sábado, dezembro 30, 2006

2006. Que ano maluco esse. Muitas novidades, algumas excelentes, outras tristes demais. Se for pra destacar as coisas boas, ele fica marcado como o meu primeiro ano morando sozinho, o ano em que comprei o meu apê, meu carrinho, consegui me virar muito bem sozinho (coisa que jamais imaginaria até algum tempo atrás). Também foi o ano em que cumpri em tempo recorde a meta de começar a pós-graduação e em que consolidei uma mudança de área profissional que está se mostrando acertada.

Além disso, uma coisa muito importante: este ano eu aprendi a planejar melhor a longo prazo. Hoje, eu não tenho mais resoluções de ano-novo; tenho um plano de vida. É um projeto, que eu pretendo gerenciar como se fosse um daqueles sobre os quais eu estudo na faculdade.

Assim, eu não tenho o que fazer em 2007 a não ser botar em prática esse plano . E, muito importante, torcer para que as pessoas de quem eu gosto consigam tudo o que elas merecem. No que eu puder, ajudarei, sempre. Assim, quem sabe tenhamos ainda mais boas novidades a compartilhar aqui, no próximo mês de dezembro.

Boa virada para todos e até o ano que vem!!

quinta-feira, dezembro 28, 2006

Estou contente, porque minha grande amiga Camila me convidou para escrever uma coluna sobre tecnologia na Revista Smack! Estava com saudades dessa coisa, fazer revista. E fazer com amigos, então, fica tudo em casa...

sexta-feira, dezembro 22, 2006

Acho que neste mês, e principalmente nos próximos, vou criar mais testes pros treinamentos aqui do que o pessoal que bola a prova da Fuvest.

Só esse mês, devo terminar com umas 70 questões, com 6 alternativas cada, o que dá 420 alternativas no total!!

Vejamos o que deve rolar no mês que vem: hmmm... acho que umas 100 ou mais questões (isso porque entro de férias no dia 20), num total de 600 alternativas. Haja imaginação!!!

quinta-feira, dezembro 21, 2006

Caramba, depois que comecei a usar o Office 2007, minha vida mudou completamente! Tá muito bom o negócio...
Pior que deputado que se dá 90% de aumento, só governador que se dá salário vitalício de R$ 22 mil. Esse Zeca do PT...

quarta-feira, dezembro 20, 2006

segunda-feira, dezembro 18, 2006

Grande Inter! Essa vitória sobre o Barcelona foi realmente inesperada, mais ou menos como o São Paulo sobre o Milan em 1993. Deu gosto de ver a garra dos gaúchos, algo realmente admirável no futebol deles. Algumas observações sobre o jogo:

- Mesmo sendo da opinião que o grande campeonato que temos é a Libertadores, e não o Mundial, não posso deixar de considerar uma grande conquista, essa do Inter, especialmente pelo adversário que ele venceu. Foi muito legal ver a festa do povo em Porto Alegre.

- Ronaldinho Gaúcho realmente é um amarelão. A falta de atitude dele em campo, bem como a incapacidade de marcar quem quer que seja, faz com que a reserva na seleção seja mais do que justa. É só pegar uma marcação realmente dura que ele afina

- Os europeus estão começando a ficar cabreros com esse negócio de Mundial de Clubes. Como podem perder tanto, mesmo com muitos milhões de dólares a mais? A resposta é simples: raça, muita raça. Isso hoje vale mais que qualquer coisa, num jogo de futebol. Ou eles começam a levar a sério mesmo o Mundial (como está começando a acontecer) ou vão perder sempre.

- Os são-paulinos ficaram torcendo pro Barcelona, porque dizem que só eles podem ser campeões mundiais. Sem comentários...

sexta-feira, dezembro 15, 2006

Que belo fim de legislatura... O pior Congresso da História, e os Deputados mais ricos e bem pagos do mundo. Nosso Congresso sim, é a maior ameaça que temos contra a nossa Democracia.

quinta-feira, dezembro 07, 2006

Taí o gênio, em vídeo.
O gol de falta e depois o gol de bicicleta do Ronaldinho Gaúcho.
Uma semana de diferença entre eles...

De falta:
http://www.youtube.com/watch?v=5XHrcln8pHc

De bicicleta:
http://www.youtube.com/watch?v=ItVD-aUd1SU

quarta-feira, dezembro 06, 2006

segunda-feira, dezembro 04, 2006

Se os americanos acham isso, imagina o que deveríamos pensar, com o povo honesto que temos por aqui.

Eleição eletrônica sem impressão de votos é um convite à fraude.
Aiaiai... Vamos lá, hora de voltar ao mundo real...