quinta-feira, dezembro 29, 2005

Status do apê do Maurício:
- Hoje foram envernizados os móveis
- Amanhã termina o piso
- Semana que vem: faxina geral e compra dos móveis e eletrodomésticos que faltam
- Na outra semana: mudança

Portanto, podem se preparar que em cerca de 15 dias será a inauguração daquela budega!!!

quarta-feira, dezembro 28, 2005

Ótima reportagem sobre as mudanças no mercado fonográfico com a Internet.

Destaque pra essas partes:

The surge by independents comes as the four dominant music conglomerates--Universal Music Group, Sony BMG Music Entertainment, Warner Music Group and EMI Group--find themselves hamstrung in their traditional ways of doing business by an array of forces, including a crackdown on payola* (undisclosed payments made to broadcasters in exchange for airplay).

In a world of broadband connections, 60GB MP3 players and custom playlists, consumers have perhaps more power than ever to indulge their curiosities beyond the music that is presented through the industry's established outlets, primarily radio stations and MTV.

"Fans are dictating," said John Janick, co-founder of Fueled by Ramen, the independent label in Tampa, Fla., whose roster includes underground acts like Panic At the Disco and Cute Is What We Aim For. "It's not as easy to shove something down people's throats anymore and make them buy it. It's not even that they are smarter; they just have everything at their fingertips. They can go find something that's cool and different. They go tell people about it and it just starts spreading."

...

For many independent entrepreneurs, there is a degree of confidence that comes from running leaner operations while aiming for more modest sales levels. Unlike the majors, independent labels typically do not allocate money to producing slick videos or marketing songs to radio stations. An established independent like Matador Records--home to acts including Pretty Girls Make Graves and Belle and Sebastian--can turn a profit after selling roughly 25,000 copies of an album; success on a major label release sometimes doesn't kick in until sales of half a million.


* Payola é o nome engraçado que eles dão para o nosso também engraçado Jabá.

terça-feira, dezembro 27, 2005

Não tenho falado de política, mas vou abrir aqui um parêntese.
Nos últimos anos, tentei criar uma tradição de analisar o resultado do governo pelo período de 12 meses transcorridos. Este ano não vou fazer isso por um motivo meio óbvio. Me sinto um idiota, pois muitas das coisas que escrevia aqui considerando "boas" foram conseguidas mediante suborno, usando dinheiro roubado. Todo mundo sabe do que aconteceu e, portanto, não há motivo para gastarmos mais tempo com isso.

Fora que é uma palhaçada a propagada "queda dos juros", conveniente, em época eleitoral e quando o Lula começa a ficar desesperado pela possibilidade de perder a reeleição. "Os juros já começaram a cair", ele diz. Como assim "já"? No último ano? Tá parecendo os túneis de última hora da Marta (que eram piores, porque além de tudo desgraçavam o trânsito e não eram prioridade).

Enfim, melhor voltarmos à nossa programação normal: futebol, música, informática e amenidades. Assim evitamos maiores chateações.

Um grande 2006 para todos nós!! Rumo ao Hexa!

sexta-feira, dezembro 23, 2005

Talvez alguém possa me explicar: por que existem tantas mulheres do tipo "sabe-tudo-arrogante-depressiva-moderninha-liberada" na Internet??? E por que só mulheres desse tipo, não homens? E por que elas são sempre exatamente o oposto ao vivo?

Enfim, questões que me intrigam...

quinta-feira, dezembro 22, 2005

Caramba, o inventor da Web criou um blog! Isso vai ser no mínimo interessante...
Entre as coisas legais que ele já falou está que ele nunca pensou que as pessoas fossem aprender tão rápido HTML, sem sentirem falta de um editor visual (que só foi aparecer depois de muito tempo).

