito que a coisa vai, é ruim de eu querer ter filhos)...

O problema é que isso tudo tá acontecendo na frente dos nossos olhos, e os nossos queridos "governantes" não conseguem e/ou não querem fazer nada. Quem somos nós, humanos de merda, para acabar com a vida de milhões de bichos, como os peixes que eu vi morrendo cozinhados pela própria água do rio, na reportagem? Quem somos nós para transformar maravilhas divinas como o Rio Amazonas em filetinhos de água?

Somos nada mais que parasitas, é isso o que somos. E agora decidi. Sei que meu voto não serve pra quase nada, mesmo, mas o pouco que ele vale vai ser usado, de agora em diante, pra defender antes de mais nada a natureza. E que os homens-macacos continuem se matando à vontade.

quinta-feira, novembro 17, 2005

E começou a obra no apê. Tenho que trocar o piso, cuidar das portas, botar janela na área de serviço e trocar azulejos da cozinha. Se tudo der certo, até o dia 25 isso tudo já terminou. Daí é a hora da faxina geral.

O duro é imaginar que vai ficar legal vendo ele hoje, saca só...

Essa é a "sala"


A "cozinha"...


Mais uma da "cozinha"


E esse é o "banheiro" :-)

segunda-feira, novembro 14, 2005

Que filme lindo que é "Vida de Menina"!! A história é absolutamente sensacional, a direção é muito competente, o livro em que se baseia dá a impressão de ser mesmo genial (pelos trechos que são narrados no filme), enfim, excelente.

Não dá pra acreditar que uma menina de 12 anos conseguia escrever daquela forma, perceber com tanta agudeza e humor as contradições do mundo à sua volta. Me lembrou muito o Aventuras de Tom Sawyer (seria a versão feminina deste), que foi escrito mais ou menos na mesma época (cerca de 20 anos antes, na verdade) nos EUA. Tanto um como o outro reflete muito sobre a questão da religião na vida das pessoas, e o quanto ela era um tema que impregnava os costumes da sociedade naquela época. A diferença é que, no caso de Tom Sawyer, falava-se exclusivamente da religião protestante, enquanto que Helena Morley tem experiências tanto com essa quanto com a Igreja Católica.

Gostei demais e estão todos de parabéns por ter feito um filme como este. Pena que são poucos os que têm acesso e capacidade para apreciar uma verdadeira obra de arte, hoje em dia. Em poucas semanas, ele já foi renegado a um único cinema da cidade, e um museu ainda por cima (Museu Lasar Segall). Quase só havia terceira idade na platéia. Como Helena faz questão de frisar ao padre: somos mesmo descendentes diretos dos macacos...

quarta-feira, novembro 09, 2005

Duas notícias sobre rádio e TV, uma excelente e outra triste de dar dó. A primeira é que João Kléber finalmente tá tomando um couro da Justiça. A Rede TV vai ter que ficar 2 meses sem passar o programa e ainda tem que substitui-lo por programas educativos.

A notícia ruim (na verdade péssima) é que a Brasil 2000 vai mesmo acabar, dando espaço à programação de notícias da rádio Bandeirantes. Notícia deprimente pra quem gosta de rock moderno de qualidade. Agora, não tem jeito, estamos órfãos de novo. Pior pra mim, que cismo em não botar Toca CD no carro.

É Kid Vinil... Durou pouco o sonho.

segunda-feira, novembro 07, 2005

Quinta feira passada foi um dia especial. Finalmente peguei a chave do meu Apê! Foi uma sensação muito estranha, como se acabasse de nascer um filho meu (caso eu soubesse como é esta sensação). É porque agora eu tenho algo realmente importante para cuidar, e que já está lá, dependendo de mim pra tudo.

E eu já tô começando esse trampo, escolhendo o piso e outras coisinhas mais que eu tenho que fazer antes da mudança. Até dezembro, espero estar já morando lá, no meu cantinho. E que eu receba muitas visitas, pra não estranhar tanto morar sozinho!!!

quarta-feira, novembro 02, 2005

Finalmente, as fotos da viagem ao Rio! Eis aqui uma prova cabal da beleza da cidade. Mesmo em dias chuvosos, veja o que a gente consegue ver e curtir por lá.

Vinde a mim (o Cristo no meio das nuvens)


Pati fotografando a Lagoa Rodrigues de Freitas


Lagoa vista do Mirante Dona Marta


Eu queria morar num desses prédios


No Mirante Dona Marta


Há um Pão de Açucar entre nós


Meu Bebê (por que mulher adora chamar namorado de bebê???)


Maurício vendo a Prainha


Prainha