terça-feira, janeiro 31, 2006

Agora tem também fotos novas do Ano-Novo em Bueno Brandão, aí no Flickr. Procurem pelas 11 mais recentes, ou pela Tag 20052006.

Uma prévia, como de costume:

Tudo azul...


Jeropiga, a bebida típica da região


A galera reunida

quinta-feira, janeiro 26, 2006

Fotos da Festa do Apê no link do Flickr, aí do lado.
Só um aperitivo...

terça-feira, janeiro 24, 2006

Aiaiai, esses meus amigos loucos... Quase tomei multa logo na minha primeira semana no prédio.
Mas tudo bem, valeu a pena. Até porque, tô até agora impressionado com a ajuda que tenho recebido de todo mundo (amigos, parentes, namorada). Toda vez que abro o armário fico besta de ver quanta coisa eu ganhei! Até parece casamento! Fiquei muito contente de ver que quase todo mundo que eu chamei pro Bota Dentro foi, com exceção das furonas de sempre (Andressa e Camila). Super legal especialmente ver a Carô (é um verdadeiro milagre ela aparecer).

O fato é que agora eu entendo aquele papo de dupla jornada de trabalho (trabalhando "pra fora" e sendo "do lar" à noite). Putz, como tem me cansado esses primeiros dias morando sozinho, cuidando sozinho do meu apê e de seus muitos problemas que insistem em aparecer toda hora. Mas tem sido legal, é muito bom ter um cantinho só seu, pra fazer o que bem entender, na hora em que achar melhor.

Quanto às fotos da festa, incluindo novas pérolas do Cícero, coloco no ar assim que tiver um tempo. Beijos e obrigado a todos!!!

sexta-feira, janeiro 20, 2006

Aliás, preciso agradecer muito à Pati, porque se não fosse ela, talvez eu tivesse conseguido, mas demoraria muuuito mais, e teria muito mais dificuldades.

Impressionante a energia dela pra ajudar durante todo esse processo... Ela é muito paciente e companheira!!!

quarta-feira, janeiro 18, 2006

Oficialmente ontem, dia 17 de janeiro de 2006, me mudei para minha nova casa.

É a primeira vez que me mudo desde que nasci, e não posso dizer que seja algo simples. Na verdade, sou um cara muuuuuito apegado às coisas e não muito afeito a mudanças. Sempre achei que não conseguiria nunca me mudar da casa dos meus pais, tamanha a tranquilidade que ela me transmite. Chegava mesmo (nos piores momentos de minha doença obssessiva) a me sentir mal só de pensar nisso.

Duas coisas me ajudaram muito: o tratamento que fiz pra resolver esse problema e a viagem pra Londres. A última, que só consegui fazer graças à primeira, serviu para me mostrar que eu consigo, sim, viver em outro lugar e ser bem feliz.

Claro que agora é diferente. Não são dois meses, é o resto da minha vida (pretendo). Mas também não tem um Oceano de distância até a casa dos meus pais, são só 5 minutos de carro :-). O fato é que, mesmo assim, senti um certo mal-estar ao tentar dormir, ontem.

Eu sei que vai passar e que eu vou ser muito feliz lá. Simplesmente porque dediquei muita energia para que ficasse legal, e do jeito que eu mais gosto. Então vai dar certo.

Ah, e hoje parece que finalmente rola telefone, TV a cabo, Internet e aparelho de som. Coisas imprescindíveis para quem quer morar sozinho e não enlouquecer. Agora é desencanar e curtir!!!

segunda-feira, janeiro 16, 2006

A Lara já parece olhar a mudança com uma carinha meio triste e curiosa. Daí me veio à cabeça essa música do Boca Livre, que eu sempre achei muito legal, mas que hoje dá uma melancolia...

Velha amiga eu volto à nossa casa
Já não te encontro alegre, quase humana
Corpo pintado de branco e marrom
E uma tristeza no olhar
Como se conhecesse dor milenar

Já não te encontro à espera ao pé da porta
Correndo viva e bela ou descansando
Tanto vazio por todo lugar
Tanto silêncio sinto ao chegar
Ao nosso território de brincar

Almoço aos domingos, a velha farra
Todos vão inventando novos segredos
Fica a ausência branca e marrom
E uma tristeza milenar
Mas os meninos voltaram a brincar
Como se ainda sentissem o teu olhar

Diana, Diana, Diana, Dianá, Dianá
Diana, Diana, Diana, Dianá, Diá, Dianá, Dianá
Diana, Diana, Diana, Dianá, Dianá

quinta-feira, janeiro 12, 2006

Acabo de encomendar a linha telefônica e a Internet, dois artigos de primeiríssima necessidade para que eu possa me mudar.
É impressionante como a Net Virtua tá dando um pau no Speedy! Há 6 meses eu pesquisei e os preços da Net estavam em torno de 180 reais (obrigavam você a ter a TV por assinatura pra ter Internet), uma conexão de 256 Kbps. Eu tava pendendo pro Speedy, porque não ia poder pagar tudo isso. Hoje, está em 100 reais, conexão de 2 Mbps!!

Enquanto isso, o Speedy continua mais ou menos na mesma faixa que antes. Oferece uma conexão de 500 Kbps por 80 reais + o preço do provedor (ou seja, não vale a pena MESMO!). E ainda com consumo de 10 GB mensais, contra 20 GB mensais da NET. Eu, hein, não deu nem pra ter dúvida sobre qual escolher.

domingo, janeiro 08, 2006

Finalmente, fotos de Bueno Brandão! E esperando o acervo de Nancy Galvão, Rachel e o resto da galera.

A maravilhosa cachoeira do Luis


O casal


Ê, vida boa...


Maurício se achando...


King of the world


Jesus (isso tudo era frio)


Jesus e Maria


A indefectível roda de viola

segunda-feira, janeiro 02, 2006

Nossa, que animal a viagem pra Bueno Brandão... No começo, achei que seria só uma viagem normal, mas realmente surpreendeu. Destaques:

- Pessoal muuuuito simpático e divertido
- Comida do restaurante "O Cumpadi", uma das melhores de todos os tempos
- Mira e suas teorias malucas (e sons idem; o cara é um puuuuta músico)
- As conversas em inglês com um moleque gringo que apareceu por lá
- Melecão tentando falar em inglês pra mandar no moleque ("No fucking way!" (quando a mãe dele não estava), "Over there, ok?", "You're in charge here, ok?" eram frases constantes)
- Cachoeiras lindas
- Ceia farta
- Nancy cantando "Como nossos pais" e mostrando que não tem jeito, ela sempre vai emocionar com essa música (Carlão que o diga)

E muitas outras coisas. Fotos também não faltam! Vou esperar a Nancy mandar as delas pra fazer uma seleção e colocar tudo aqui. Aguardemmmm!