É engraçado ver como ele e outros estavam realmente à frente de sua época. Só agora a Web começa a tomar a forma que eles queriam e imaginavam. É uma história que está apenas começando.

quarta-feira, dezembro 21, 2005

E agora, não bastasse ler, estudar e comentar códigos, estou começando a criá-los também. Esta semana fiz um site, como uma forma de estudo, e tive que me virar criando classes, acessando banco de dados, etc. Se a coisa vingar, quem sabe eu não viro um programador em horas vagas??? Bom, isso eu não sei, só sei que o objetivo aqui não é programar em si, mas ter mais conhecimento de causa na hora de escrever artigos, matérias, treinamentos, etc.
Tomara que dê certo...

segunda-feira, dezembro 19, 2005

São Paulo Tri Mundial.
Enquanto isso, corinthiano é preso por invadir o campo no Japão, Edmundo, a "grande" contratação do Palmeiras para a Libertadores 2006, é preso no Rio ao agir da mesma forma que já o fez até matar e o dono do Corinthians/MSI Laundry Inc., o malandro do Kia, só não é preso ou processado porque a Justiça praticamente inexiste neste país.

Simbólico da incompetência e irracionalidade que graça entre dirigentes e torcedores de clubes brasileiros. O São Paulo está na contramão há 25 anos, e por isso se tornou o time mais vitorioso da nossa história.

Parabéns aos São-Paulinos. Mais não preciso dizer, pois este post que escrevi em julho já diz tudo o que penso sobre o assunto.

sexta-feira, dezembro 16, 2005

Vejam esta matéria, sobre 751 pessoas processadas nos EUA por baixarem música na Internet.

Uma frase me chamou a atenção:

"Ainda em junho a justiça norte-americana permitiu que empresas de entretenimento também acionassem as companhias desenvolvedoras de sistemas de compartilhamento."

Ou seja, deliberadamente eles querem impedir o desenvolvimento da Internet e seu bem maior, a conectividade entre as pessoas. Seria muito mais fácil se:

a) Eles reconhecessem que não é mais necessário nenhum esforço para a distribuição de música, logo não há necessidade de pagarmos por isso (regra básica do capitalismo)

b) Passassem a tentar lucrar e retirar seus tão adorados "direitos autorais" investindo nos provedores de acesso à Internet, como fez a Time Warner

Enfim, trata-se do triste espetáculo de uma indústria se debatendo, prestes a morrer. Ou a se transformar. Os espertos saberão que caminho vão seguir.
Se nos próximios dias eu deixar de escrever muito por aqui, me perdooem. Tive que assumir um livro sobre ASP.NET 2.0 que está me deixando meio maluco. No fundo, acho o máximo ser pago para aprender, me sinto evoluindo e tudo, mas que é cansativo, é.

Pensem pelo lado positivo, vocês não vão ter que aguentar meus posts chatos e intermináveis sobre futebol durante um bom tempo... :-)

terça-feira, dezembro 13, 2005

Caramba, olha a China, molecada, maior exportadora de produtos de tecnologia...

segunda-feira, dezembro 12, 2005

Eu sei que eu ando muito chato falando sem parar de futebol aqui, mas é que sacumé, não tô conseguindo falar de política, então tô tendo que procurar outro assunto besta pra falar...
Mas na boa, vou tentar me controlar e falar menos sobre isso.
Antes só um adendo, já que eu falo tanto mal de outros times (só quando merecem): o Palmeiras do século XXI é uma piada, hein... Agora trás o animal Edmundo. Daqui a pouco tá disputando o campeonato de sêniors (vulgo Carioca) com seus compadres Flamengo, Vasco e cia.

domingo, dezembro 11, 2005

Só para mudar o foco e falar um pouco do São Paulo. Defendo com unhas e dentes que os sul-americanos comecem a eleger a Libertadores como principal torneio, e não "Mundial". Isso por um motivo muito simples: os europeus, que seriam os rivais nesse tipo de campeonato, não levam a sério mundiais de clubes. E isso é realmente MUITO forte na cultura futebolística deles.

