terça-feira, julho 29, 2008

À parte a amargura do último post, também preciso dizer que me sinto muito feliz pela conquista de meu grande amigo Alex.

Ele, Grandjean e seus colaboadores conseguiram criar uma revista belíssima, e desde já querida pelo seu publico-alvo, os chefs de cozinha da maravilhosa gastronomia italiana de São Paulo.

Desejo a ele toda a a sorte do mundo nesta empreitada, mas nem preciso. Quem sou eu para desejar algo assim a alguém que já tem todo o talento em suas veias, e que só precisava de uma oportunidade como essa para voar, bem alto, em uma trajetória de um grande e merecido sucesso!

Talvez alguns não tenham notado, mas é um momento de ouro.
Longa vida a "Nostra Cucina"!!
Não dá, é preciso dizer: meu pensamento parece se desencontrar com o de outros. E isso me dá uma grande solidão.

É o tipo da coisa que me dá há muito tempo, mas eu sempre fico colocando com outras palavras. Dessa vez escrevi em "plain text".

PS: A propósito, as séries americanas não têm nada, absolutamente NADA, a me dizer.

domingo, julho 27, 2008

E o Bernardinho perdeu mais uma em casa.

Segundo uns cálculos que fiz, o cara disputou 26 títulos como técnico da seleção masculina, sendo 19 fora de casa e 7 no Brasil.

Dos 19 fora, ganhou 18 e perdeu 1.

Dos 7 aqui, ganhou 3 e perdeu 4.

Claramente, ele precisa trabalhar a cabeça desses caras para conseguirem jogar em meio aos gritos histéricos das torcedoras brasileiras...
Ainda sobre esse livro, é engraçado notar como os cientistas que lidam com os mistérios da vida, quanto mais influentes e questionadores eles são, mais eles respeitam o ponto de vista religioso. E ainda tem gente que acha que a ciência é capaz de provar a inexistência de Deus...

sábado, julho 26, 2008

Caramba, que livro sensacional é "The Natural Step", do Karl-Henrik Robèrt!

A "história da vida" que ele conta no capítulo 4 é simplesmente fantástica, totalmente inspiradora.

É o tipo do livro que todos deviam ler e ter como tema na escola, desde muito cedo...

Leiam!!

terça-feira, julho 22, 2008

Que legal... Eu vou fazer uma prova sobre um negócio que tem mais de 13 mil itens (as classes do .NET Framework), com mais de 128 mil subitens (os membros das classes). E os caras perguntam até dos itens mais obscuros!

Ou seja, isso não vai dar certo...

segunda-feira, julho 21, 2008

Se eu não tiver uma crise de stress essa semana, eu acho que não vou ter nunca mais. Seja o que Deus quiser!!

sexta-feira, julho 18, 2008

Uma apresentação muito legal, com várias dicas para economizar água (e, importante, explicando também por que deve-se economizar água!).

terça-feira, julho 15, 2008

Começou a ladainha... Comparações idiotas com Cuba, críticas a quem vai para as Olimpíadas e não ganha medalha. Ai, meu Deus, será que sempre, a cada 4 anos, eu vou ter que ouvir isso???

sexta-feira, julho 11, 2008

Muito bem observado pela minha mãe.

Em um dia, um menino de 3 anos é executado pela polícia carioca.

No outro, Daniel Dantas, um dos maiores salafrários do País, é preso.

Imediatamente, o ministro Gilmar Mendes do STF, o nosso "Supremo Tribunal de Justiça", vem a público, indignado, protestar contra a truculência de nossa polícia. No caso do menino? Não, no caso do "coitado" do Dantas. Usaram algemas, pode?

Esse é o Brasil, e essa é a "Justiça" brasileira...
Artigo bastante interessante no Planeta Sustentável, da Abril, falando sobre alguns cálculos estranhos realizados a respeito de pecuária e desmatamento.

Nessa época de Aquecimento Global, o que não faltam são cálculos de padaria rolando pra cá e pra lá. Precisam de explicações mais claras de como foram realizados...

Aliás, se é pra falar sobre mitos ecológicos, tem esse outro ótimo aqui, da Wired

terça-feira, julho 08, 2008

Opa, finalmente! Olhem só trecho do comunicado do G8: "Reconhecemos que as economias mais desenvolvidas diferem das economias em desenvolvimento", por isso as nações mais industrializadas "iniciarão objetivos ambiciosos a médio prazo para conseguir reduções absolutas de emissões, e, quando for possível, paralisar o aumento das emissões".

Decidiram cortar 50% das emissões até 2050.

Tomara que role mesmo, e que seja suficiente...

sábado, julho 05, 2008

Saiu na Folha: "Lei Seca reduz número de acidentados, diz Governo". Será que foi mesmo a Lei Seca, ou o aumento da fiscalização, que temos visto nas últimas semanas? Porque a lei antiga já era suficientemente severa contra a combinação álcool + direção (2 latas, e o cara já estava pego), porém não era aplicada pela falta de fiscalização.

Tudo bem, comemoramos agora os resultados. Mas será que, se daqui a pouco pararem as blitzes policiais, não volta tudo à estaca zero? O que eu acho é que, para resolver um problema, precisamos focar em suas causas. E para mim, claramente, o problema não vinha sendo o teor alcóolico considerado como limite, e sim a falta de preparo e determinação para aplicar a lei, incluindo a tal "não obrigação de se submeter ao teste do bafômetro". E esses pontos, cruciais ao meu ver, a lei não resolveu.

PS: saiu ainda no JT que mais de 70% dos paulistanos são a favor da Lei Seca. OK. Agora perguntem aos mesmos quem obedece fielmente à Lei Seca. Veremos que há uma certa hipocrisia no ar...
Uma torcida que grita no jogo "Eu nunca vou te abandonar", e depois no treino chama um jogador de pipoqueiro e marqueteiro, outro de cachaceiro e baladeiro, mais um de traidor, o seguinte de mentiroso... Uma lista sem fim de adjetivos, com o time em primeiro lugar na competição.

Uma torcida assim pode ser chamada de Fiel? Eu decididamente acho que não.