Eu até entendo a razão, não há muita competição entre clubes de diferentes continentes como há entre seleções, já que eles têm times milhões de vezes mais ricos que nós. O resultado é que, para eles, o grande torneio a ser vencido é o Campenato Europeu. Isso definiria o melhor clube do mundo, na cabeça deles. Mundial é uma brincadeira de fim de ano, nada mais. JAMAIS veríamos a torcida do Real Madrid cantando "Tri-Mundial!!" no estádio, como fazemos aqui. Eles NUNCA citam essas conquistas. Para eles, Real Madrid é nove vezes campeão europeu, isso sim.

Acaba sendo mania de inferioridade nossa. Pra quê valorizar mais um "campeonato" de 1 ou 2 jogos contra times desmotivados do que a Libertadores, um torneio ultra-competitivo e difícil?

Assim, vamos comemorar: São Paulo, parabéns por ser tri da Libertadores, e não tanto pelo bi-Mundial!! Santos, a mesma coisa. E assim, matamos dois coelhos com uma "caixa d'água" só: acabamos com a festa dos corinthianos campeões do Mundialito Eurico Miranda 2001. :-)

Segue um texto que saiu no Estadão e reflete exatamente o que eu disse acima:

Liverpool não dá bola para torneio
Ingleses elegem o bi da Copa dos Campeões da Europa como prioridade

O site do Liverpool na internet traz o treinador Rafael Benítez dizendo que o clube tem todas as condições de ser bicampeão da Copa dos Campeões da Europa. Ele cita Jamie Carragher como o melhor zagueiro do mundo, há possibilidade de apostas e venda de camisas. O site só não cita o Mundial de Clubes.
Há apenas uma referência, num artigo escrito por Phil Neal, capitão do time nas derrotas para o Flamengo(81) e Independiente (84). Ele diz que seria importante vencer, mas que este não é o título mais importante do ano - a prioridade é a Liga de Campeões, Liga Inglesa (ontem, o Liverpool jogou e bateu o Middlesbrough por 2 a 0, gols de Morientes) e a Copa Inglesa.
A pouca importância dada ao torneio pode ser um rival tão forte quanto o São Paulo*. Apenas hoje é que os ingleses chegam ao Japão. Mas o time é forte. Tem o francês Djibril Cissé, os espanhóis Luis Garcia e Morientes, o inglês Peter Crouch e o australiano Harry Kewell garantidos na Copa de 2006 para o ataque, e um meio-campo comandado pelo habilidoso Gerrard, titular da seleção inglesa.
Se vencerem, os Reds, como o Liverpool é conhecido, vão comemorar. Se perderem, voltam a pensar na Copa dos Campeões da Europa. Para eles, o mundo é mesmo a Europa.

* Pfff, só porque o São-Paulino que escreveu esse texto quer... Não é só o Liverpool, esse comportamento é uma constante entre os europeus.
Vamos deixar os corinthianos e seu "TRETAcampeonato" em paz por um momento (até porque daqui a pouco vai ter amigo meu deixando de ler o blog por causa disso, e definitivamente este não é o objetivo).
Tem coisas que eu deixei de registrar aqui por absoluta falta de tempo. Um exemplo é o fato de que agora eu tenho que ir ao escritório fazer 8 horas de expediente três vezes por semana. Sem dúvida tem lados bons nisso, mas é um pouco estranho para quem já estava acostumado a trabalhar de casa. De qualquer forma, segue firme o meu propósito para 2005 e os próximos anos: concentração quase que total no trabalho. Chega de brincadeira e utopia...

quinta-feira, dezembro 08, 2005

Modelo de negócios do Corinthians/MSI Laundry Incorporated



*Corinthianos, Laundry é Lavanderia em inglês

sábado, dezembro 03, 2005

Mais um site musical da galera. Agora é o do Cícero, que já conta com várias músicas. Eu ajudei produzindo com o meu estudiozinho. Visitem, baixem as músicas e dêem suas opiniões!!
Desculpem, meus dois ou três leitores, foi proposital a falta de posts. Queria deixar o máximo possível em destaque a notícia sobre o campeão brasileiro. Domingo é a última rodada, mas ela já não vale nada... Em breve, voltamos a assuntos mais amenos. :-)